terça-feira, 30 de março de 2010

Franceses no RS: os Horeau (Horeaux)


Franceses no RS: Horeau
(Horeaux ou Horeau)
Autoria de Diego de Leão Pufal
[Esta publicação pode ser utilizada pelo(a) interessado(a), desde que citada a fonte: PUFAL, Diego de Leão. Franceses no RS: Horeau (Horeaux ou Horeau), in blog Antigualhas, histórias e genealogia, disponível em http://pufal.blogspot.com.br/]
[atualizado em 06/05/2014]

Os Horeau (em alguns registros: Horeaux; Moreaux ou Moreau) se estabeleceram na cidade de Porto Alegre, no Estado do Rio Grande do Sul, Brasil, no ano de 1835, com a vinda dos irmãos Antoine e Alexis Horeau, ambos filhos de Jean Horeau e Therese Clarie Sarrazim.     
Os irmãos foram alfaiates, assim como o pai, e sócios de um negócio de fazendas e armarinhos, localizado na então Rua da Praia, n.º 20 (hoje Avenida dos Andradas) no centro de Porto Alegre, possivelmente entre as décadas de 1830 a 1860.
Ambos foram casados, deixando descendência, a qual passo a reportar-me:
1. Jean Horeau (Horeaux), nasceu a 15-07-1767 em Chollet, departamento de Maine-et-Loire, França, filho de Joseph Horeau ou Haureaux ou Horreaud e Françoie Piet (conforme pesquisas de Leandro Ramos Betemps). Jean foi alfaiate e casou em 19 Floreal ano 3, na cidade de Pons, departamento de Charent-Martiime com Therese Claire Sarrazim (Clara Sarrazin), nascida em Pons a 12-08-1772, filha de Mathieu Sarrazin e Therese Gemon. Jean e Clara foram pais, ao menos, de  Antoine e Alexis, que seguem:
2.1 Antoine Horeau (no Brasil: Antônio Horeau), nasceu a 16-05-1797 na freguesia de Recobet (sic) ou Recolete, cidade de Pons, Charante-Maritime, França, e faleceu a 07-06-1840 em Porto Alegre, RS, Brasil.
Antônio Horeau em 01/06/1836 requereu carta de residência em Porto Alegre, quando declarou ser alfaiate, tendo sido assim qualificado: estatura regular, cabelos quase todos brancos, olhos pardos, nariz e boca regular, barba cerrada e com cabelos brancos. Chegou na cidade em março de 1835 vindo da França, tendo residido em Porto Alegre há anos, de onde saiu em 1835 para França e outros portos de onde ultimamente voltou e disse morar na Rua da Praia (Revista do IHGRS, n.º 137, ano 2002 , p. 171) (APRS, E. 30, maço 15, n.º 1084).
Casou-se a 06-01-1828 na Igreja de N. Sra. Madre de Deus de Porto Alegre (Catedral) com Delfina Cândida da Fonseca Barandas, nascida em Porto Alegre a 08-10-1803, bat. 16-10 (Catedral, livro 4, pág. 199v), filha de Joaquim da Fonseca Barandas (nascido na vila do Carapito, Bispado de Pinhal, Portugal e falecido a 30-08-1849 em Porto Alegre) e de Ana Felícia do Nascimento (falecida a 30-03-1826 em Porto Alegre), neta paterna de Diogo da Fonseca Barandas e Paula Jacinta de Figueiredo, neta materna de Manuel Garcia e Josefa Maria.
Delfina Cândida da Fonseca Barandas foi irmã da conhecida professora Ana Euridice Eufrosina de Barandas, uma das primeiras mulheres gaúchas a publicar um livro, ainda no ano de 1845, denominado "O Ramalhete ou Flores Escolhidas no Jardim da Imaginação", cuja obra e biografia foram publicadas em 1990 pela Editora Nova Dimensão, EDIPUC, com notas da historiadora Hilda Agnes Hübner Flores.
Conforme aponta a prof.ª Hilda Flores (O Ramalhete, p. 26), Antônio Horeau se divorciou de Delfina Barandas, tendo esta e seu novo companheiro, Agostinho Duclós, mudado-se para a cidade de Rio Grande e depois para Marselha, na França.
Com a separação do casal, Antônio teria passado a viver com Vicência de Tal, com quem não deixou filhos, apenas de sua primeira união com Delfina, que seguem:
3-1 Clarinda Horeau, nasceu a 04-08-1830 em Porto Alegre, onde foi batizada a 08-09-1830, tendo falecido em 1846 em Rio Grande, ao que parece solteira.
3-2 Maria Aurora Horeau, nasceu a 01-06-1832 em Porto Alegre, onde foi batizada a 15-07-1832 e faleceu a 25/07/1887, de tuberculose, então residente na Rua General Victorino, n.º 41. Segundo a prof.ª Hilda Flores, Aurora teria casado a 03-04-1850 em Marselha, na França, com o comerciante Arthemon Marie Mazeron. "Este veio a Porto Alegre buscar a herança da mulher, da cunhada falecida e aque Delfina deu de dote à filha: dinheiro e quota do sítio Belmonte, terras vendidas a terceiros (...). Aparentemente a família Duclós cortara raízes com o Brasil, mas a documentação mostra que o casal Mazeron, com seis filhos, retornou a esta boa terra, onde o chefe faleceu em 1868 (...) e Aurora, a discípula da tia escritora [Ana Eurídice E. de Barandas], em 1886, deixando inventário insignificante economicamente (...)" (O Ramalhete, p. 29).
Arthemon faleceu a 06/03/1872 em Porto Alegre.
O casal Maria Aurora e M. Arthemon gerou, no mínimo, os filhos: a) Maria Noely Mazeron, n. 03/09/1860, Porto Alegre, onde fal. 08/04/1869; b) Maria Edith Mazeron, n. Porto Alegre, onde se casou a 10-10-1897 com Gabriel Francisco de Oliveira, filho de Gabriel Francisco de Oliveira e Antônia Josefina, com quem teve, no mínimo, as filhas: Maria Alice de Oliveira, n. 12-07-1898, Porto Alegre (sic) e Maria Almaide de Oliveira, n. 10-03-1898, Porto Alegre (sic), e c) Arthemon Mazeron, n. Porto Alegre, onde se casou a 2-5-1885 com Maria Mathilde Hasslocher, filha de Germano Hasslocher e Maria Durand. O casal Arthemon e Maria Mathilde geraram a: Gastão Mazeron, n. 1886, Porto Alegre; Ida Hasslocher Mazeron, n. 1892, Porto Alegre (casada com Napoleão Bina Fonyat, de Bagé/RS) e Cecília Mazeron (n. 1896, Porto Alegre).
2-2 Alexis Horeau (no Brasil: Alexandre ou Aleixo Horeau), nasceu a 14-11-1798, na cidade de Pons, no Departamento de Charente-Maritime, França, de onde emigrou em 1835 com o irmão Antoine, sua esposa e duas filhas. Alexis faleceu aos 62 anos de idade a 20/06/1871 em Porto Alegre, quando residente na Rua General Silva Tavares (Rua da Bragança), n.º 7.
Em 1º-06-1836, em Porto Alegre (APRS, E. 30, maço 15, n.º 1084), Aleixou Horeau matriculou-se na qualidade de estrangeiro, declarando ser de nação francesa, natural de Pons, casado, 38 anos, estatura regular, testa dita, olhos castanhos escuros, nariz regular, boca dita, sobrancelhas pretas, barba cerrada, queixo regular, vivia de seu ofício de alfaiate e morava na Rua da Praia, casa n.º 20. Veio para o Brasil em 1835, chegando em Porto Alegre em março de 1835, vindo da França. (Revista do IHGRS, n.º 137, ano 2002 , p. 171).
Já 1842, Alexis Horeau (Alexandre Horeau) declarou ser natural da França, de idade 41 anos, solteiro (sic), alfaiate, negociante, residir na Rua da Praia, e ter chegado a 24/01/1835 no Brigue Banarth, vindo direto de Marselha. Era de estutura alta, cor clara, cabelos pretos e brancos, olhos castanhos, nariz grande, boca regular, rosto redondo (AHRS, Livro de Matrícula de Estrangeiros, 1842-1843, Porto Alegre, Fundo da Polícia).
Em 01-10-1867, conforme escreveu Armindo Beux (Franceses no Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Metrópole ed., 1975, p. 41), Alexis Horeau foi um dos fundadores da Société Française de Bienfainsance de Porto Alegre.
Alexis Horeau casou-se ainda na França, talvez em Marselha ou em sua cidade natal (Pons) com Desidérie Victória Sellot, lá nascida, emigrada para o Brasil com as filhas pelo ano de 1842, mas talvez tenha falecida em Marselha. Deste casamento encontraram-se apenas duas filhas:
3-1 Irma Clara Horeau ou Clarinda Horeau, nasceu no ano de 1822, talvez em Pons, na França e faleceu a 19-05-1868 em Porto Alegre, de gangrena aos 46 anos de idade. Casou-se em Porto Alegre a 22-10-1843 com o também francês Jean-Baptiste Constant Mallet (Constante Mallet ou Constâncio Mallet), nascido em 1812 na França e falecido a 25-09-1867 em Porto Alegre (testamento no Arquivo Público do RS sob o n.º 1753, maço 68, ano 1867, Cartório da Provedoria).
Em seu testamento, Constant Mallet cita a esposa como sendo Irma Clara Moró (Moreau). Assim como seu sogro, Constante Mallet foi alfaiate, possivelmente exercendo a profissão com Alexis Horeau. Era filho de Jean-Baptiste Mallet e Catarine Banidey ou Baucky (sic).
Em 1843, quando se procedeu a habilitação de casamento de Constante e Clarinda (AHCMPA, proc. 10/1843, caixa 227), ele declarou que saiu de sua pátria no ano de 1841, indo para Montevideu, no Uruguai, e dali para Porto Alegre.
O casal teve cinco filhos:
4-1 Teresa Constança Mallet (Constança Mallet), nasceu a 15-10-1845 em Porto Alegre, onde faleceu possivelmente no estado de solteira. Em 1874 foi madrinha de batismo do sobrinho Carlos Afonso Mallet.
4-2 Pedro Afonso Mallet, nasceu 18-03-1851, bat. 27-01-1852, Porto Alegre (Catedral), onde se casou (I) a 14-02-1874 com Henriqueta Alvarina Rolim ou Henriqueta Coelho da Silva, nascida cerca de 1848 e falecida em Porto Alegre a 24-07-1897, possivelmente em consequência do parto de sua última filha Arminda. Alvarina ao casar com Pedro Afonso era viúva de Antônio Coelho Teixeira da Silva (falecido a 03-10-1872 em Porto Alegre, aos 42 anos, português) e filha de Luís Antônio da Silva Rolim e de Angélica Alvarina da Conceição. Após o falecimento de sua esposa, Pedro Mallet casou-se a segunda vez, em 1902 em Guaíba, onde passou a residir, com Benícia Ferraz, nascida em 1879, filha de Francisca Nunes Ferraz. Pedro Afonso teve dezoito filhos, sendo onze do primeiro casamento e sete do segundo:
5-1 Carlos Afonso Mallet (f.º do 1º casamento de Pedro Afonso), n. 14-11-1874 em Porto Alegre. Em 1905 encontrava-se na fronteira. Possivelmente seja o mesmo Carlos Afonso Mallet que se casou com Carlota Dubril, em São Jerônimo/RS, localidade em que o casal residia e onde ele exercia sua profissão de marítimo. Ali Carlos Afonso faleceu a 21-10-1918. O casal gerou, ao menos, cinco filhos: 6-1 Osvaldo Afonso Mallet nascido em São Jerônimo, onde faleceu a 08/04/1979; foi casado duas vezes, tendo do segundo casamento as filhas Maria Luiza, Maria Ângela e Maria Salete Mallet, enquanto do primeiro, no mínimo o filho Alfredo Mallet; 6-2 Feliciano Mallet; 6-3 José Mallet; 6-4 Arminda Mallet e 6-5 Benjamin Mallet [informações repassadas pela neta do Sr. Osvaldo, Juraci Mallet Miller Caldana].
D. Amelina C. Mallet
5-2 Manuel Mallet, nascido a 07-10-1876 em Porto Alegre, tendo sido batizado a 23-04-1878 na Igreja de N. Sra. do Rosário. Faleceu antes de sua mãe, possivelmente não deixando descendentes.

5-3 José Berthier Mallet, bat. 26-07-1879, Porto Alegre. Em 1905, na fronteira, casado. Casou com Rita de Mendonça, com quem teve, ao menos, os filhos: 6-1 Darcírio Mendonça Mallet(casado com Maria da Conceição Machado e pais de três filhos, ao menos: Dilson, José Carlos e Maria Teresina); 6-2 Dulcílio Mallet, nascido em 23-03-1904, Porto Alegre; 6-3 Maria Mallet, nascida em 16-04-1910, Porto Alegre e, 6-4 Almira Mallet, nascida a 28-10-1914, Porto Alegre.
5-4 Frederico Mallet, n. 18-07-1880 em Porto Alegre, tendo sido batizado a 26-12-1880 na Igreja de N. Sra. do Rosário. Frederico faleceu antes de sua mãe, possivelmente não deixando descendentes.
5-5 Leonardo de Saint-Cyo Mallet, n. 13-02-1882, Porto Alegre. Em 1905 em Guaíba.
5-6 Benjamin Constant Mallet, bat. 14-11-1884, Porto Alegre. Em 1905 em Guaíba. Casou com Olívia Inácia Rolim, a qual acredito seja a mesma nascida a 26-03-1891 em Porto Alegre, filha de Luís Antônio Rolim e Ana Clara ou Inácia Neves - avós maternos de Benjamin Constant Mallet. Do casamento de Benjamin e Olívia houve, ao menos, três filhas: Diamantina Mallet, n. 09-02-1912 (onde se casou com Octaviano Pereira Dias); Doralina Mallet, n. 07-07-1913, Porto Alegre e Mercedes Mallet, n. 11-08-1914, Porto Alegre (onde se casou com Manuel Pedro Miller).
5-7 João Napoleão Mallet, n. 31-08-1885, Porto Alegre. Em 1905 em Guaíba.
5-8 Gomercindo de Saint-Brisson Mallet, n. 1889, Porto Alegre. Casou com Rita Clorinda, nascendo, ao menos: Clarindo Mallet, nascido a 03-02-1915, Porto Alegre e Adilis Mallet, nascido a 16-08-1916, Porto Alegre.
5-9 Amelina da Conceição Mallet, n. 08-12-1891, Porto Alegre. Foi casada com Marcelino Rodrigues Ramos. Segundo a neta de Amelina e Marcelino, Edilce Ramos Gonçalves - quem nos forneceu as fotografias deste ramo -, o casal gerou nove filhos:
6-1 Henriqueta Eliane Mallet Ramos (n. 1914 e fal. 1995, solteira); 
Henriqueta M. Ramos

6-2 Julieta Mallet Ramos (n. 1915 e fal. 1990 casou-se com ... Einloft, deixando um filho); 
6-3 Vanda Mallet Ramos (n. 1918 e fal. 1989, solteira); 
6-4 Edemar Mallet Ramos (n. 1919 e fal. 2007, casou-se a 18/04/1951 com Noemi Oliveira, gerando a Edilce, nossa informante, e Edison. Após Edemar casou-se novamente, deixando mais 5 filhos: Alberto, Nívia, Marcos, Edimar e Raquel. 

6-5 Dorival Mallet Ramos (n. 1917 e fal. 1981, c/c Noeli Rosa, deixando 3 filhos); 
6-6 Protásio Mallet Ramos (n. 1921 e fal. 1986, solteiro); 
6-7 Antônio Mallet Ramos, n. 1922 e fal. 1933, c/c Sônia Maria Santos, deixando 2 filhos); 
6-8 Ely Mallet Ramos (n. 1923 e fal. 1981 c/c Dirce Segatto, deixando um filho)
6-9 Edyr Ramos Mallet (n. 1932 e fal. 2003, c/c Leontina Manzzonni, deixando 3 filhos).
Edemar Mallet Ramos e Noemi
em 1951.
5-10 Boaventura de Saint-Clair Mallet, n. 1895, Porto Alegre, tendo sido batizado na Igreja de N. Sra. das Dores, onde casou a 14-07-1917 com Julieta Cândida de Souza, nascida em 1895, Porto Alegre, filha de Martin José de Souza e Cândida Viegas. Houve deste casamento, ao menos, três filhos: Mário Mallet, n. 07-04-1918; Valdemar Mallet, n. 29-03-1919 e Breno Mallet, n. 09-03-1920, Porto Alegre.
5-11 Arminda Mallet, n. 16-06-1897, bat. 03-08-1897 em Porto Alegre (batizada na Catedral) e possivelmente falecida em seguida.
5-12 Pedro Ferraz Mallet (f.º do 2º casamento de Pedro A.), n. 1909, Guaíba e fal. em 1980 em Porto Alegre. Casou-se com Maria Antônia Ramos Portuguez, n. Guaíba, e pais de cinco filhos: Waltonir, Ivone, Vicente, Rute e Jairo.
5-13 Francisco Ferraz Mallet, n. Guaíba.
5-14 Alvarino Ferraz Mallet, n. Guaíba.
5-15 Carlitos Ferraz Mallet, n. Guaíba.
5-16 Manuel Ferraz Mallet, n. Guaíba.
5-17 (...) Ferraz Mallet, n. Guaíba.
5-18 Otalírio Ferraz Mallet, n. Guaíba.
Protásio, Dorival, Ely e Edyr Mallet Ramos, filhos de
D. Amelina da Conceição Mallet e Marcelino Rodrigues Ramos,
acima citados.
4-3 Alexandrine Mallet, n. 28-05-1857, Porto Alegre. Casou-se a 04-05-1882 em Itaupã (Viamão/RS) com Miguel Coelho de Oliveira, n. Porto Alegre, filho de Boaventura José Coelho de Oliveira e Isabel Josefa, com quem teve ao menos a filha Elmira Oliveira, nascida em 22-09-1887 em Porto Alegre. Após a família mudou-se para a cidade de Mariana Pimentel.
4-4 Luísa Luciana Mallet, n. 23-09-1862, Porto Alegre.
3-2 Maria Clara Horeau, nasceu em 1835 na França e faleceu em 1919 em Porto Alegre/RS. Casou-se a 30-03-1857 em Porto Alegre (Catedral) com Édouard Corseuil (Eduardo Corseuil) [no casamento do filho Ivo o seu nome consta como Eduardo Corseiul de Barros, talvez fazendo referência ao local de nascimento na França], nascido em 1824 na França e falecido em 1864 em Porto Alegre/RS, filho de Yves Corseiul e Marie Antoine Pinard. Pais de:
4-1 Ivo Affonso Corseuil (em seu casamento consta como Ivo Affonso Corseuil de Barros), nascido a 21-03-1858 em Porto Alegre/RS, onde faleceu a 04-09-1933. Casou a 11-05-1878 em São José do Hortêncio/RS com Cecília Du Pasquier, n. 26-02-1859, São Leopoldo, filha de Eugen Du Pasquier (n. 1820, Neuchâtel, Suíça) e Eleonora Mathilde Monteiro. Ivo Affonso e sua esposa Cecília foram notáveis educadores em Porto Alegre, ambos estabelecidos com seus respectivos colégios na capital gaúcha, respectivamente "Colégio Ivo Affonso Corseuil", para meninos, de 1891, e "Colégio Cecília Du Pasquier", para meninas, conforme nos informa a descendente do casal e pesquisadora da família D. Maria Cecília Corseuil. O casal  Ivo Affonso e Cecília gerou a 6 filhos: Carlos Eugênio (1879/1920), Júlio Alberto (1883/1958), Ivo Affonso (1883/1922), Gustavo Eduardo (1886/1961), Ignácio (1889/1968) e Maria Cecília Corseuil (1894/1924, que fora casada com o Dr. Fernando Abbott Sobrinho).
***
FONTES e BIBLIOGRAFIA:
- Revista do Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Sul, n.º 137, ano 2002;
- FLORES, Hilda Agnes Hübner (org.). O Ramalhete. Porto Alegre: Nova Dimensão (EDIPUC), 1990.
- BEUX, Armindo. Franceses no Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Metrópole ed., 1975.
- Arquivo Público do Estado do Rio Grande do Sul: inventários e talões do Registro Civil de Porto Alegre.
- Arquivo Histórico do Estado do Rio Grande do Sul;
- Arquivo Histórico da Cúria Metropolitana de Porto Alegre (AHCMPA): livros de batizados, casamentos e óbitos da Igreja Madre de Deus de Porto Alegre (Catedral) e N. Sra. das Dores, habilitações de casamento (proc. n.º 15/1828, caixa 187, de Antônio Horeau; proc. 10/1843, caixa 227, de Constant Mallet) e Arquivo do genealogista Jorge Godofredo Felizardo.
- Arquivos pessoais de: Diego de Leão Pufal, Eleonora Mallet, Juraci Malle Miller Caldana e Leandro Ramos Betemps e Maria Cecília Corseuil
- Agradecimento: Vanessa Gomes de Campos. 

quarta-feira, 24 de março de 2010

Italianos no RS: os Filizzola


Italianos no RS: os Filizzola
à prima e amiga Perla Delambert Filizzola (RJ)

Autoria de Diego de Leão Pufal
[atualizado em 28/10/2013]

Dando continuidade às pesquisas de famílias italianas radicadas no Estado do Rio Grande do Sul (Brasil), relacionadas com os meus ancestrais, veiculo hoje informações sobre os Filizzola, às vezes Felizzola.
Giuseppe Filizzola (no Brasil: José Filizzola) nasceu no ano de 1836 na cidade de San Constantino de Rivello, em Potenza, Itália, de onde emigrou, estabalecendo-se no estado sulista (Rio Grande do Sul) na cidade de Santa Maria. Era filho de Agostino Filizzola e de Catterina Florisana (sic) (talvez, Florenzano).
Ainda na Itália, José casou-se com Emmanuelle Vallinoti, com quem teve um filho, cujo nome se desconhece. Em meados de 1875 José emigrou para o Brasil, deixando a esposa e filho na Itália.
Giuseppe Filizzola, sua segunda companheira, Clementina Martini com alguns dos filhos desta segunda união. Fotografia de meados de 1897/1898 em Santa Maria, enviada por Maria de Lourdes Pereira Timm.
Aqui, uniu-se com Maria Isabel Novembrina, natural da cidade de Lavras do Sul/RS, nascendo um único filho, de nome José Garibaldi Filizzola. Provavelmente após o nascimento deste filho, José estabeleceu-se de vez em Santa Maria/RS, onde conheceu a também italiana Clementina Martini, com quem teve, no mínimo, 12 filhos.
Conforme escreveu o historiador Romeu Beltrão in Cronologia Histórica de Santa Maria e do extinto município de São Martinho (1979, 2. ed., p. 398), no dia 1º.4.1896 foi fundada a Societá Italiana di Mutuo Socorso e Ricreativa, por iniciativa de Oreste Tófoli Culau, Jorge Sfoggia, Leopoldo de Grandi e Eugênio Sacol, compondo a primeira diretoria provisória: JOSÉ FELIZZOLA, presidente; Francisco Carreta, secretário; Serafim Bolli, tesoureiro; Leopoldo de Grandi e Luís Dânia, membros auxiliares.
Refere o mesmo autor, à fl. 417, que em fevereiro de 1900 foi fundada a Sociedade Beneficiente Cristóvão Colombo por elementos da colônia italiana, tendo como presidente César Dacorso e fundadores, além deste, Maximiliano Danesi, Francisco Germani, José Valandro, JOSÉ FELIZZOLA, Agostinho Rosa, Pedro Dânia, Francisco Carretta; Luis Germani, Tomé Urbano, Antônio Fantini, Caetano Venturella; João Moroni, Francisco Graziotti, Bortolo Bolli e Luis Callage.
A prof.ª pública Romilda
Filizzola, f.ª de Giuseppe Filizzola.
José faleceu aos 26.9.1903, com 66 anos, em Santa Maria ou no Cacequi, quando arrecadados os bens por ele deixados (processo n.º 401, maço 16, estante 149, cartório de órfãos e ausentes de Santa Maria, Arquivo Público do RS). Neste processo, segundo os relatos das testemunhas, José era italiano e faleceu aos 26.9.1903, com 66 anos, sendo que vivia com Clementina Martin (sic) há 24 anos.
Sua convivente, D.ª Clementina, declarou que José deixou a esposa Emmanuelle Vallinoti e um filho na Itália, naturalizando-se no Brasil há mais de 18 anos. Disse, ainda, que José deixou uma funilaria na casa onde residia, na Rua do Acampamento, n.º 11, em Santa Maria, onde também moravam João Sertori e a declarante.

José Filizzola deixou larga descendência, como passo a expor:
1. Giuseppe Filizzola (= José Filizzola ou Felizzola), nasceu no ano de 1836 em San Constantino de Rivello, Potenza, Itália, e faleceu a 26/09/1903 no Cacequi ou em Santa Maria. Era filho de Agostino Filizzola e de Catterina Florisana (Florenzano?). Na Itália, Giuseppe casou (I) com Emmanuelle Vallinoti, com quem teve um filho homem, cujo nome não se conseguiu descobrir. No Brasil, Giuseppe uniu-se (II) com Maria Isabel Novembrina, com quem teve o filho José Garibaldi Filizzola. Após, uniu-se (III) com Clementina Martininascida em 1864 em Vallarsa, Trento, Itália e falecida a 12/02/1939 em Santa Maria, com quem teve, no mínimo, doze filhos. Clementina era filha de Anselmo Martini e de Maria Barroca.
  • Em 1906/1913 Clementina residia na Rua do Acampamento (n.º 11) em Santa Maria, quando a filha Romilda casou. Em 1924, por ocasião da habilitação de casamento de seu filho Humberto, Clementina contava 60 anos de idade e residente em Santa Maria.
  • RIGHI, José Vicente, BISOGNIN, Edir Lúcia e TORRI, Valmor (Povoadores da Quarta Colônia, Porto Alegre: EST ed., 2001, p. 142), referem que: Anselmo Martini, 51 anos, sua esposa Maria, 42 anos, e os filhos Clementina, 18 anos e Gedeone, 16 anos, eram naturais de Vallarsa, Trento; tendo a família chegado no Vapor Henri IV, em 30.03.1878, com destino a Linha 1, na Quarta Colônia, onde receberam o lote nº 272, na Quarta Colônia, com 300.000 de área; com título provisório de 20.06.1882.
Filhos de José Filizzola:
F.1. José Garibaldi Filizzola (dado como filho natural de José, havido de sua segunda união com Maria Isabel Novembrina) - nasceu a 14/03/1877 (em alguns registros: 14/03/1876 e 1878) e foi batizado a 24/06/1877, em Lavras do Sul/RS e faleceu a 10/12/1950 em Santa Maria/RS.
  • José Garibaldi Filizzola foi homem de destaque na sociedade de Santa Maria em sua época. Foi jornalista, advogado e tradutor (de alemão, ao menos), conforme verifiquei de alguns documentos de Santa Maria.
  • Tanto é assim que o historiador Edmundo Cardoso (História da Comarca de Santa Maria (1878-1978), p. 132) escreveu: "J. GARIBALDI FILIZZOLA, advogado do Quadro B (licenciado) e jornalista profissional. Exerceu grande influência em Santa Maria em ambas as profissões, tendo sido presidente durante mais de dez anos do Comité pró-construção da Estrada de Ferro Santa Maria-Pelotas. Como jornalista, também esteve à frente de muitos movimentos de filantropia, política, arte e cultura. Teve considerável banca de advocacia e no Tribunal do Júri chegou a ganhar, duma feita, o apelido de 'rei da prova', pelo esmiuçamento empregado na coleta de dados e elementos comprobatórios."
  • Já Romeu Beltrão (Cronologia Histórica de Santa Maria e do extinto município de São Martinho, p. 388), informa que em 28.03.1894 apareceu o órgão social do Clube Caixeiral, o segundo que tem, dirigido por Aniceto da Silva Rosa e GARIBALDI FELIZZOLA, social e literário, 25x36, 4 páginas, que teve vida relativamente longa. À fl. 541 da mesma obra, refere o autor que, em 17.05.1928, foi fundado o Grêmio Dramático Andrade Neves Neto, tendo dentre seus integrantes, GARIBALDI FELIZZOLA, para a comissão de estatuto.
  • José Garibaldi, em 1936, era residente na Rua Visconde Ferreira Pinto, n.º 1902, em Santa Maria.
  • José Garibaldi ainda fez parte da Maçonaria em Santa Maria, tendo sido, entre 1906 a 1908, secretário da Loja Luz e Trabalho.
José Garibaldi Fillizola casou-se duas vezes, a primeira a 26/01/1901 em Santa Maria com Otília Hermínia Riegel, nascida a 10/06/1881, bat. 17/09/1881, Guaíba/RS e falecida a 01/05/1908 em Santa Maria. Era filha de Conrado Riegel e de Honorina Cassiana (vide família Riegel em: http://pufal.blogspot.com.br/2012/09/alemaes-no-rs-os-riegel.html). Deste casamento houve quatro filhos. José Garibaldi casou-se em segundas núpcias, a 30/07/1913, em Santa Maria, com Concórdia Christina Fischer, ali nascida a 02/09/1874, e falecida a 07/08/1958 em Curitiba/PR, filha de Wilhelm Fischer e Christina Holzbach, já tratados neste blog (http://pufal.blogspot.com/search/label/Fischer). Deste casamento houve um único filho.
Filhos de José Garibaldi: 
N.1. Annita Garibaldi Filizzola (fª do 1º casamento de José Garibaldi), nascida a 16/10/1901 em Santa Maria/RS, onde foi professora. Em 24/04/1936 ali casou com Ermansor Sayago Ustra, bancário, ali nascido a 21/04/1897, filho de Serafim Ustra (nascido a 04/07/1864, Uruguai) e de Celanira Sayago (nascida a 03/09/1879, Uruguaiana/RS), n. p. João Martins Ustra e de Maria Câncio Ribeiro, n.m. Saturnino Sayago e de Josefina. Não se encontrou descendência deste casamento.
N.2. Clélia Garibaldi Filizzola, nascida a 18/12/1902 em Santa Maria/RS. Foi cantora lírica.
N.3. Rosita Garibaldi Filizzola, nascida a 21/08/1906 em Santa Maria/RS, onde foi professora. Ali se casou em 1924 com Feliciano de Lima Corrêa, criador, nascido a 25/01/1901 em São Sepé/RS, filho de Feliciano de Faria Corrêa (talvez da tradicional família "Faria Corrêa") e de Liberalina (?). Deste casamento nasceu Alfeu Cauby Filizzola Corrêa.
N.4. Menotti Garibaldi Filizzola, nascido em Santa Maria. Sem mais notícias.
N.5. Mânlio Garibaldi Fischer Filizzola (f.º do 2º casamento de José Garibaldi) - nascido a 09/08/1916 em Santa Maria/RS e falecido a 02/12/1979 na cidade do Rio de Janeiro/RJ. Foi aviador, casando-se a 25/12/1944 em Florianópolis/SC, com Jandira Delambert, ali nascida e falecida a 18/11/2006, no Rio de Janeiro. Deste casamento houve seis filhos, nascidos na cidade do Rio de Janeiro, dentre eles: Perla Delambert Filizzola, pesquisadora deste ramo.
F.2. Ubaldina Filizzola (f.ª da 3ª união de Giuseppe Filizzola), nascida no ano de 1882 em Santa Maria/RS, onde casou a 25/04/1906, com Luiz Ludovico Medina, nascido em 1870 na França e falecido a 03/04/1934 em Santa Maria. Ao casar, Luiz era viúvo e empregado da Viação Férrea, depois, comerciante. Era filho de Mario Medina e de Marie Julie Lagin, franceses. Houve deste casamento, ao menos, a filha Maria Júlia Medina, nascida em Santa Maria em 13/04/1913, onde se casou em 1931 com Edmundo Orlandini.
F.3. José Filizzola Filho, nascido em 1884 em Santa Maria, onde faleceu em 1912, solteiro, sem filhos.
Affonso Pereira
F.4. Nathalia Filizzola, nascida em 1886 em Santa Maria, onde casou a 28/01/1905 com Thomaz Borges Fortes Filho, nascido em 1856, comerciante, filho de Thomaz Borges Fortes e Manuela Peña. Deste casamento houve, ao menos, os filhos: Adélia Borges Fortes e Dante Borges Fortes, nascidos em 1910 e 1912 respectivamente em Santa Maria.
F.5. Romilda Filizzola, nascida em 1888 em Santa Maria, onde faleceu a 03/01/1979. Foi Diretora-Gerente do jornal "A Violeta", em Santa Maria (Beltrão, p. 431). Após, em 1907, professora pública. Em seu obituário (jornal Correio do Povo) consta que Romilda era a professora mais antiga do Estado, deixando nove filhos, 19 netos, 29 bisnetos e 2 tataranetos. 
Amélia Felizzola Pereira
Rainha do Tênis de 1935, em Santa Maria
Casou a 05/12/1907 com Affonso Pereira, nascido em 1881, escriturário da Viação Férrea em Santa Maria. Em 1906 Afonso residia no terceiro distrito de Júlio de Castilhos, onde deve ter nascido, sendo filho de Virgílio Antônio Pereira e de Amélia Nabinger. Dos nove filhos do casal, conseguiu-se descobrir 8 delas: Helena Pereira (c/c Luiz Carlos Simione, advogado), Nair Pereira (c/c Felipe Fortunato, italiano), Dalila Pereira (falecida na infância), Marina Pereira (c/c Ary Gonçalves), Amélia Felizzola Pereira (c/c Odacyr Luiz Lemes Timm, pais de Maria de Lourdes Pereira Timm, pesquisadora da família, e Paulo Cezar Timm), Dileta Pereira (c/c o Eduardo Bicca), Leda Pereira (c/c Dary Grassi) e Sônia Pereira, nascidas em Santa Maria.
As sete filhas do casal Romilda Felizzola e Affonso Pereira
do acervo de Maria de Lourdes Pereira Timm

F.6. Francisco Filizola, nascido a 08/06/1889 em Santa Maria. Casou-se a 22/12/1917 no então distrito de Boca do Monte em Santa Maria com Edelia Gomes da Rocha, n. 1895 em Santa Maria, filha de Alexandre Gomes da Rocha e Secundina.
F.7. Ambrosino Filizzola, nascido a 12/12/1890 em Santa Maria. Sem mais notícias.
F.8. Emília Filizzola, nascida a 09/05/1892 em Santa Maria, onde se casou a 09/12/1912 com Lúcio de Mendonça Filho, nascido em 1886 na cidade do Rio de Janeiro, filho de Lúcio de Mendonça e de Maria Marieta de Noronha. O casal fixou-se posteriormente na cidade do Rio de Janeiro.
Casa do Jary, município de Tupanciretã, construída por Affonso Pereira.
A sala de aula ficava junto onde Romilda Felizzola lecionava.
Fotografia do acervo de Maria de Lourdes Pereira Timm
F.9. Lino Orlando Filizzola, nascido a 23/09/1893 em Santa Maria, onde foi alfaiate, mudando-se depois para Porto Alegre. Casou a 04/03/1916 em Santa Maria com Joanita Loss, ali nascida em 1897, filha de João Loss Sobrinho e Isabel Kock. Pais, ao menos, de: Léa Filizzola.
F.10. Elvira Filizzola, nascida a 13/04/1895 ou 1897, Santa Maria, onde casou a 09/02/1929 com Gregório Macedo Coelho, nascido a 01/01/1902 em Livramento/RS. Gregório era funcionário postal, filho de Fidélis Samborjano Coelho (sic) e de Carolina Macedo.
As três irmãs: Natália, Helena e Romilda Felizzola
do acervo de Maria de Lourdes Pereira Timm
F.11. Helena Filizzola, nascida a 01/04/1897, Santa Maria, onde casou a 12/07/1913 com Annibal Barbosa, nascido em 1890 em Lorena/SP, filho de Joaquim Barbosa de Lima e de Emygia Vieira.
Helena Felizzola
do acervo de Maria de
Lourdes Pereira Timm
F.12. Humberto Filizzola, nascido a 25/01/1900, Santa Maria, onde casou a 17/09/1924, com Ida Souza, nascida a 05/03/1902 em Rosário do Sul/RS, filha de Francisco Jacinto de Souza e de Virgilina. Pais, ao menos, de: Maria Moema de Souza Filizzola e de Fernando de Souza Filizzola.
F.13. Amadeu Filizzola, nascido a 25/10/1901, Santa Maria. Teria se radicado no Rio de Janeiro. Sem mais notícias.
***
Fontes:
Processo de Arrecadação dos bens deixados por José Filizzola - n.º 401, ano 1903, maço 16, cartório de órfãos de Santa Maria/RS (APRS).
BELTRÃO, Romeu. Cronologia Histórica de Santa Maria e do extinto município de São Martinho, 2. ed., 1979.
- Arquivo pessoal de Ana Celina Felizzola, José Antônio Brenner, Perla Delambert Filizzola, Maria de Lourdes Pereira Timm Pereira.
- RIGHI, José Vicente, BISOGNIN, Edir Lúcia e TORRI, Valmor. Povoadores da Quarta Colônia. Porto Alegre: EST ed., 2001.
- CARDOSO, Edmundo. História da Comarca de Santa Maria (1878-1978), ed. Imprensa Universitária.
- Registro Civil de Santa Maria/RS: registros de nascimentos, casamentos, óbitos e habilitações de casamento (APRS e Igreja dos Mórmons, pesquisas em microfilmes).
- Bispado de Bagé/RS: livro de batismo de Lavras do Sul.

domingo, 14 de março de 2010

Famílias Portuguesas nas Missões (Família Bueno de Arruda)


FAMÍLIAS PORTUGUESAS NAS MISSÕES
Família BUENO DE ARRUDA

Autoria de Zélce Mousquer
acréscimos e edição de Diego de Leão Pufal

[dúvidas, acréscimos e correções, escreva para diegopufal@gmail.com]

[Esta publicação pode ser utilizada pelo(a) interessado(a), desde que citada a fonte: MOUSQUER, Zélce e PUFAL, Diego de Leão. Famílias Portuguesas nas Missões (Família Bueno de Arruda)in blog Antigualhas, histórias e genealogia, disponível em http://pufal.blogspot.com.br/] 

[publicado em 14/03/2010]
[atualizado em 1º/5/2017]

***
LEGENDA: bat. = batizado(a); c/c = casado(a) com; n = nascido(a); n.m. = neto(a) materno(a); n.p.= neto(a) paterno(a). As relações F (filho), N (neto), Bn (bisneto), Tn (trineto), Qn (quarto-neto), Pn (pentaneto), têm como referência o casal base (genearca) (Filho, Neto, Bisneto).

***
INÁCIO BUENO DE ARRUDA, nasceu por volta de 1760 em Cotia/SP, filho de Inácio Bueno de Camargo e Ana de Arruda Castanho, cujos antepassados são referidos pelo pesquisador Lênio Luiz Richa, no título Pintos Guedes, da Genealogia Brasileira – Estado de São Paulo: os Títulos Perdidos, disponível em. http://www.genealogiabrasileira.com/titulos_perdidos/cantagalo_ptpintosguedes.htm. Inácio casou-se a 23.01.1788 em Sorocaba/SP com Escolástica Maria Pires, n. Sorocaba, filha de Antônio de Oliveira Falcão e Tomásia Pires.
Inácio e Escolástica foram pais de 10 filhos:
F1. Ana Pires de Arruda, nasceu em 7.4.1788.
F2. João Pires de Arruda, nasceu a 25.10.1789 e faleceu em 3.12.1864, Santa Tecla, distrito de Santo Ângelo/RS [segundo o pesquisador Osmar de Moura Luiz, João Pires teria falecido a 11.6.1856], casou-se com a viúva[1] Reparata Joaquina de Bittencourt, nascida em 26.07.1801 em Caçapava do Sul, onde foi batizada a 27/09/1801 e falecida em 23.3.1865, Santa Tecla/RS (segundo o pesquisador Osmar de Moura Luiz, teria falecido antes de 23.2.1856), filha de José Joaquim de Bittencourt[2] e Ana Joaquina dos Anjos.
João Pires de Arruda teve um filho natural de nome Hilário, nascido a 25.1.1820 em Triunfo/RS, assim reconhecido em seu batismo, realizado no mesmo local a 4.3.1820. Com Reparata, João teve 10 filhos:
N1. Constantino Pires de Arruda, nasceu em 23.08.1825, Caçapava/RS, faleceu em meados de agosto de 1858 em Santo Ângelo/RS. Casou-se com Laurentina Nunes de Freitas[3], falecida em 8.9.1876, Santo Ângelo/RS, filha de Manuel Vieira Neto e Maria ou Núncia Nunes de Freitas, moradores em Palmeiras das Missões.
Manuel Vieira Netto e Núncia foram pais de: Amaro Dias de Freitas, Catarina Maria de Jesus (c/c Cipriano Caetano, residentes no distrito de São Xavier); Maria Nunes de Freitas, nascida em torno de 1830, José Vieira Netto, Jacinto Vieira Netto, nascido em torno de 1836 e Laurentina Vieira Nunes (c/c Constantino Pires de Arruda, residentes no município de Cruz Alta). 
Laurentina casou após com seu primo Inácio Rodrigues de Campos, filho de Martim Rodrigues de Campos falecido em 12.1.1876 Santo Ângelo/RS e Balduína Joaquina de Bittencourt, falecida em 6.8.1874 Santo Ângelo/RS.
Laurentina e Inácio terão 4 filhos: Galdino Rodrigues de Campos casado com Manoela de Oliveira Campos, José Rodrigues de Campos, Antônio Rodrigues de Campos casado com Damásia Pires de Arruda e Guilhermina Rodrigues de Campos.
Pais de 3 filhos:
Bn1. Maria Nunes de Freitas ou Bittencourt, n. 1844. TALVEZ se trate da mesma que casou aos 16 anos a 22.11.1860 em Santo Ângelo/RS com Generoso José da Silva, natural do Estado do Paraná, filho de Antônio José da Silva e Maria Nunes Bittencourt. Pais de:
Tn1. Maria, nasceu em 25.7.1865, Santo Ângelo/RS.
Tn2. Laurentina Nunes da Silva, n. 20.5.1882, gerou a filha natural:
Qn1. Izidra Nunes da Silva, nasceu em 22.5.1898, 4º distrito de Santo Ângelo/RS (Santa Tecla), onde casou (I) em 1914 com João Alves de Freitas, 27 anos, e fal. 1º.4.1930 no 1º distrito de Santo Ângelo, filho de Florisbelo Alves de Oliveira e Mercedes Nunes de Freitas, moradores no distrito de Santa Tecla. Izidra casou (II) em 1934 em Santo Ângelo com João Francisco Dornelles, n. 26.11.1912, no 4º distrito de Santo Ângelo, filho de Germano Dornelles da Silva (n. 10.1.1890) e Virgínia Molina da Silva (n. 12.10.1896).
Tn3. Leopoldina Nunes da Silva, n. 11.1.1885. Casou em 1898, Santa Tecla, com Alexandre Manuel Martins, filho de José Martins e Maria Francisca. Pais de:
Qn1. Teofilo Manoel Martins, n. 4.2.1901, Santo Ângelo, onde casou em 1924 com Laudelina Cleta de Almeida, n. 26.4.1902 em Santo Ângelo, filha de Laurindo Verdum de Almeida (n. 11.4.1877) e Rosalina Rodrigues (fal. 4.9.1916), neta paterna de José Verdum e Maria Leonor da Silva e, neta materna, de Gabriel Rodrigues de Oliveira e Manuela Gonçalves.
Qn2. Virgilina Nunes Martins, n. 8.10.1908, Santo Ângelo, onde casou em 1928 com Luiz Antônio Martins, ali n. a 10.8.1890, filho de Agostinho Antonio da Rosa  e Delfina Martins. Os avós paternos de Luiz Antônio foram Antônio da Rosa e Maria Ribeiro do Rosário. Seus avós maternos foram Fabiano Martins de Tolledo e Ana Rita Martins (fal. 58 anos a 11.2.1906 em Santo Ângelo/RS).
#Nota:
Fabiano e Ana Rita foram pais:
1. Delfina Martins c/c Agostinho Antônio da Rosa.
2. Rita Martins c/c Emílio Ribeiro de Souza.
3. Atanagildo Rodrigues Martins
4. Matilde Rodrigues Martins c/c Manoel Vieira/Teixeira de Deus.
5. Basilícia Martins c/c Leopoldino Cardoso de Almeida.
***
Tn4. Constantino Nunes da Silva, nasceu em 25.6.1870, Santo Ângelo/RS. Casou (civil) em 1891, distrito de Santa Tecla (o casamento religioso deu-se a 22.3.1892 em São Miguel das Missões) com Apolinária Teixeira de Carvalho, aproximadamente 19 anos, nascida no distrito de Santa Tecla, filha de Apolinário Teixeira de Carvalho e Maria Joaquina de Bittencourt/Pires de Arruda. Pais de:
Qn1. Ramão Nunes da Silva, nasceu em 20.10.1893, Santa Tecla, onde casou em 1913, com Maria Vicentina da Silva, nascida em 13.6.1892, Santa Tecla, filha de Leonardo José da Silva e Catharina Nunes da Silva. AM: Izidro Pires de Freitas e Cândida Nunes de Siqueira. AP: Catholico José da Silva, falecido em 8.9.1908, Santo Ângelo/RS e Joaquina Maria da Silva (filha de João Rodrigues da Silva falecido em 1.3.1878, Santo Ângelo/RS e Antônia Maria Teixeira), ambos nascido no Paraná e moradores Santa Tecla.
#Nota:
 Cathólico e Maria Joaquina tiveram os filhos: Leonardo José da Silva casado com Catharina Nunes da Silva; Brandina Maria da Silva casada com Manuel Antônio Luiz de Oliveira; Victalina Maria da Silva; Margarida Maria da Silva; Procópio José da Silva e Simôa Maria da Silva (casada com Lino Francisco Mendes).
Qn2. Virgilina Nunes da Silva, nasceu em 25.8.1896, casa em 1916, Santa Tecla com Francisco Luiz de Oliveira nascido em 18.5.1894, filho de Salvador Luiz de Oliveira e Generosa Alves Teixeira. AP: Lourenço Luis de Oliveira e Maria Jesuína da Silva ou Maria Joaquina da Silva, naturais do RS. AM: Policarpo Alves Teixeira e Joaquina Francisca Alves, falecida aos 77 anos, em 17.7.1913 São Miguel das Missões, filha de Policarpo da Rosa e Teresa dos Santos. Policarpo e Francisca, naturais do RS.
NOTAS:
Policarpo e Joaquina Francisca tiveram os filhos: João Alves Teixeira; Calixto Alves Teixeira casado com Clara Alves de Oliveira; Luiza Alves Teixeira casada com João Cardoso ou Luiz de Oliveira; Generosa Alves Teixeira casada com Salvador Luís Teixeira; Joaquim Alves Teixeira casado com Senhorinha Cardoso de Oliveira; Maria Alves de Oliveira casada com Pacifico Luis de Oliveira; Rosalina Alves Teixeira casada com Procópio José da Silva; Julia Alves Teixeira casada com Raymundo Luis de Oliveira e Lydia Alves Teixeira casada com Domingos Leal de Oliveira.
***
Lourenço Luiz de Oliveira falecido a 10.10.1873, Santo Ângelo/RS, foi pai:
Filhos do 1º matrimônio com Maria Cecília Pereira:
1. Braz Luiz de Oliveira casado com Maria Angélica Soares Leal.
2. Benedita Maria de Oliveira cc Domingos Gomes de Quevedo.
3. Francisco Luiz de Oliveira
4. João Luiz de Oliveira casado com Angélica Maria Joaquina de Almeida/Bittencourt.
5. Francisca Maria de Oliveira casada com Leopoldino Alves Teixeira.
6. Rosa Maria de Oliveira casada com Calisto Nunes de Freitas.
7. Maria do Carmo de Oliveira casada com José Rodrigues de Almeida.
Filhos do 2º matrimônio com Maria Jesuína da Silva.
8. Balbina Maria de Oliveira casada com Manoel Garcia dos Reis.
9. Delfina casada com Manoel Mateus de Quadros.
10. Leonarda casada com Filisbino Luiz de Oliveira.
11. Marcolina casada com Vicente José da Silva.
12. Lino luis de Oliveira casado com Vitorina Prestes e Arminda Ferreira de Escobar.
13. Manoel Luiz de Oliveira casado com Ana Maria Fernandes Prestes.
14. José Luiz de Oliveira
15. Salvador Luis de Oliveira casado com Generosa Alves de Oliveira.
16. Manoel Antonio Luiz de Oliveira casado com Vitalina Maria da Silva.
Qn3. Constança Nunes da Silva, nasceu em 16.7.1899, Santa Tecla, onde casou em 1916 com João Rodrigues de Campos nascido em 21.5.1895, São Miguel, filho de Galdino Rodrigues de Campos e Manuela de Oliveira Campos. AP: Inácio Rodrigues de Campos e Laurentina Nunes de Freitas naturais do RS. AM: Marcolino Rodrigues de Campos e Francisca de Oliveira Ribas naturais do RS.
Qn4. Felícia Nunes da Silva, nasceu em 27.5.189, casou em 1916, Santa Tecla com Juvenal Felix da Silva, filha de Cristóvão Felix da Silva e Felisberta Pereira de Lima, moradores Santa Tecla.
Qn5. Romualdo Nunes da Silva, casa em 1924, Santa Tecla, com Bernardina Teixeira de Carvalho n. 10.9.1906, Santa Tecla, filha de Martins Teixeira de Carvalho e Inácia do Nascimento e Silva. AP: Apolinário Teixeira de Carvalho[2] e Maria Pires de Arruda (Maria Joaquina de Bittencourt?). AM: Jesuíno do Nascimento e Silva e Florentina Furtado Fanfa.
#Nota:
Apolinário Teixeira de Carvalho e Maria falecida em 4.7.1890, Rincão dos Pires, distrito de Santa Tecla, tiveram os filhos: Bernardina Silvéria de Bittencourt (c/c Firmino Soares de Siqueira); Apolinária Teixeira de Carvalho (c/c Constantino Nunes da Silva); Martins Teixeira de Carvalho (c/c Inácia do Nascimento e Silva); Andrelina Teixeira de Carvalho (c/c Nicolau Pires de Arruda); Antônia Teixeira de Carvalho; Félix Teixeira de Carvalho (c/c Maria Inácia Rodrigues Marques) e Joaquim Teixeira de Carvalho (c/c Anacleta Maria de Oliveira e, após, com Silvana do Nascimento e Silva).
Tn5. Clemência da Silva Nunes, casou aos 18 anos, em 1904, Santa Tecla, com João Paula das Chagas, filho de Antônio Paulo das Chagas e Maria Antônia de Oliveira, falecida em Santa Tecla.
Tn6. Cipriano Nunes da Silva ou Cipriano Brígido da Silva, nasceu a 18.12.1874, batizado em Sango Ângelo, casa aos 22 anos, em 1901, São Miguel das Missões, com Ermenegilda Ribeiro da Rosa, 24 anos, filha de Antônio Ribeiro Lemos e Maria Luísa da Rosa, naturais do RS e moradores em São Miguel. Pais de:
Qn1. Maria Ribeiro da Silva nascida 5.1.1907, distrito de São Miguel das Missões, onde casou em 1929, com João Frederico Flores 29 anos, nascido em 24.7.1899, Santa Maria/RS, filho de Joaquim de Oliveira Flores e Amália Mayer Flores, moradores Santa Maria/RS.
Qn2. José Cipriano nasceu em 3.10.1897, São Miguel das Missões.
Tn7. Tomásia Nunes da Silva, nasceu a 07.05.1872, batizada em Santo Ângelo, casada com Veríssimo Antônio Domingos, filho natural de Maria Inácia dos Santos, do RS. Pais de: Andreza, nascida a 19.11.1890, São Miguel das Missões.
Tn8. Jesuíno do Nascimento e Silva, faleceu solteiro, em Santa tecla, teve filhos com Florentina Furtado Fanfa, nascida em 8.12.1857, natural do RS e moradora Santa Tecla. Faleceu solteira, em torno de 1912, Santa Tecla. Pais de:
Qn1. Horacilia Maurícia do Nascimento, nasceu em 29.5.1910, São Miguel das Missões, onde casou em 1928, com Lucídio Francisco de Almeida, 26 anos, nascido em 15.2.1902 São Miguel das Missões, filho de Cipriano Francisco de Almeida e Francelina Maria Vieira natural do RS e falecida em torno de 1925.
Qn2. Francisco Furtado Fanfa, casa com Geralda Rodrigues de Campos, filha de Antônio Rodrigues de Campos e Damásia Pires de Campos, ambos naturais do RS e moradores São Miguel das Missões.
Q3. Maria Reparata do Nascimento, nasceu em 8.7.1893, Santa Tecla, onde casou em 1923, com Pedro Eloy Machado 30 anos, nascido em 29.10.1893, mesmo distrito, falecido aos 34 anos, em 15.9.1928 São Miguel das Missões, filho de José Eloy Machado natural da República do Paraguai, nascido em 29.6.1851 e Carolina Antunes Moreira natural do RS e falecida 9.11.1903, Santa Tecla. Não tiveram filhos.
Maria Reparata casa em 1932, São Miguel, com Joaquim Antunes Moreira, nascido em 20.6.1909, distrito de São Miguel das Missões, filho de Faustimiano Antunes Moreira nascido em 21.6.1874 e Inês Maria da Conceição, nascida em 10.5.1881, ambos naturais do RS e moradores São Miguel das Missões. AP: Pedro Antunes Moreira e Leonarda Antunes Carvalho. AM: Francisco da Luz (?) e ...Francisca da Luz.
Q4. Inácia do Nascimento e Silva, casou aos 21 anos, em 1903, Santa Tecla, com Martim Teixeira de Carvalho, 30 anos, natural do RS, morador Santa Tecla, filho de Apolinário Teixeira de Carvalho e Maria Joaquina de Bittencourt/Pires de Arruda (?), ambos falecidos no distrito de Santa Tecla.
#Nota:
Apolinário Teixeira de Carvalho e Maria falecida em 4.7.1890, Rincão dos Pires, distrito de Santa Tecla, tiveram os filhos: Bernardina Silvéria de Bittencourt (c/c Firmino Soares de Siqueira); Apolinária Teixeira de Carvalho (c/c Constantino Nunes da Silva); Martins Teixeira de Carvalho (c/c Inácia do Nascimento e Silva); Andrelina Teixeira de Carvalho (c/c Nicolau Pires de Arruda); Antônia Teixeira de Carvalho; Félix Teixeira de Carvalho (c/c Maria Inácia Rodrigues Marques) e Joaquim Teixeira de Carvalho (c/c Anacleta Maria de Oliveira e, após, com Silvana do Nascimento e Silva).
Pn1. Antônia Teixeira de Carvalho, nasceu em 11.11.1903 Santo Ângelo, casou em 1924, Santa Tecla, com Pedro Rodrigues de Campos, filho de Ignácio Rodrigues de Campos falecido há 30 anos e Theodora Rodrigues da Silva, moradora Santa Tecla.
Pn2. Bernardina Teixeira de Carvalho, nasceu em 10.9.1906, Santa Tecla, onde casou em 1924, com Romualdo Nunes da Silva, filho de Constantino Nunes da Silva e Apolinária Teixeira de Carvalho.
Q5. Silvanda do Nascimento e Silva, casou aos 16 anos, em 1904, Santa Tecla, com Joaquim Teixeira de Carvalho 25 anos, filho de Apolinário Teixeira de Carvalho e Maria Joaquina de Bittencourt, ambos falecidos no distrito de Santa Tecla.
Q6. Antônia do Nascimento e Silva, nasceu em 10.1.1891, Santa Tecla, onde casou em 1915, com Ignácio Gomes dos Santos, nascido em 31.7.1891, mesmo distrito, filho de Cândida Rodrigues Gomes. AM: Mariana Rodrigues de Lima.
Bn2. Benício Pires de Freitas, falecido em julho de 1885 no 4 distrito. Casou a 07.01.1870, Santo Ângelo, com Cecília Cardoso de Almeida filha de José Cardoso de Almeida falecido em 2.10.1900, 4º distrito de Santo Ângelo e Maria do Carmo Pereira, moradores em Santa Tecla.
#Nota:
José Cardoso de Almeida e Maria do Carmo tiveram os filhos: ´
1. Claro Cardoso de Almeida falecido em 21.8.1902, Santo Ângelo/RS;
2. Felisbino Cardoso de Almeida casado com Joaquina Alves Teixeira;
3. Salvador Cardoso de Almeida casado com Maria Corrêa Leite; 
4. Cecília Cardoso de Almeida casada com Benício Pires de Freitas; 
5. Ana Rosa Cardoso de Almeida casada com Antônio Basílio da Silva; 
6. Alexandrina Cardoso de Almeida casada com Hileno/Ileno Lopes Leal; 
7. Manoel Cardoso de Almeida casado com Francisca Corrêa de Vargas; 
8. Júlia Cardoso de Almeida casada com Francisco Nunes de Freitas; 
9. Cap. Francisco Cardoso de Almeida casado com Maria Jesus de Oliveira; 
10. Theodora Cardoso de Almeida casada com Virgílio Rodrigues da Silva; 
11. Manoel Joaquim Cardoso de Almeida casado com Guilhermina Maria/Luisa de Oliveira; 
12. Sebastião Cardoso de Almeida casado com Felisberta Xavier dos Santos;
13. Albina Cardoso de Almeida
14. Eugênio Cardoso de Almeida.
***
Pais de:
Tn1. Zeferino Pires de Freitas, nasceu a 16.04.1871, batizado Santo Ângelo. Casou a 6.2.1889 em São Miguel das Missões com Procópia Pires de Arruda, filha de Joaquim Pires de Arruda e Tomásia Borges Obregão. 
Tn2. Izidro Pires de Freitas, nasceu em 02/01/1872, casado em 1896 em Santa Tecla com Cândida Nunes de Siqueira, nascida em 1879, filha de Olivério Nunes de Siqueira e Maria Bibiana da Silva, natural de São Borja, neta paterna de Salvador Nunes de Siqueira e Ana Maria da Conceição e, maternos, de Antônio José da Silva e Maria Francisca da Silva. Houve cinco filhos identificados
Tn3. Libindo Pires de Freitas, nasceu a 15.04.1874 no Rincão dos Pires, casado com Júlia Pereira Brum, filha de Francisco Pereira de Brum, assassinado em 1894 em sua fazenda, e Victoriana Gomes de Quevedo. Pais de 4 filhos: Cecília, Paulino, Pedro e Olívio Pires de Freitas.
Tn4. Bertholino Pires de Freitas,
Tn5. Joana Pires de Freitas, n. 21.5.1881 em Santo Ângelo. Casou em 1892, Santa Tecla com José Gomes de Oliveira filho de Domingos Gomes de Quevedo e Benedita Maria de Oliveira.
Tn6. Fermino Pires de Freitas, casou-se em 1903 em Santa Tecla com Ana Francisca Fraga, filha de Sérgio Francisco Fraga (falecido em 22.10.1895 em Santa Tecla, então distrito de Santo Ângelo/RS) e de Rita Maria de Moura, neto paterno de João Francisco Fraga (fal. 18.3.1848, São Borja) e Manuela Lescano (fal. a 31.07.1904, São Borja).
#Nota:
* Sérgio e Rita foram pais de:
1. Maria Francisca Fraga casada com Leandro Becker.
2. Angélica Francisca Fraga casada com Rafael Sebastião Vianna.
3. Ana Francisca Fraga casada com Firmino Pires de Freitas.
4. Franklin Francisco Fraga
5. Manoela Francisca Fraga casada com Claro Hipólito dos Passos.
6. Afonso Francisco Fraga
7. Procópio Francisco Fraga casado com Leonida Rodrigues dos Reis.
8. João Francisco Fraga casado com Idalina Alves Teixeira.
9. Marfisa Francisca Fraga casada com João José Machado.
 *João Francisco e Manoela foram pais de:
1. Maria Francisca Fraga casada com Zeferino Antonio de Nepomuceno ou Damasceno.
2. José Francisco Fraga casado com Anna Correia/Corrêa Sá.
3. Eduardo José Fraga
4. Sérgio José Fraga casado com Rita Maria de Moura.
5. Gil José Fraga
6. Xisto José Fraga casado com Guilhermina de Moraes.
7. Juvêncio José Fraga
8. Afonso José Fraga
Tn7. João Pires de Freitas, nasceu no Rincão dos Pires em 09.08.1881, casado em 1903 com Maria da Conceição Pereira Brum, n. 2.6.1874, bat. 23.5.1875 em São Luiz Gonzaga/RS, filha de Francisco Pereira de Brum e Victoriana Gomes de Quevedo, acima citados.
Maria da Conceição fora casada em primeiras núpcias, a 28.6.1887 em São Luiz Gonzaga/RS, com Pedro Corrêa Lemes, 23 anos, filho de João Corrêa Lemes, então falecido, e Manuela Ferreira.
Tn8. Pedro Pires de Freitas, casa em 1903, Santa Tecla com Ana Alves Teixeira, filha de Manuel Alves Teixeira e Maria Paulina de Almeida.
Tn9. José Pires de Freitas.
Tn10. Marcelina Pires de Freitas, n. 16.11.1890 em São Miguel das Missões, distrito de Santo Ângelo/RS.
Tn11. Maria José Pires de Freitas, n. 15.10.1900, em São Miguel das Missões.
Tn12. Dario José Pires de Freitas, n. 17.10.1901 em São Miguel das Missões.
Bn3. Maria do Carmo Pires de Freitas, nasceu em Santo Ângelo, onde casou aos 21 anos em 21.02.1878, com Bento Corrêa Leite, 24 anos, nascido em Santo Ângelo, onde faleceu aos 65 anos, em 24.9.1917, filho de Salvador Corrêa Leite e Bernardina Joaquina de Bittencourt. Moradores em Santa Tecla. Pais de Maria, Ana, Laurentina, Benício, Constantino, Vicentina e Maria. Pais de:
Tn1. Maria Corrêa Leite, nascida a 25.10.1878, Santo Ângelo. Casou em 1895 com Nicolau Pires de Arruda, então com 20 anos, filho de Joaquim Pires de Arruda e Maria Salomé Obregão. Pais de:
Qn1. Maria Soledade, n. 13.7.1903 em São Miguel das Missões.
Qn2. Pedro, bat. 3.3.1904 em São Miguel das Missões.
Tn2. Ana Corrêa Leite/Ana Nunes Corrêa, nasceu em 11.3.1886, Santo Ângelo, casou em 1898, Santa Tecla com José Boaventura/Ventura Pereira, filho de Boaventura Pereira e Inácia Luiza Gonçalves, moradores em Santa Tecla.
Tn3. Laurentina Corrêa Leite, nasceu em 6.5.1884, Santo Ângelo, casou em 1900, Santa Tecla com Eugênio Pires de Arruda, 20 anos, natural do RS, filho de Joaquim Pires de Arruda e Maria Salomé Obregão, moradores Santa Tecla.
Tn4. Benício Corrêa Leite, casa em 1904, Santa Tecla, com Inês Alves Teixeira, filha de Manuel Alves Teixeira (filho de José Alves Teixeira (?) falecido em 23.5.1868, Vacaria/RS) e Maria Paulina de Almeida (filha de José Franco de Almeida e Guilhermina Joaquina de Bittencourt).
José Alves Teixeira teve os filhos: Maria Alves Teixeira casada com Florêncio de tal, Manuel Alves Teixeira.
Tn5. Constantino Corrêa Leite, casou aos 21 anos, em 1903, Santa Tecla, com Carolina Alves Teixeira 25 anos, filha de Manuel Alves Teixeira e Maria Paulina de Almeida.
Tn6. Vicentina Corrêa Leite, nasceu em 21.9.1899, Santa Tecla, onde casou em 1913 com Elisário Rodrigues Borges, 29 anos, filho de Gabriel Corrêa Borges, morador no estado do Mato Grosso e Alexandrina de Bittencourt.
N2. Felícia Joaquina de Bittencourt, nasceu a 08.02.1827 em Caçapava/RS, onde bat. 24.5.1827 e faleceu em 19.2.1893 no 4º distrito de Santo Ângelo (conforme seu inventário autuado em 1893, pelo cartório de Santo Ângelo, n. 274 e custodiado no Arquivo Público do RS). Felícia casou com Francisco/José Corrêa de Vargas nascido em 1823 (Alegrete?) e falecido no distrito de Santa Tecla, distrito de Santo Ângelo/RS após 1886. Pais de sete filhos: Salvador Alves Teixeira, João Alves Teixeira e Bernardino Alves Teixeira.
Bn1. Catharina Corrêa de Vargas, nasceu em torno de 1851, casa-se com o Tte Agostinho Rodrigues Marques falecido em 24.10.1908, São Luiz Gonzaga/RS, filho de Francisco Lopes de Souza e Jesuína Rodrigues Marques (esta, filha de Maurícia Marques). 
#Nota:
Irmãos de Maurícia Marques: (Maurícia foi mãe de: Jesuína casada com Francisco Lopes de Souza,, Manoel, Apolinário e Vitorino).
1.Reginaldo Marques faleceu 2.6.1828, casado com Josefa Maria do Carmo
2. Francisco Marques
3. Manoel Marques
4. Maurícia Marques 
***
Pais de:
Tn1. Antônio Marques Corrêa
Tn2. Jovina Marques Corrêa casada com Maximiano Ferreira Padilha.
Tn3. Juvêncio Marques Corrêa
Tn4. Clemência Marques Corrêa casada com José Dias de Lima. (M.Grosso).
Tn5. Otília Marques Corrêa casada com João de Ávila Maciel.
Bn2. Francisco Corrêa de Vargas, nasceu em 1853, São Luiz Gonzaga/RS, casou-se com Maria Engrácia Rodrigues de Campos, filha de Manoel Rodrigues de Campos e Josefa Maria Antônia de Campos. Sem descendência. (Obs: há dúvidas sobre este casamento de Francisco com Maria Engrácia).
Francisco Corrêa de Vargas teve os filhos com Henriqueta Pires de Arruda, nascida em 15.3.1873/RS, filha de João Pires de Arruda e Geralda da Silva Nunes, natural RS e moradores Santa Tecla.
Pais de:
Tn1. Felícia Pires de Vargas, nasceu em 18.10.1899, casou aos 29 anos em 1927, Santa Tecla com Juvenal Machado de Brittes, 21 anos, nascido em 21.5.1906. Santa Tecla, filho de Raymundo Ildefonso Machado e Flora de Brittes, moradores no 8º distrito de Santo Ângelo.
Tn2. Agostinho Pires de Vargas, nasceu em 25.5.1904, onde casou em 1929, com Conceição Felix da Silva, nascida em 28.11.1910, Santa Tecla, filha de Miguel Felix da Silva nascido em 14.4.1887 e Amantina Nunes da Silva nascida em 25.5.1889, RS moradores no distrito de Santa Tecla.
Tn3. Francisco Pires de Vargas, casou em 1924, Santa Tecla, com Vicentina do Carmo Obregão, nascida em 16.9.1897, Santa Tecla, filha de Estevão do Carmo Obregão, falecido em Santa Tecla e Francisca Netto dos Santos, moradora Santa Tecla. Os avós paternos de Vicentina foram João do Carmo Obregão e Josephina Corrêa de Vargas e seus avós maternos foram José Vieira Netto e Francisca Maria dos Santos.
Bn3. Inocência Corrêa de Vargas, nasceu a 29.7.1858 em Inhacorá, bat. 6.7.1859, Cruz Alta/RS. Casou aos 16 anos em 27.11.1871, Santo Ângelo com Francisco Agostinho Martins, então com 25 anos, natural de Santo Ângelo, filho de Agostinho Martins e Maria de Jesus. Acreditamos que Inocência tenha casado em segundas núpcias com Gregório Melgarejo falecido em 4.7.1895, Santo Ângelo/RS, com quem houve:
Tn1. Vidalvina Melgarejo, faleceu aos 26 anos, em 7.6.1904, Santo Ângelo/RS, onde casou em 1901, com Venâncio Corrêa Leite nascido em 29.10.1879 e falecido em Santo Ângelo, filho de Salvador Corrêa Leite Filho e Antônia Maria Francisca (natural de Giruá/RS e filha de Francisca Maria Romana). Pais de dois filhos. Venâncio casa em 2ª núpcias, em 1906, com Celina Venites, filha de Nicolau Venites (Benitez?) e Francisca Corrêa Leite moradores no 1º distrito de Santo Ângelo.
Tn2. Maria Melgarejo
Tn3. Gaspar Melgarejo
Tn4. Martins Melgarejo
Tn5. Antônio Melgarejo
Tn6. Cesário Melgarejo
Tn7. Vicente Melgarejo
Tn8. Marcolina Melgarejo
Bn4. Joana Corrêa de Vargas, nasceu a 2.5.1860, bat. 22.5, Santo Ângelo, onde se casou a 10.04.1877, Santo Ângelo, com seu primo Luiz Franco de Almeida, 33 anos, que faleceu em 12.12.1903, Santa Tecla (3º distrito de Santo Ângelo/RS) aos 60 anos, filho da sua tia materna Guilhermina Joaquina de Bittencourt e José Franco de Almeida. Pais de:
Tn1. Vicentina Franco de Almeida, nasceu a 24/8/1889, distrito de São Miguel/RS. Casou-se em 1908 com Virgílio Antunes de Almeida, 18 anos, filho de Antônio Antunes de Almeida, morador no 4º distrito de Santo Ângelo e Ana Nunes de Quevedo, falecida no mesmo 4º distrito.
Tn2. Joanna Franco de Almeida, casa 1910 com José Nunes de Siqueira[6], 21 anos, filho de Olivério Nunes de Siqueira[7] e Maria Bibiana da Silva, ambos moradores no 4º distrito de Santo Ângelo/RS.
Tn3. Maria Francisca Corrêa, casou aos 19 anos, em 1905, Santa Tecla com Manuel Furtado Fanfa, nascido a 27.06.1875, no distrito de Santa Tecla, filho de Firmino Furtado Fanfa (falecido em Santiago do Boqueirão) e Gertrudes Joaquina/Marcellina Rodrigues de Bittencourt, neto paterno de Francisco Furtado Fanfa e de Maria Joaquina da Conceição e, materno, de Martinho Rodrigues de Campos e Balduína Joaquina de Bittencourt. 
#Nota:
Firmino e Gertrudes Marcelina tiveram os filhos: Florentina Furtado Fanfa casada com Jesuíno do Nascimento e Silva; Maurícia Furtado Fanfa casada com Vasco Corrêa dos Santos; Francisca Furtado Fanfa; Antônio Furtado Fanfa casado com Cândida Antunes de Souza; Inácia Furtado Fanfa casada com Martim Teixeira de Carvalho; José Furtado Fanfa casado com Maria do Carmo Verão; Carmelina Furtado Fanfa casada com Antônio Alves Mendonça; Manuel Furtado Fanfa Sobrinho casado com Maria Francisca de Souza ou Corrêa; Júlio Furtado Fanfa; Josephina/Josepha Marcelliana de Bittencourt casada com Florentino José Machado; Manuel d’Oliveira Furtado casado com Honória Corrêa dos Santos e Ponciano Furtado Fanfa.
Tn4. Guilhermina Franco de Almeida, nasceu em 4.4.1895 São Miguel (3º distrito de Santo Ângelo/RS), casou em 1921, Santa Tecla com Sebastião Persigo Filho, natural da República Argentina, filho de Eduardo Persigo e Synara Delvage, natural de Itagay.
Tn5. João Osório Almeida, casa em 1920, Santa Tecla, com Ana Maria Pires de Freitas nascida em 16.8.1899, Santa Tecla, filha de Izidro Pires de Freitas e Cândida Nunes de Siqueira. Seus avós paternos foram Benício Pires de Freitas e Cecília Cardoso de Almeida ambos naturais do RS e moradores Santa Tecla. Seus avós maternos foram Olivério Nunes de Siqueira e Maria Bibiana da Silva, ambos do RS.
#Nota:
Benício Pires de Freitas e Cecília tiveram os filhos: Zeferino Pires de Freitas, Izidro Pires de Freitas casado com Cândida Nunes de Siqueira, Libindo Pires de Freitas casado com Julia Pereira Brum, Bertholino Pires de Freitas, Joanna Pires de Freitas casada com José Gomes de Oliveira, Fermino Pires de Freitas, João Pires de Freitas casado com Maria da Conceição Pereira Brum, Pedro Pires de Freitas casado com Ana Alves Pires e José Pires de Freitas.
Tn6. Felícia Franco de Almeida, nasceu em 24.12.1894, Santa Tecla, onde casou em 1912, com Lindolpho Alves Teixeira, filho de Boaventura Alves Teixeira e Maria Francisca de Almeida.
Tn7. Josephina Franco de Almeida, nasceu em 15.4.1897, Santa Tecla, onde casou em 1914 com Augusto Cardoso de Vargas, nascido em 13.5.1892, Santa Tecla, filho de Manuel Cardoso de Almeida e Francisca Corrêa de Vargas, moradores Santa Tecla. Os avós paternos de Augusto foram José Cardoso de Almeida e Maria do Carmo Pereira naturais do Paraná. Seus avós maternos foram Augusto Corrêa de Vargas (falecido a 17.07.1890 em Santo Ângelo/RS) e Maria Antônia Rodrigues naturais do RS e moradores no distrito de Santa Tecla.

Bn5. Maria Corrêa de Vargas, falecida em 3.2.1929, Santa Tecla, onde casou com Pedro Netto dos Santos, falecido Santa Tecla em 13.5.1929 moradores em Santa Tecla, filho de José Vieira Netto e Francisca Maria dos Santos. Os avós maternos de Pedro Netto foram Manuel Francisco dos Santos e Mariana Martins de Ávila) falecida em 17.2.1885, São Luiz Gonzaga).
# Nota n. 1:
Pedro Netto dos Santos, Miguel
Osório Netto dos Santos e (não
identificada) - fotografia do
acervo de Telmo Flores dos
Santos (neto de Miguel).


José Vieira Neto e Francisca foram pais de: 
1. Pedro Neto dos Santos casado com Maria Corrêa de Vargas;
2. Francisca Neto dos Santos casada com Estevão do Carmo Obregão;
3. Frutuoso Neto dos Santos casado com Maria José de Menezes;
4. Manuel Neto dos Santos casado com Francisca Silveira Torres;
5. Emiliano Neto dos Santos casado com Fabiana Marcelina da Rosa.
6. Maria José dos Santos c/c José Pedro dos Santos;
7. Francisco Neto dos Santos c/c Gertrudes da Silva Torres;

8. José Neto dos Santos c/c Paulina Silveira Torres.
# Nota n. 2:
Manuel Francisco dos Santos e Mariana foram pais de:
1. Firmino Martins dos Santos;
2. Pedro Martins dos Santos c/c Maria José de Menezes;
3. Rita Francisca dos Santos c/c José Maria Gonçalves dos Santos;
4. Francisca Maria dos Santos casada com José Vieira Neto;
5. Clemência Maria dos Santos casada com Urbano Marques de Menezes.

***
Maria da Glória Mateus de Siqueira e
Miguel Osório Netto dos Santos (f.º de
Pedro Netto dos Santos).
Do acervo de Telmo Flores dos Santos.



Maria e Pedro foram pais de:
Tn1. José Corrêa Netto, nasceu em Santo Ângelo. Casou em 1904 em Santa Tecla, no civil, pois na igreja deu-se a 29.12.1916 em São Miguel das Missões, quando contava 32 anos, com Claudina Matheus dos Santos, com 31 anos em 1916, n. Santo Ângelo, filha de Francisco Matheus dos Santos e Rita Maria de Jesus, moradores em Santa Tecla (outro filho deste casal foi Idalicio Matheus dos Santos).
Tn2. Francisco Corrêa Netto, casa aos 25 anos, em 1913, Santa Tecla, com Luiza Nunes de Siqueira, nascida em 8.4.1893, filha de Olivério Nunes de Siqueira e Maria Bibiana da Silva, moradores Santa Tecla.
Tn3. Maria Joana Corrêa Netto, nasceu em 15.5.1898, 2º distrito de Santo Ângelo, casa em 1926, Santa Tecla, com Olivério Nunes de Siqueira Filho, filho de Olivério Nunes de Siqueira e Maria Bibiana da Silva.
Tn4. Miguel Osorio Netto dos Santos, nasceu em 8.3.1901, casa em 1929, Santa Tecla, com Maria da Gloria Matheus de Siqueira nascida em 8.10.1912 Santa Tecla, filha de Antônio Nunes de Siqueira nasc 17.1.1881 e Honorina Matheus dos santos nascida em 8.10.1876, ambos naturais de Santa Tecla. AP: Olivério Nunes de Siqueira e Maria Bibiana da Silva. AM: Francisco Matheus dos Santos e Rita Maria de Jesus.
Tn5. José Corrêa Netto, casa em 1904, Santa Tecla, com Claudiana Matheus dos santos filha de Francisco Matheus dos Santos e Rita Maria de Jesus, moradores em Santa Tecla (outro filho deste casal foi Idalicio Matheus dos Santos).
Tn6. Maria Francisca Corrêa Netto, casou aos 18 anos, em 1904, com Leopoldino Alves Teixeira, nascido a 09.11.1877, batizado em Santo Ângelo, filho de Boaventura Alves Teixeira e Maria Francisca Franco de Almeida. Os avós paternos de Leopoldino foram Leopoldino Alves Teixeira e Francisca Maria de Oliveira e seus avós maternos foram José Franco de Almeida e Guilhermina Joaquina de Bittencourt.
#Nota:
Leopoldino Alves Teixeira (filho de Manuel Alves Teixeira e Catharina) e Francisca Maria de Oliveira (filha de Lourenço Luiz de Oliveira e Cecília) tiveram os filhos: Theodozio Alves Teixeira, 44 anos casado e residente no município de Cruz Alta; João Alves Teixeira casado com Maria Marques Teixeira, residente no município São Luiz Gonzaga; Joaquina Alves Teixeira casada com Felisbino Cardoso de Almeida (irmão de Manuel Cardoso de Almeida); Manuel Alves Teixeira residente no município de Santo Ângelo/RS; Boaventura Alves Teixeira casado com Maria Francisca Franco de Almeida; Paulina Alves Teixeira casada com Silvério Rodrigues de Paula; Reginalda Alves Teixeira casada com Pedro Garcia dos Reis; Maria Alves Teixeira casada com Miguel Franco de Almeida; Laura/Luiza Alves Teixeira; Rosa Alves Teixeira; Vicente Alves Teixeira; Victoriana Alves Teixeira; Antônia Alves Teixeira; Inocêncio Alves Teixeira casado com Zulmira Luiz Carneiro; Salvador Alves Teixeira e Lourenço Alves Teixeira.
Tn7. Joana, nascida em 07.07.1890 em São Miguel das Missões.
Bn6. Augusto Corrêa de Vargas, nasceu em torno de 1848, RS, casa-se em 1872, Santo Ângelo, com Maria Antônia Rodrigues, natural do RS, moradores no Rincão dos Pires, 4º distrito de Santo Ângelo/RS (Santa Tecla). Pais de:
Tn1. Francisca Corrêa de Vargas, casa-se em 1900, em São Miguel das Missões, onde aconteceu o casamento religioso a 22.3.1892, com Manuel Cardoso de Almeida filho de José Cardoso de Almeida, falecido em 2.10.1900 no 4º distrito de Santo Ângelo/RS, acima referido. e Maria do Carmo Pereira, ambos naturais do Paraná. Manuel e Francisca eram moradores no 4º distrito de Santo Ângelo/RS (Santa Tecla, no lugar denominado Carajá). Pais de:
Qn1. Augusto Cardoso de Vargas, nasceu em 13.5.1892, Santa Tecla, onde casou em 1914 com Josephina Franco de Almeida, nascida em 15.4.1897, Santa Tecla, filha de Luis Franco de Almeida e Joana Corrêa de Vargas, moradores em Santa Tecla. Os avós paternos de Josephina foram José Franco de Almeida e Guilhermina Joaquina de Bittencourt e seus avós maternos foram Francisco Corrêa de Vargas e Felícia Joaquina de Bittencourt.
Qn2. Cecília Cardozo de Vargas, nasceu em 29.8.1896, Santa Tecla, onde casou em 1918 com Simão Adriz natural da Síria, filho de Adriz Chamu e Phatun(?) Adriz natuais e moradores na Siria.
Qn3. Margarida Cardozo de Vargas, nasceu em 9.3.1898, Santa Tecla, onde casou em 1918 com Julio Martins 23 anos, nascido na Siria, filho de Radú Martins e Nonum Martins, naturais e moradores na cidade de Peivú, Síria.
Qn4. José Cardozo de Almeida, nasceu 21.4.1900, Santa Tecla, onde casou em 1922, com Maria do Carmo Pires de Siqueira nascida em 17.3.1903 Santa Tecla, filha de Izidro Pires de Freitas e Cândida Nunes de Siqueira. Todos naturais do RS e moradores Santa Tecla. AP: Benício Pires de Freitas e Cecília Cardoso de Almeida. AM: Olivério Nunes de Siqueira e Maria Bibiana da Silva. Todos naturais do RS.
Qn5. Jezuina Cardozo de Almeida, nasceu em 7.9.1902, Santa Tecla, onde casou em 1919 com Camillo Chadud nascido na Síria, filho de Chassen/Chassun Chadud e Diles Assum, ambos naturais da Síria.
Qn6. Geny Cardozo de Almeida, nasceu em 25.7.1908, Santa Tecla, onde casou em 1925 com Antônio José Machado, 29 anos, nascido em 25.7.1896, filho de Francisco José Machado (filho de Francisco José Machado e Eleutheria Souza de Ávila) e Francisca Pires de Lima, falecida em Santa Tecla (filha de Gabriel Pires de Almeida falecido em 9.5.1889 Santo Ângelo/RS e Maria Francisca de Almeida).
#OBS:
a) Francisco José Machado e Francisca Pires de Lima (falecida em 6.6.1909 Santa Tecla filha de Gabriel Pires de Almeida e Maria Francisca de Almeida Reis) tiveram os filhos:
1. Zelina Pires Machado casada com Lauro Lourega Vianna e Adão Hassem.
2. Adelina Pires Machado casada com Turíbio Reis de Araújo.
3. Ecilda Pires Machado (dúvida)
4. Inácio José Machado casado com Lisbella da Silva Machado
5. Flora Pires Machado casada com Abílio Reis, filho de Joaquim Cordeiro dos Reis e Constança Alves/da Silva.
6. Brasilina Pires Machado casada com Inocêncio Medeiros de Quadros.
7. Olmiro José Machado (dúvida) casado com Vicentina Cavalheiro do Amaral
8. Dario José Machado (dúvida) casado com Custódia Barbosa dos Reis.
9. Antonio José Machado casado com Geny Cardoso de Almeida
10. Helmirio
b) Francisco José Machado e Eleutheria de Souza Ávila (falecida em 1.9.1890, Santa Tecla, filha de José de Souza Ávila e Ana Maria Ávila), tiveram os filhos: 
1. João José Machado casado com Maria José Brandão, viúva de José Francisco Machado.
2. Albina Maria casada com Manuel da Silva Lourega; 
3. Rufina de Souza Ávilla casada com Venceslau Rodrigues dos Santos moradores em Mato Grosso; 
4. Felisbino José Machado casado com Emília Antunes Cavalheiro/Cavalheiro do Amaral; 
5. Fermiano José Machado casado com Manuela Rodrigues Machado; 
6. Francisco José Machado casado com Francisca Pires de Lima, filha de Gabriel Pires de Almeida e Maria Francisca de Almeida; 
7. Flora de Souza Avilla; 
8. Júlio José Machado casado com Albina Cordeiro dos Reis, filha de Joaquim Cordeiro dos Reis (filho de Joaquim Cordeiro dos Reis e Maria Francisca) e Constança Alves dos Reis (filha de Albina Maria da Conceição). Julio casa em 2ª núpcias com Damásia Maria Santos, filha de Francisco Matheus dos Santos e Rita Maria de Jesus; 
9. Maria Francisca de Souza Avilla casada com Joaquim Cordeiro dos Reis, e 
10. José Francisco Machado casado com Maria José Brandão.
Francisco José Machado teve, de seu primeiro matrimônio, a filha Geralda Maria Francisca casada com Francisco José Dias natural da Villa da Serra, Província de SP, filho de Francisco Pereira Santiago e Laureana Joaquina de Jesus.
c) Gabriel Pires de Almeida e Maria Francisca de Almeida Reis tiveram a única filha:
1. Francisca Pires de Lima casada com Francisco José Machado.
Maria Francisca de Almeida Reis era filha de Anastácia Duarte de Assumpção. Em seu testamento, Maria Francisca declara que, no estado de viuvez, teve (com Joaquim Cordeiro dos Reis?) a filha Aurelina Reis casada com Octavio Pereira Vianna, que “fica reconhecida através deste testamento”.
Qn7. Maria da Conceição Cardoso de Almeida casa em 1919, Santa Tecla, com Felisberto Felix da Silva, filho de Cristóvão Telles da Silva e Felisberta Pereira de Lima. AP de Felisberto foram: Laurentina Pires de Arruda. AM: Januário Pereira de Lima e Prudenciana Custódia da Silva.
Bn7. Josefina Corrêa de Vargas, nasceu em torno de 1849, RS, e faleceu em 3.1.1889 em Santo Ângelo/RS, casa-se com João do Carmo Obregão[8] nascido na República Oriental, falecido em 25.8.1907, Santa Tecla. João do Carmo Obregão casa-se, novamente, em 1900 com Francisca Pereira da Silva, nascida em São Martinho, filha de Inácio Pereira da Silva e (Maria) Flacilla/Fracilia Maria dos Anjos. Tiveram o filho: Claudino Pereira Obregão 24 anos, nascido em 29.5.1894 São Miguel casado com Carmelina Antunes de Moraes Lima. Josephina e João foram pais de 12 filhos:
Tn1. Estevão do Carmo Corrêa Obregão, nasceu a 26.12.1871, batizado em Santo Ângelo e faleceu em Santa Tecla, casou aos 25 anos, em 1901, São Miguel, com Francisca Netto dos Santos, 20 anos, nascida em São Luiz Gonzaga/RS, moradores no 4º distrito de Santo Ângelo/RS, filha de José Vieira Netto e Francisca Maria dos Santos, naturais do RS e moradores no 1º distrito de São Luiz Gonzaga. Pais de:
Qn1. Vicentina do Carmo Obregão, nasceu em 16.9.1897, Santa Tecla, onde casou em 1924 com Francisco Pires de Vargas, filho natural de Francisco Corrêa de Vargas e Henriqueta Pires de Arruda , moradores Santa Tecla.
Qn2. Júlio Netto Obregão, nasceu em 27.2.1908 no 4º distrito de Santo Ângelo, onde casou-se em 1932 com Felícia Quaresma Obregão nascida em 22.12.1915, filha de Serafim do Carmo Obregão e Rosalina Quaresma Pinto. Avós paternos: João do Carmo Obregon e Josefina Corrêa de Borges (?). Avós maternos: Miguel Pinto Sobrinho e Maria Hipólita dos Santos Quaresma, ambos do RS.
Tn2. Felícia Corrêa Obregão, casou-se com Valêncio Leopoldo dos Santos, moradores em São Luiz Gonzaga/RS, batizado aos 2 anos e 8 meses,em 12.4.1869, Santo Ângelo/RS, filho de Joaquina Maria da Cruz. Pais de:
Qn1. Sylvarina Maria dos Santos, casa aos 24 anos, em 1911, Santo Ângelo/RS com Florestan Pereira Ramos, 25 anos, filho de Eduardo Pereira Ramos e Bertolina Rita de Azevedo Ramos, moradores no distrito de São Miguel/RS.
Tn3. Sisnando do Carmo Corrêa Obregão, aos 22 anos casou se em 1901, São Miguel, com Maria Domingues Obregão, filha de Manuel Domingues Garcia e Maria Pereira da Silva ou dos Anjos.
Tn4. Íria Corrêa de Obregão, casada com Francisco Gonçalves da Silva, falecido em 30.8.1916, São João Baptista, 3º distrito de Santo Ângelo, filho de João Francisco da Silva e Maximilia Gonçalves de Oliveira.
#Nota:
João Francisco (filho de Francisco Antônio da Silva e Maria Archangela de Siqueira) e Maximilia (filha de Clarinda Rosa dos Santos e Zeferino Gonçalves de Oliveira, naturais de Santa Catarina) tiveram os filhos: 1.Senhorinha Gonçalves da Silva casada com Ernesto Quaresma Pinto; 2.Vicentina Gonçalves da Silva casada com Miguel Pinto Sobrinho; 3.Francisco Gonçalves da Silva casado com Iria do Carmo de Obregão; 4.Laurinda Gonçalves da Silva casada com Germano Borchartt; 5.Justino Gonçalves da Silva casado com sua prima Clarinda Gonçalves da Silva, filha de Antônio Gonçalves de Oliveira e Honorata José da Silva; 6.Belizaria Gonçalves da Silva que teve filhos naturais com Francisco Antunes Maciel; 7. Maria Gonçalves da Silva casada com Francisco Mattos da Silva; 8. José Gonçalves da Silva casado com Rosalina Antônia Fernandes; 9. Constância Gonçalves da Silva casada com João Corrêa da Silva; 10. Clarinda Gonçalves da Silva, 11. Cipriana Gonçalves da Silva casada com Carlos Antônio Fernandes; 12. Cristiano Gonçalves da Silva casado com Cândida Ferreira da Silva e 13. Rosa Gonçalves da Silva.
Íria e Francisco foram pais de:
Qn1. João Francisco da Silva.
Tn5. Pedro do Carmo Corrêa Obregão, nasceu em 23.2.1877, São Miguel, falecido aos 43 anos, em 20.2.1921, São Miguel, onde se casou aos 20 anos em 1901 (o religioso deu-se em 29.12.1916 no mesmo distrito), com Francisca Domingues Garcia 16 anos, natural do RS, falecida aos 40 anos, (parto) em 3.7.1918, São Miguel, onde nasceu, filha de Manuel Domingues Garcia (ver família de Pedro Domingues Garcia) e Maria Pereira da Silva, ambos naturais deste estado. Pedro e Francisca tiveram 8 filhos.
Pedro casa, novamente, em 1920, São Miguel, com Christina Silva,30 anos, nascida em 24.6.1891, no 6º distrito de Santa Maria/RS, filha de Manuel Cipriano da Silva e Thereza Pedrosa da Silva, ambos naturais do RS e moradores no distrito de São Miguel (Christina casa em 1923 com Manuel Pinto de Vargas, filho de Emílio Antunes Pinto e Honória Severo de Vargas). Pedro e Christina não tiveram filhos. Filhos de Pedro e Francisca:
Qn1. Januária Domingues Obregão, nasceu em 10.7.1898, São Miguel, tendo sido sepultada no cemitério da localidade de São João Velho (Entre-Ijuís). Casou em Santo Ângelo em 1915 com Irineu Antônio Vieira, n. 16.8.1882 e sepultado no mesmo local, filho de João Antônio Vieira e Belém de Mattos Carvalho, neto paterno de Antônio Moreira Vieira e de Bernardina Maria de Jesus e, materno, de João Antônio de Mattos e Maria da Conceição de Carvalho.
#João Antônio Vieira  e Maria Belém tiveram os filhos:
1. Luiz Antônio Vieira casado com Laurentina Quaresma de Carvalho
2. Joaquina Vieira casada com Liberato Antunes Maciel
3. Pedro Antônio Vieira casado com Maria Domingues Obregão/Garcia
4. Balduína Vieira casada com Evaristo Pereira de Brum
5. Irineo Antônio Vieira casado com Januária Domingues Obregão
6. Rita Vieira
# Antônio Moreira Vieira (falecido a  25.10.1858 Santo Ângelo/RS) e Bernardina Maria de Jesus foram pais:
1. Maria Antônia viúva c/c Antônio Moreira Tobias
2. Escolástica Maria de Jesus c/c José Isidoro Rosa.
3. João Antônio Moreira casou com Maria Belém (de Mattos) Carvalho.
4. Rita (Madalena?) Vieira dos Santos c/c Antônio de Mattos/teve filhos com Manoel José Pinto?
5. Balduina Vieira Machado 
Qn2. Maria Domingues Obregão, n. 3.10.1899, São Miguel, onde casou em 1915 com Pedro Antônio Vieira 30 anos, filho de João Antônio Vieira e Belém de Mattos (?) de Carvalho.
Qn3. Sebastião Domingues Obregão, nasceu em 3.5.1901 no distrito de São Miguel, Santo Ângelo/RS, onde casa em 1929 com Cândida Vieira Quaresma que nasceu em 5.6.1910, no mesmo distrito, filha de Luiz Antônio Vieira, 56 anos em 1929 e Laurentina Vieira Quaresma 46 anos em 1929. Avós paternos: João Antônio Vieira e Maria Belém (Mattos) de Carvalho. Avós maternos: Jeremias José Quaresma[10] e Rosa Carvalho de Mattos, ambos naturais deste estado.
Qn4. Angélica Domingues Obregão, nasceu em 21.1.1903, São Miguel, onde casou aos 18 anos, em 1922, com Braz Carvalho da Rocha, 23 anos, nascido em 24.10.1898, no 2º distrito de São Borja, filho de Aníbal Antônio da Rocha (natural do RS e morador Santa Miguel das Missões) e Francisca da Costa Carvalho (falecida no Município de São Borja), neto materno de Brás Costa Carvalho (falecido a 13.07.1894) e Libânia Rocha Carvalho.
#Nota:
Braz (filho de Francisco da Costa Carvalho e Josefa Ferreira Guimarães, falecida a 29.3.1892 São Borja/RS) e Libânia foram pais de:
1. Francisca Rocha de Carvalho casada com Aníbal Antônio da Rocha.
2. Georgina Rocha de Carvalho
3. Manoel Rocha de Carvalho
4. Josefa Rocha de Carvalho
Qn5. Cecília Domingues Obregão, nasceu em 24.5.1906 São Miguel, onde casou em 1927, com José Alves Pereira, nascido em 20.7.1891, São Miguel, filho de Cyrino Nunes Pereira e Rosa Alves Pereira, ambos naturais do RS. Os avós paternos de José Alves foram Cyrino Pereira e Benta Nunes, ambos naturais do RS. Seus avós maternos foram Serafim Alves e Maria Oliveira, também naturais do RS.
Qn6. Ercilia Domingues Obregão, nasceu em 1.9.1910,  São Miugel das Missões, onde casou em 1927, São Miguel, com Turibio Antunes Maciel, nascido em 14.6.1902, São Miguel, filho de Alfredo Antunes Maciel e Ana Alves dos Reis. AP: Francisco Antunes Maciel (n. Vacaria/RS e fal. 26.4.1890 em São Miguel das MIssões/RS) e Maria do Espírito Santo (falecida a 18.4.1891 ou 1895 em São Miguel das Missões). AM: Rita Alves de Lima natural do RS.
Francisco (filho de Joaquim Antunes Maciel e Angélica Antunes de Jesus) e Maria Antunes Pinto/do Espírito Santo foram pais de:
1. Aníbal Antunes Maciel casado com Rosalina Antunes Maciel.
2. Marciliano ou Marcelino Antunes Maciel casado com Maria Luisa Quaresma.
3. Guilhermina Antunes Maciel casada com Joaquim Antunes Maciel.
4. Teófilo Antunes Maciel
5. Marcolina Antunes Maciel casada com Paulino Antunes Maciel.
6. Alfredo Antunes Maciel casado com Ana Alves dos Reis.
7. Liberato Antunes Maciel casado com Joaquina Vieira dos Santos.
8. Emerenciana Antunes Maciel casada com Jeremias José Quaresma.
9. Luisa Antunes Maciel casada com Salustiano da Costa Leite.
10. Hortência Antunes Maciel
11. Joaquina Antunes Maciel casada com Zacarias de Assunção.
12. Benício Antunes Maciel casado com Vicentina Borchardt.
13. Delfino Antunes Maciel casado com Maria Alves dos Reis.
14. Vasco Antunes Maciel 4 anos
Qn7. Josephina Domingues Obregão
Qn8. Pedro Paulo Obregão
Tn6. Francisco do Carmo Corrêa Obregão, nasceu em São Miguel, onde casou aos 18 anos, em 1901, com Josefina Domingues Garcia, nascida em 10.1.1882, Santo Ângelo, filha de Manuel Domingues Garcia e Maria Inácia da Silva. Os avós paternos de Josefina foram Pedro Domingues Garcia e Angelica Maria Bueno, seus avós maternos foram Inácio Pereira da Silva e Fracilia Maria dos Anjos.
Tn7. Hortência do Carmo Corrêa Obregão, casou aos 16 anos, em 1901, São Miguel/RS com Severino/Zeferino José da Costa (Severino José da Costa), 20 anos, filho de Antônio José da Costa e Rita Pereira da Silva. Pais de:
Qn1. Tomás José da Costa, n. 28.8.1898, São Miguel das Missões.
Qn2. Felícia do Carmo Obregão, n. 1º.1.1901, São Miguel das Missões.
Tn8. Serafim do Carmo Corrêa Obregão, nasceu em set/1880 e se casou em 1901 em São Miguel das Missões (no religioso em 29.12.1916) com Rosalina Quaresma Pinto, que nasceu em 1.1.1885, filha de Miguel Pinto Sobrinho e Hipólita Antônia/Maria Hipólita dos Santos Quaresma. Pais de:
Qn1. Laurentina Quaresma Obregão, nascida em 10.6.1910 distrito de São Miguel, Santo Ângelo/RS, casa-se em 1930 com Henrique Quaresma Borchartt nascido em 5.9.1905 no mesmo distrito de São Miguel, filho de Miguel Quaresma de Mattos, lavrador e Lydia Borchartt, seus avós paternos foram: José Carvalho de Mattos e Ana Maria Antônia Quaresma, ambos nat deste estado. Avós maternos: João Borchartt, da Alemanha e Carolina Holsback, do RS.
Qn2. Esmelindra Quaresma Obregão, nascida em 5.12.1908 casa em 1928 com Arlindo de Moura Martins nasceu em 19.5.1899 distrito de São Miguel, Santo Ângelo/RS, morador em Santa Rosa/RS, filho de Emiliano Bartholomeu de Moura, 74 anos em 1928 e Ana Martins de Moura, 70 anos em 1928.
Qn3. Eselindra Quaresma Pinto, 25 anos em 1914, casa em 1914 com Júlio Borchart, 26 anos, filho de João André Borchart, natural da Alemanha e Carolina Holsback Borchart, nascida em São Miguel das Missões.
Qn4. Idalvina Quaresma Obregão, nascida em 15.3.1911 São Miguel casa em 1932, São Miguel com Germano Antunes Domingues nasceu em 14/6/1912 Santo Ângelo, filho de Antônio Antunes de Souza e Inocência Domingues Bueno (nascido em 28.12.1879 São Miguel, distrito de Santo Ângelo/RS). Os avós paternos de Germano foram Elias Antunes de Souza e Francisca Antunes da Silva. Ambos naturais deste estado. Seus avós maternos foram Joaquim Domingues Bueno e Nicolacia (?) Pereira Cardoso, ambos naturais deste estado.
Qn5. Felícia Quaresma Obregão, nasceu em 22.12.1915. Casa-se em 1932 com Júlio Netto de Obregon nascido em 27.2.1908 no 4º distrito de Santo Ângelo/RS, filho de Estevão do Carmo Obergon falecido no 4º distrito de Santo Ângelo/RS e Francisca Netto dos Santos, moradores no mesmo distrito.
Tn9. Paulino do Carmo Corrêa Obregão, nasceu em 18.4.1882. Casou aos 22 anos, em 1905 com Benta Neta de Menezes, 16 anos, nascida em 16.7.1888, filha de Jose Pedro dos Santos e Maria José Netto dos Santos.
Tn10. Antônia Corrêa de Obregão, casa em 1905, Santa Tecla com Jovino Alves Teixeira, filho de Manuel Alves Teixeira (filho de José Alves Teixeira (?) falecido em 23.5.1868, Vacaria/RS) e Maria Paulina Alves (filha de José Franco de Almeida e Guilhermina  Joaquina de Bittencourt). José Alves Teixeira teve os filhos: Maria Alves Teixeira casada com Florêncio de tal, Manuel Alves Teixeira.
Tn11. Ana Corrêa de Obregão, casou aos 16 anos, em 1903, Santa Tecla com Faustino Netto da Silveira 26 anos, filho de Francisco Netto dos Santos e Gertrudes Silveira Torres, moradores São Luiz Gonzaga, n.m. Firmino da Silveira Torres.
#Nota:
Firmino da Silveira Torres e Claudina foram pais de:
1. Maria Silveira Torres casada com  Marcolino Neto dos Santos.
2. Gertrudes Silveira Torres casada com Firmino Neto dos Santos.
3. Francisca Silveira Torres casada com Manoel Neto dos Santos.
4. Paulina Silveira Torres casada com José Neto dos Santos.
5. João Silveira Torres
6. Domingos Silveira Torres
7. Clara Silveira Torres casada com Emiliano Neto dos Santos.
8. Manoela da Silveira Torres casada com Wenceslau Cavalheiro do Amaral.
Tn12. Francellino Pereira do Carmo Obregão, nasceu em 17.12.1888 no 3º distrito de São Miguel, onde casou aos 36 anos, em 1924, com Virgínia Cortes Machado Pereira 16 anos, nascida em 20.9.1889 no 3º distrito, filha de João Baptista Machado e Guilhermina Cortes Machado.
Tn13. Horácio Netto Obregão, nasceu em 10.9.1898, Santa Tecla, onde casou em 1924 com Rosalina Nunes dos Santos, nascida em 2.5.1903, São Miguel, filha de Propicio Nunes de Siqueira e Laurentina Matheus dos Santos. AP: Olivério Nunes de Siqueira e Maria Bibiana da Silva naturais do RS e moradores Santa Tecla. AM: Francisco Matheus dos Santos e Rita Maria dos Santos naturais do RS moradores Santa Tecla.
Francisco Matheus falecido em 2.4.1898, Santo Ângelo e Rita tiveram os filhos: Ângelo Matheus dos Santos casado com Vicentina Souto Maior; João Matheus dos Santos casado com Felisberta Fernandes de Moraes; Vicentina Matheus dos Santos casada com Horácio Corrêa da Silva; Honorina Matheus dos Santos casada com Antônio Nunes de Siqueira; Damásia Matheus dos Santos casada com Júlio José Machado e Adriano Corrêa da Silva; Maria Francisca Matheus dos Santos casada com Antônio Antunes Ribas; Laurentina Matheus dos Santos casada com Propicio Nunes de Siqueira; Idalécio Inácio Matheus dos Santos; Claudina Matheus dos Santos casada com José Corrêa Netto e Ana Maria Matheus dos Santos.
N3. Bernardina Joaquina de Bittencourt, nasceu em 09.05.1829 Caçapava/RS, casou-se com Salvador Corrêa Leite, que faleceu em 07/01/1894, na "Costa do Uruguay". Salvador Corrêa Leite casou em 2ª núpcias com Maria de Lara da Silva, com quem teve o filho Manuel Corrêa leite c/c Honorata Maria da Silva, falecida em 23.12.1897 em Giruá/RS. Bernardina e Salvador foram pais de:
Bn1. Salvador Corrêa Leite Filho, nascido cerca de 1850 em Giruá/RS e faleceu aos 50 anos em 1906, Santo Ângelo/RS. Casou (40 anos de acordo com sua habilitação para casamento) a 28.2.1892, Giruá/RS com Antônia Maria Francisca, 54 anos por ocasião do óbito do esposo, natural e moradora em Giruá, termo de Santo Ângelo/RS, filha de José Policarpo e Francisca Maria Romana. Pais de:
Tn1. Brandina Corrêa Leite, nascida em 4.8.1884 e falecida a 20.6.1956 em Giruá/RS. Casou a 30.9.1905 em Guarani das Missões (5º distrito de São Luiz Gonzaga/RS) com João Ribeiro Paz, então com 29 anos e falecido em 22.12.1929, filho de Manuel Antônio Ribeiro e Firmiana de Lima Paz (filha de João Baptista Paz e Felicidade Maria de Jesus).
Tn2. Prudente Corrêa Leite casou com Cecília Corrêa da Rosa, filha de Pompeu Ribeiro/Corrêa da Rosa e Francisca de Oliveira e Silva. 
#Nota:
Pompeu e Francisca foram pais de:
1. Cecília Corrêa da Rosa c/c Prudente Corrêa Leite;
2. Prudente Corrêa da Rosa c/c Júlia Lopes de Siqueira;
3. Afonso Corrêa da Rosa c/c Maria José Lopes de Siqueira.
Tn3. Venâncio Corrêa Leite, nasceu em 29.10.1879, Santo Ângelo/RS, onde casou em 1901 com Vidalvina Melgarejo, falecida aos 26 anos, em 7.6.1904 em Santo Ângelo/RS, filha de Gregório Melgarejo e Inocência Corrêa de Vargas. Venâncio casa em 2º matrimônio em 1906, Santo Ângelo/RS, com Celina Venites 18 anos, filha de Nicolau José Venites e Francisca Corrêa Leite moradores no 1º distrito de Santo Ângelo. Filhos do 1º matrimônio de Venâncio com Vidalvina:
Qn1. Basília Corrêa Leite nascida em torno de 1901.
Qn2. Damásia Corrêa Leite nascida em 1903.
Tn4. Felicidade Corrêa Leite
Tn5. Fermiano Corrêa Leite, n. 6.3.1883. Casou aos 25 anos, a 31.7.1910, Giruá/RS,  com Elisa Gomes de, então 18 anos, n. 9.9.1892, filha de Ludgero Gomes de Almeida e Margarida Martins.
#Nota: Ludgero fal. 1908, Giruá/RS, filho de Gabriel Gomes de Moraes e Ana Lemos de Almeida. Casou-se com Margarida Martins, filha de João Martins da Rocha e Maria Martins da Rocha. Pais de:
1.       Lindolfa, n. 26.11.1908, Giruá.
2.       Elisa Gomes de Almeida, n. 9.9.1892, talvez em Giruá, acima citada.
Tn6. Constantino Corrêa Leite
Tn7. Francisco Corrêa Leite
Tn8. João Corrêa Leite, faleceu aos 59 anos, a 1.8.1950 Giruá/RS, casado com Dolfina Leite. Sem filhos.
Bn2. Bento Corrêa Leite, nasceu em Santo Ângelo, onde faleceu aos 65 anos em 24.09.1917, e onde casou aos 24 anos, em 21.02.1878, com Maria do Carmo Pires de Freitas, então com 21 anos, nascida em Santo Ângelo, filha de Constantino Pires de Arruda e Laurentina Nunes de Freitas. Morador no 4º distrito de Santo Ângelo/RS. Pais de:
Tn1. Maria Nunes Corrêa ou Maria Corrêa Leite, nascida a 25.10.1878, Santo Ângelo, casou em 1895 com Nicolau Pires de Arruda 20 anos, filho de Joaquim Pires de Arruda e Maria Salomé Obregão.
Tn2. Ana Corrêa Leite/Ana Nunes Corrêa, nasceu em 11.3.1886 Santo Ângelo, casou em 1898, Santa Tecla com José Boaventura/Ventura Pereira, filho de Boaventura Pereira e Inácia Luiza Gonçalves,  moradores em Santa Tecla.
Tn3. Laurentina Corrêa Leite, nasceu em 6.5.1884, Santo Ângelo, casou em 1900, Santa Tecla com Eugênio Pires de Arruda, 20 anos, natural do RS, filho de Joaquim Pires de Arruda e Maria Salomé Obregão, moradores Santa Tecla.
Tn4. Benício Corrêa Leite, casa em 1904, Santa Tecla, com Inês Alves Teixeira, filha de Manuel Alves Teixeira (filho de José Alves Teixeira falecido em 23.5.1868, Vacaria/RS?) e Maria Paulina de Almeida (filha de José Franco de Almeida e Guilhermina Joaquina de Bittencourt).
José Alves Teixeira teve os filhos: Maria Alves Teixeira casada com Florêncio de tal, Manuel Alves Teixeira, Salvador Alves Teixeira, João Alves Teixeira e Bernardino Alves Teixeira.
Tn5. Constantino Corrêa Leite, casou aos 21 anos, em 1903, Santa Tecla, com Carolina Alves Teixeira 25 anos, filha de Manuel Alves Teixeira e Maria Paulina de Almeida.
Tn6. Vicentina Corrêa Leite, nasceu em 21.9.1899, Santa Tecla, onde casou em 1913 com Elizario Rodrigues Borges, 29 anos, filho de Gabriel Corrêa Borges, morador no estado do Mato Grosso e Alexandrina de Bittencourt.
Bn3. Maximiana Corrêa Leite, casada com Manuel Vieira Corrêa que faleceu logo após o sogro. Moradores no 1º distrito de Santo Ângelo/RS. Pais de:
Tn1. Bento Vieira Corrêa
Tn2. José Vieira Corrêa morador no Mato Grosso.
Tn3. Franklim Vieira Corrêa
Tn4. Gabriel Bento Vieira Corrêa
Tn5. Vitalício Bento Vieira Corrêa
Tn6. João Bento Vieira Corrêa
Bn4. Maria Corrêa Leite, n. 18.9.1857, bat. 25.5.1860, Santo Ângelo, onde casou com Salvador Cardoso de Almeida, filho de José Cardoso de Almeida, falecido a 2.10.1900 no 4 distrito de Santo Ângelo, e de Maria do Carmo Pereira. Moradores no 1º distrito de Santo Ângelo/RS. 
#Nota:
José Cardoso e Maria do Carmo foram pais de:
1. Claro Cardoso de Almeida falecido em 21.8.1902, Santo Ângelo/RS.
2. Felisbino Cardoso de Almeida casado com Joaquina Alves Teixeira.
3. Salvador Cardoso de Almeida casado com Maria Corrêa Leite.
4. Cecília Cardoso de Almeida casada com Benício Pires de Freitas.
5. Anna Rosa Cardoso de Almeida casada com Antônio Basílio da Silva.
6. Alexandrina Cardoso de Almeida casada com Heleno Lopes Leal.
7. Manoel Cardoso de Almeida casado com Francisca Corrêa de Vargas.
8. Julia Cardoso de Almeida casada com Francisco Nunes de Freitas.
9. Cap. Francisco Cardoso de Almeida casado com Maria Jesus de Oliveira.
10. Teodora Cardoso de Almeida casada com Virgílio Rodrigues da Silva.
11. Manoel Joaquim Cardoso de Almeida casado com Guilhermina Maria/Luisa de Oliveira.
12. Sebastião Cardoso de Almeida casado com Felisberta Xavier dos Santos.
13. Albina Cardoso de Almeida e Eugênio Cardoso de Almeida.
***
Pais de:
Tn1. Lourença Maria de Almeida, gerou a:
Qn1. Josefina
Qn2. Castorina
Tn2. Deolinda Maria d’Almeida, moradora no Estado do Mato Grosso.
Tn3. Guilhermina Maria de Almeida, moradora no município de Santo Ângelo/RS.
Tn4. Bernardina Maria de Almeida
Tn5. Valêncio Rodrigues d’Almeida, morador no Estado do Mato Grosso.
Tn6. Severino Rodrigues de Almeida casa aos 22 anos, em 1906 Santo Ângelo/RS com Maria Rodrigues da Silva 21 anos, filha natural de Fermina Rodrigues da Silva. Severino casou em 2º matrimônio, aos 28 anos, 29.4.1912 Giruá/RS, com Júlia Rodrigues dos Santos 21 anos, filha legítima de Claudino José dos Santos e Rosália Rodrigues Ferreira
Tn7. Benício Rodrigues d’Almeida, casou aos 23 anos, a 24.8.1919 na Colônia de Guarani das Missões (5º distrito de São Luiz Gonzaga/RS) com Amélia Corrêa Leite, moradores no Mato Grosso, filha de Manoel Corrêa Leite  e Honorata Maria da Silva, falecida a 23.12.1897 em Giruá/RS. Os avós maternos de Amélia foram José Floriano Garcia, falecido a 10.1.1877, e Maria Francisca da Silva, ambos falecidos no distrito de Santa Tecla. Benício e esposa foram pais, ao menos, de Demétrio, nascido a 26.3.1912 em Giruá, e de Arminda, nascida a 7.5.1913 em Giruá.
##Notas:
* Manoel Corrêa Leite e Honorata foram pais de:
1. Faustina Corrêa Leite c/c Valença Rodrigues de Almeida, filho de Salvador Rodrigues de Oliveira e Maria Corrêa Leite.
2. Jorge Corrêa Leite  c/c Conceição Vieira Marques.
3. Católico Corrêa Leite c/c Maria do Carmo Rodrigues de Almeida, filha de Salvador Rodrigues de Almeida e Maria Corrêa Leite..
4. Amélia Corrêa Leite c/c Benicio Rodrigues d’Almeida, filho de Salvador Rodrigues de Almeida e Maria Corrêa Leite.
5. José Corrêa Leite c/c Mariana Barcellos.
6. Martim Corrêa Leite
7. Salvador Corrêa Leite
8. Francisco Corrêa Leite nasceu Nov 1897.
***
*José Floriano Garcia e Maria Francisca foram pais de:
1. Maria Josefa da Silva c/c Maximiano Rodrigues de Palma
2. Honorata Maria da Silva casada com Manoel Corrêa Leite.
3. Joaquim Floriano da Silva
4. Pedro Floriano da Silva casado com Bertolina Lopes Ferreira.
5. Francisco Floriano da Silva c/c Custódia Maria de Morais.
6. Ana Maria da Silva casada com Vital Ignácio Prestes
7. Salvador Floriano da Silva.
Tn8. Gabriel Rodrigues d’Almeida
Tn9. Estevão Rodrigues de Almeida
Tn10. Maria do Carmo de Almeida, casou aos 15 anos, a 3.12.1908 na Colônia de Guarani (5º distrito de São Luiz Gonzaga/RS) com Católico Corrêa Leite, 21 anos,  filho de Manoel Corrêa Leite e Honorata Maria da Silva falecida a 23.12.1897 Giruá/RS. Os avós maternos de Católico foram José Floriano Garcia, falecido a 10.1.1877, e Maria Francisca da Silva, ambos falecidos no distrito de Santa Tecla.
Tn11. Maria Francisca de Almeida
Bn5. Manoel Corrêa Leite c/c Honorata da Silva, filha de José Floriano da Silva e Balbina da Silva. Pais de:
Tn1. Francisco Corrêa Leite, n. 3.12.1897 em Santo Ângelo/RS.

Tn2. Católico Corrêa Leite casou aos 15 anos a 3.12.1908 com Maria do Carmo de Almeida, filha de Salvador Rodrigues/Cardoso de Almeida e Maria Corrêa Leite. Os avós paternos de Maria do Carmo foram José Cardoso de Almeida e Maria do Carmo Pereira. Seus avós maternos foram Salvador Corrêa Leite e Bernardina Joaquina Bittencourt.
Bn6. Francisca Corrêa Leite, casou a 16.12.1909 em Guarani das Missões (distrito de São Luiz Gonzaga/RS) com Nicolau José Venites, filho de Pedro José Venites e Maria Gregória de Jesus, moradores no 1º distrito de Santo Ângelo/RS. Francisca casou em 2º matrimônio com o viúvo Luiz Vieira Marques, filho de Manuel Vieira Tobias e Antônia Gomes de Loreto/Quevedo. 
#Nota:
Sobre Luiz Vieira Marques e Manuel Vieira Tobias ver neste blog a Família de Antônio Moreira Tobias e Maria Joaquina Vieira.
Sobre Antônia Gomes de Quevedo/Loreto ver neste blog a família de JANUÁRIO GOMES DE QUEVEDO e Francisca Lopes de Almeida.
 ***
Manoel Vieira Tobias e Antônia foram pais:
1. Generosa Vieira Bibiana c/c Manoel Ignácio de Araújo.
2. Maria Francisca Vieira c/c Manoel Cardoso.
3. Jacintha Felisberta Gomes c/c José Antunes de Almeida Sobrinho.
4. Luiz Vieira Marques Tobias c/c Belarmina da Luz/Pinto de Miranda e com Francisca Loreto/Corrêa Leite.
5. Antônio Manoel Pedroso
6. Joana Francisca Corrêa da Silva c/c Manoel João de Abreu.
7. Januário Gomes da Silva faleceu solteiro, deixando filhos com Ana Antunes Rodrigues.
8. Rita Mathilde Gomes teve filhos com Luiz Vieira Tobias.
9. Maria Martinha da Soledade c/c Roberto Gomes.
*** 
Francisca e maridos geraram a: 
Tn1. Celestina Venites Rodrigues casada com Cyrino Antunes/José Rodrigues, filho de Maria Antunes. Pais de:
Qn1. Ernestina Rodrigues, n. 16.5.1899, Santo Ângelo/RS.
Tn2. Leopoldo José Venites
Tn3. Celina Venites casada com Venâncio Corrêa Leite.
Tn4. Manuel Venites, n. 15.11.1890 em Santo Ângelo.
Tn5. Cipriano Nicolau Venites, n. 18.1.1892, bat. a 21.5.1892, com 4 meses de idade, em Santo Ângelo.
Tn6. Maria Venites, n. 6.5.1893, Santo Ângelo. Casou aos 16 anos, a 16.12.1909 em Guarani das Missões (5ª dist de São Luiz Gonzaga/RS) com Francisco Pinto de Miranda, filho de João Pinto de Miranda e Balbina Padilha do Santos falecida aos 75 anos, a f. 5.11.1935 em Giruá/RS. Os avós maternos de Francisco foram, Batista Padilha dos Santos e Rita Padilha dos Santos.
#Nota:
João Pinto de Miranda e Balbina foram pais de;
1. Eleutério Pinto de Miranda c/c Senhorinha Francisca de Almeida.
2. Francisco Pinto de Miranda e Maria Venites.
3. Vicente Pinto de Miranda c/c Maria Goulart da Silva.
4. Emília de Miranda  c/c João Vieira Marques.
5. João Pinto de Miranda Filho casou com Joaquina Pedrosa da Silva.
6. Justina Padilha de Miranda c/c Ireno Rodrigues de Almeida
7. Estevão Pinto de Miranda c/c Maria Margarida da Luz.
8. Maria Pinto de Miranda c/c Deocleciano Corrêa da Silva
9. Brandina Pinto de Miranda
10. Adelina Pinto de Miranda
11. Enedina Pinto de Miranda
12. Tereza Pinto de Miranda c/c Manoel da Luz.
***
Tn7. Isulina Marques (f.ª do 2º casamento de Francisca), n. 6.6.1898 em Santo Ângelo/RS.
N4. Inácio Pires de Arruda, faleceu em 1.8.1904 em São Luiz Gonzaga/RS, aos 80 anos, solteiro e sem descendentes.
N5. Generoso Pires de Arruda, casa-se com Francisca Pires de Arruda, moradores em São Vicente do Sul.
N6. Escolástica Pires de Arruda, casou-se em 28.3.1853, Cruz Alta com Felisbino Romualdo de Almeida, filho de Romualdo de Almeida e Brígida Maria. Pais de:
Bn1. João de Almeida, casou-se em 17.3.1892 Cruz Alta com Ana Schultz.
Bn2. Romualdo de Almeida Filho
Bn3. Valeriano casado com Claudina Rodrigues.
Bn4. Maria José de Almeida, casada com Turíbio Veríssimo da Fonseca, que nasceu a 27.4.1858 em Cruz Alta/RS (viúvo de Manuela Annes Dias, filha de Manuel Rodrigues Dias e Lúcia Lucas Annes), filho de Domingos Veríssimo da Fonseca [12] nascido em Minas Gerais e falecido em 11.1.1872, Cruz Alta e Mariana Lucas filha de José Manuel Lucas Annes e Ana Pereira.
N7. João Pires de Arruda, faleceu em 14.6.1912, aos 85 anos, no 4º distrito de Santo Ângelo/RS, casa a 05.02.1883, Santo Ângelo, com Geralda Nunes da Silva, filha de Fidêncio Antônio das Chagas, natural do RS, e de Joaquina Machado dos Santos, moradores no quarto distrito de Santo Ângelo. Pais de:
Bn1. Reparata Pires de Arruda, casa aos 28 anos, em 1900, Santa Tecla, com Veríssimo de Oliveira Bastos, 38 anos, filho de Frederico Francisco Bastos e Marcolina de Oliveira. Veríssimo fora casado, anteriormente, com Camilla Vieira Bastos, falecida em 23.4.1900, Cruz Alta (Villa Rica), filha de Porfirio Rodrigues da Motta e Antônia Vieira de Alvarenga. Pais de:
Tn1. João Mariano, nasceu a 02.10.1907 ou 1909, batizado em Santo Ângelo.
Bn2. Henriqueta Pires de Arruda, teve filhos com Francisco Corrêa de Vargas falecido em 12.11.1926, Santa Tecla (?), filho de Francisco Corrêa de Vargas e Felícia Joaquina de Bittencourt. Francisco Corrêa de Vargas fora casado com Maria Engrácia Rodrigues de Campos, sem descendência, acima citados. De Henriqueta e Francisco encontraram-se três filhos:
Tn1. Felícia Pires de Vargas, nasceu em 18.10.1899, casou aos 29 anos em 1927, Santa Tecla com Juvenal Machado de Brittes, 21 anos, nascido em 21.5.1906. Santa Tecla, filho de Raymundo Ildefonso Machado e Flora Marcellina de Brittes moradores 8º distrito de Santo Ângelo.
Tn2. Agostinho Pires de Vargas, nasceu em 25.5.1904, onde casou em 1929, com Conceição Félix da Silva, nascida em 28.11.1910, Santa Tecla, filha de Miguel Felix da Silva nascido em 14.4.1887 e Amantina Nunes da Silva, nascida em 25.5.1889, RS moradores no distrito de Santa Tecla.
Tn3. Francisco Pires de Vargas, casou em 1924, Santa Tecla, com Vicentina do Carmo Obregão, nascida em 16.9.1897, Santa Tecla, filha de Estevão do Carmo Obregão, falecido em Santa Tecla e Francisca Netto dos Santos, moradora Santa Tecla. Os avós paternos de Vicentina foram João do Carmo Obregão e Josefina Corrêa de Vargas e seus avós maternos foram José Vieira Netto e Francisca Maria dos Santos.
Bn3. Geraldina Pires de Arruda ou Geralda Pires de Arruda, faleceu aos 58 anos em 11.01.1932 em Entre-Ijuís, casada em 1890 em Santa Tecla com Joaquim Pinto da Silva, filho de João Pinto de Queiroz e Delfina Alves da Silva, moradores no Povo de São João. Pais de:
Tn1. Joaquim Pinto Filho, nasceu em 19.1.1908, Ijuí/RS, onde casa em 1934 com Donária Antunes da Silveira, nascida em 30. 4.1916, Santo Ângelo/RS, filha de José Soter da Silveira (nascido em 22.04.1880) e Zenóbia Antunes da Silveira (nascida a 08.06.1882, RS), neto paterno de Olivério Osório da Silveira e Francisca Nogueira da Silveira, neto materno de João Francisco Antunes (f.º de Feliciano Manuel Antunes e Ana Francisca da Silva) e Felisbina Corrêa de Camargo (falecida a 12.10.1895, Santo Ângelo/RS, filha de José da Silva Camargo e Evarista Maria da Silveira). 
#Nota:
João Francisco Antunes e Felisbina Corrêa de Camargo foram pais de:
1. Júlia Antunes de Oliveira casada com Quintino Francisco de Brum.
2. Bartolina Antunes de oliveira casada com  João Manoel de Lima.
3. Zenóbia Antunes de oliveira casada com José Soter da Silveira.
4. Pedro Antunes de Oliveira
5. Virgílio Antunes de Oliveira
6. João Antunes de Oliveira 
Bn4. Marcellina Pires de Arruda casada com Leopoldo Rohde.
Bn5. Felícia Pires de Arruda
Bn6. Martinha Pires de Arruda, casa aos 22 anos, em 1900, Santa Tecla, com seu cunhado (?) Joaquim Antunes Moreira, 40 anos, natural de Santa Tecla, filho de Luciano Antunes Moreira e Julia Maria da Silva, que fora casado com sua irmã Ana Maria da Silva (?). 
#Nota:
Luciano Antunes Moreira foi casado em 1ª núpcias e teve os filhos:
1. Maria Antunes Moreira c/c Delfino Antônio da Silva
2. Pedro Antunes Moreira
3  Isabel Antunes Moreira c/c Jesuíno Antônio da Silva ( moradores Uruguai)
4. Manoel Antunes Moreira
Filhos do 2º matrimônio de Luciano Antunes Moreira com Júlia Maria da Silva.
5. Joaquina c/c Caetano José de Vargas
6. Anna c/c Jacinto Heleodoro da Lima
7. Joana Maria Moreira
8. Joaquim Antunes Moreira c/c Maria da Silva Nunes e/ou com Ana Maria (ou Martinha) Pires de Arruda.
9. Margarida (Gêmea com Joaquim?)
10. Francisca
11. Geraldo 
***
Martinha e Joaquim foram pais de:
Tn1. Ana Maria Antunes Pires, casou aos 22 anos, em 8.5.1922, Santa Tecla com Argemiro José de Vargas 28 anos, nascido em Santa Tecla filho de Caetano José de Vargas e Joaquina Antunes Moreira, ambos falecidos Santa Tecla.
Bn7. Avelina Pires de Arruda, nascida em Santa Tecla, onde casou aos 18 anos, em 1898, com Bento Corrêa Fogaça, 22 anos.
Bn8. Thomé Pires de Arruda, faleceu solteiro aos 37 anos a 02.10.1917 em Santo Ângelo/RS.
Bn9. Assumpção Pires de Arruda, nascido em 15.8.1883, casado com Albertina Pires de Arruda nascida em 24.8.1896. Pais de:
Tn1. João Pires de Arruda, nascido em 4.5.1914 Ijuí, casado em 1950, Catuípe com Olivia Garcia da Rosa, nascida em 1º.2.1921, Cruz Alta, filha de Benedito Garcia da Rosa e Zulmira Maria da Rosa.
Bn10. André Pires de Arruda, nasceu em 30.11.1887, morador em Curitiba/PR. Casou aos 34 anos, em 1918, Santa Tecla com Jacintha Nunes de Siqueira, nascida a 15.07.1899, filha de Olivério Nunes de Siqueira e Maria Bibiana da Silva, moradores em Santa Tecla.
Bn11. Maria Joaquina, casou em 1911, 4º distrito de Santo Ângelo/RS (Santa Tecla) com João Baptista Barros, filho de João Aranha de Barros Pinto e Maria Clara Martins, moradores em Júlio de Castilhos.
Bn12. Antônia Pires de Arruda, casa aos 17 anos em 1906 com (José) Joaquim Cavalheiro do Amaral, filho do capitão Joaquim Cavalheiro do Amaral Fontoura, falecido em 14.11.1875 em Santiago/RS e Mantina Maria Antunes de Almeida. Os avós paternos de José Joaquim foram José Cavalheiro do Amaral Fontoura, bat.17.11.1799 em Lages/SC e já falecido em 1858, casado a 03.05.1831 em São Gabriel/RS, com Eufrásia Maria de Oliveira. Seus avós maternos foram Zeferino Antunes de Almeida e Escolástica Maria da Silva. [v. neste blog a família de Zeferino Antunes de Almeida].
#Nota:
José Cavalheiro do Amaral Fontoura e Eufrásia foram pais de:
1. Manoel Cavalheiro do Amaral c/c Francisca Carolina Teixeira.
2. Joaquim Cavalheiro do Amaral Fontoura c/c Mantina Maria Antunes de Almeida.
3. Maria das Mercês c/c João Xavier Pestana.
4. Guilherme Cavalheiro do Amaral Fontoura c/c Manoela Castilho do Amaral (dúvida neste casamento)
***
Antônia e José Joaquim foram pais de 11 filhos.
Tn1. Maria de Jesus Arruda de Almeida, nasceu em 25.4.1907, casada com Augusto Noremberg. Não tiveram filhos.
Tn2. Iraci Pires Cavalheiro, nasceu em 19.6.1909, casada com Aparício Trindade. Não tiveram filhos.
Tn3. João Batista Pires Cavalheiro, nasceu em 24.6.1910, casou com Nair Isolan. 3 filhos;
Qn1. Lúcia Isolan Cavalheiro, casada com Delamar Maya.
Qn2. Vera Isolan Cavalheiro, casada com Reinaldo Fernandes, pais de: Reinaldo e Rafael Cavalheiro Fernandes.
Qn3. Nair Isolan Cavalheiro
Tn4. Amantina Pires Cavalheiro, nasceu em 17.10.1911, casada com Quintilhano Ferreira.1 filho; Pais de:
Qn1. Ireny Cavalheiro Ferreira, faleceu solteira, mãe de duas filhas: Sandra Regina Ferreira e Liane Ferreira, quem nos forneceu esta informação.
Tn5. Iracema Pires Cavalheiro, nasceu em 17.11.1912, casada com Gemano Mousquer. Não tiveram filhos.
Tn6. Joaquim Pires Cavalheiro. Faleceu na infância.
Tn7. Maria Augusta Pires Cavalheiro, nasceu em 31.5.1915, casada com Arthur Lopes. 2 filhos:
Qn1. Maria Cavalheiro Lopes
Qn2. Jussara Cavalheiro Lopes, casou com Juares Muzik, residentes em Curitiba/PR.
Tn8. Manuel Pires Cavalheiro, nasceu em 2.9.1916, casado com Alexandrina Peixoto. 3 filhos:
Qn1. Oni Cavalheiro Peixoto
Qn2. Eloni Cavalheiro Peixoto
Qn3. Rosni Cavalheiro Peixoto
Qn4. Nírio Cavalheiro Peixoto
Tn9. Geralda Pires Cavalheiro, nasceu em 20.10.1917, casada com Teobaldo Gomes da Silva. 2 filhos:
Qn1. Nelly Gomes da Silva, casada com Olívio Oliveira.
Qn2. Orlando Gomes da Silva, casado com Zilda Carvalho.
Tn10. Antônia Pires Cavalheiro, nasceu em 31.10.1918, casada com Eracly Reis. 6 filhos:
Qn1. Flora Cavalheiro Reis casada com João.
Qn2. Dorvalina Cavalheiro Reis, casada com Cleto Asse.
Qn3. Odila Cavalheiro Reis casada com Jaime.
Qn4. Abílio Cavalheiro Reis faleceu solteiro.
Qn5. José Cavalheiro Reis casado com Cristina.
Qn6. Marcial Cavalheiro Reis
Tn11. Paulo Pires Cavalheiro, nasceu 16.9.1924, casado com Corina Campos. 3 filhos:
Qn1. Glacir Cavalheiro Campos casada com Lino Frike.
Qn2. Elizabeth Cavaleiro Campos
Qn3. Gladis Cavalheiro Campos
Qn4. Paulo Cavalheiro
Qn5. Pedro Cavalheiro
Qn6. José Cavalheiro
Qn7. Sandro Cavalheiro
Bn13. Victorina Pires de Arruda.
Bn14. Ana Maria Pires, casada com Joaquim Antunes Moreira, filho de Lúcio Antunes Moreira e Julia Maria da Silva. Pais de:
Tn1. Henriqueta Antunes Moreira, nasceu em 3.12.1892, Santa Tecla, onde casou em 1914 com Celencino Corrêa da Silva, nascido em 5.3.1892, Santa Tecla, filho de Fortunato Corrêa da Silva e Clarinda Ribeiro da Silva, moradores no distrito de Santa Tecla. AP: José Corrêa da Silva e Maria Ribeiro da Silva. AM: Salvador Pinheiro e Maria Ribeiro Machado.
Bn15. Francisco Pires de Arruda, casado em 1906 em Santiago do Boqueirão/RS com Conceição Dias Vieira ou Ana Vieira da Conceição, filha de Nicolau Dias Vieira e Jerônima Gonçalves. Pais de:
Tn1. Tibiriçá Vieira de Arruda, nasceu em 29.4.1907, Santiago do Boqueirão.
Tn2. Adão Vieira de Arruda, n. 18.2.1908 em Santiago/RS, onde casou em 1938 com Mayda Soares de Lima, filha de João Batista de Lima e Aurora Soares de Lima. Os avós paternos de Mayda foram Serafim Xavier de Lima e Hermenegilda Mariano de Lima. Seus avós maternos foram Fermino Soares e Florisbela Vicente Soares.
Bn16. Catarina da Silva Nunes/Nunes da Silva, casada com Leonardo José da Silva, falecido aos 56 anos, em 1.4.1916, Santo Ângelo/RS, onde se achava em tratamento, morador em Ijuí/RS, filho de Catholico José da Silva e Joaquina Maria da Silva, ambos naturais do Paraná. Catarina e Leonardo tiveram os 5 filhos abaixo.
#Nota:
Catholico José da Silva falecido em 8.9.1908 e Joaquina Maria, falecida aos 70 anos,em 8.8.1909 , ambos naturais do Paraná, tiveram os filhos:
1.Leonardo José da Silva casado com Catarina da Silva Nunes.
2. Brandina Maria da Silva casada com Martim Francisco Rosa
3.Victalina Maria da Silva casada com Manoel Antônio Luiz de Oliveira.
4.Margarida Maria da Silva
5.Procópio José da Silva
6.Simoa Maria da Silva
***
Catarina e Leonardo foram pais de:
Tn1. Amantina Nunes da Silva, casa em 1919, Santa Tecla, com Miguel Felix da Silva, filho de Cristóvão Félix da Silva e Felisberta Pereira de Lima.
Tn2. Geralda ou Geraldina Nunes da Silva, nasceu em 16.4.1891, São Miguel das Missões, casada com Lourenço ou Florêncio Biermann, 26 anos, moradores em Ijuí.
Tn3. Maria Vicentina da Silva, nasceu em 13.6.1892, Santa Tecla, onde casou em 1913, com Ramão Nunes da silva nascido em 20.10.1893, mesmo distrito, filho de Constantino Nunes da Silva e Apolinária Teixeira de Carvalho. AP: Generoso José da Silva e Maria Nunes da Silva. AM: Apolinário Teixeira de Carvalho e Maria Joaquina de Bittencourt.
Tn4. Vitalina Nunes de Oliveira, casada com Theodoro Luis de Oliveira 27 anos moradores em Ijuí. Pais de:
Qn1. Etelvina Luiz de Oliveira, casou em 1906, Santa Tecla com Hortencio de Moura Martins, filho de Emiliano Bartholomeu de Moura e Anna Martins.
Qn2. Chrispiniana Maria de Oliveira, casa em 1912, Santa Tecla com Henrique Luiz de Oliveira filho de Manoel Luiz de Oliveira e Anna Maria Prestes.
Tn5. Francisco José
N8. Benício Pires de Arruda, n. Cruz Alta/RS. Casou com Marcolina Alves de Freitas ou Marcolina do Espírito Santo, natural de Piratini ou Vacaria/RS, fal. aos 60 anos a 23.2.1903 em São Lourenço (São Luiz Gonzaga/RS), filho de Manuel Alves de Freitas e Ana Alves de Freitas. Pais de:
Bn1. Joaquim dos Santos Pires
Bn2. Nicolau Pires de Arruda, nascido a 23.12.1864 Santa Maria/RS, casou a 22.3.1892 em São Miguel das Missões com Andrelina/Audelina Teixeira de Carvalho, falecida a 13.10.1897, Rincão dos Pires, distrito de São Miguel das Missões, filha de Apolinário Teixeira de Carvalho  e Maria Joaquina de Bittencourt. Pais de: 
             Tn1. Marcolina Pires de Carvalho, nascida 25.10.1893, distrito de Santa Tecla, casou em 1911, com Izidro Lemes de Moura nascido a 9.10.1893, São Luiz Gonzaga/RS, filho de Francisca Lemes de Moura natural do RS. Os avós maternos de Izidoro foram João Ângelo de Moura e Mabilia Lemes de Moura.
Bn3. Marcolina Pires de Arruda, faleceu aos 63 anos, em 5.1.1933, 7º distrito de São Luiz Gonzaga/RS, casada em 1ª núpcias, aos 16 anos, a 4.5.1886 em São Luiz Gonzaga/RS, com Albino Gonçalves de Oliveira, 48 anos, viúvo, fal. aos 73 anos a 5.8.1907 em São Luiz Gonzaga/RS, filho de Felício Gonçalves de Oliveira e Ana Clara de Jesus. Marcolina casou em 2ª núpcias com Leopoldino Rodrigues Vieira, sem descendência deste casamento, apenas do primeiro, que segue:
Tn1. Aquino Gonçalves de Oliveira.
Bn4. Lúcio Pires de Arruda, n. 15.4.1872, em Santo Ângelo/RS.
Bn5. Isidro Pires de Arruda, nasceu em 02.01.1873, batizado em Santo Ângelo.
Bn6. Emília Pires de Arruda c/c Delfino Gonçalves de Oliveira.
Bn7. Josefina Pires de Arruda, casou aos 20 anos, a 30.1.1901 em São Luiz Gonzaga/RS com Agostinho Pereira Gomes, então com 20 anos, filho de Francisco Pereira Gomes e Teresa Gonçalves de Oliveira.
Bn8. Maria Pires de Arruda c/c Justino Gonçalves de Oliveira.
Bn9. Estevão Pires de Arruda, nasceu a 26.12.1878 em São Luiz Gonzaga, casou em 1902 com Victoriana Gonçalves de Oliveira Peixoto, filha de Manoel Gonçalves de Oliveira Peixoto e Alexandrina Maria (Barbosa?) moradores no Município de São Luiz Gonzaga/RS.
#Nota:
Manoel Gonçalves e Alexandrina falecida em 22.2.1918, São Luiz Gonzaga/RS, filha de Tibúrcio Manoel Barboza e Iria Maria Mendes, tiveram os filhos: Maria Gonçalves de Oliveira Peixoto casada com João Machado de Carvalho; Hemetério Gonçalves de Oliveira Peixoto casado com Cândida de Oliveira Moraes; Laurindo Gonçalves de Oliveira Peixoto casado com Amarilis Ferreira da Natividade Peixoto; Geraldino Gonçalves de Oliveira Peixoto casado com  Benvinda Vieira Marques de Oliveira, criador; Hypólito Gonçalves de Oliveira Peixoto casado com Silvinia Gonçalves Oliveira; Osório Gonçalves de Oliveira Peixoto casado com Othilia Vieira Marques criador; Victoriana Gonçalves de Oliveira Peixoto casada com Estevam Pires de Arruda.
***
Estevão e Victoriana foram pais de:
Tn.1 Dinarte Pires de Arruda
Tn2. Horizontina Pires de Arruda
Tn3. Dezembrina Pires de Arruda
Tn4. Horocides Pires de Arruda
Tn5. Leontina Pires de Arruda
Tn6. Irene Pires de Arruda
Tn7. Evandro Pires de Arruda
Tn8. Noé Pires de Arruda
Bn10. Faustino Pires de Arruda, que faleceu solteiro em 2.9.1905 em SLG?.
Bn11. João Pires de Arruda.
Bn12. Justino Pires de Arruda, n. 11.6.1890, São Luiz Gonzaga/RS.
N9. Maria Joaquina de Bittencourt, nasceu cerca de 1840 e faleceu em 4.7.1890 ou 1891, Santa Tecla (Rincão dos Pires), Santo Ângelo/RS, casou-se com Apolinário Teixeira de Carvalho[14] falecido em 27.10.1898, Santo Ângelo/RS, Santa Tecla (3º distrito de Santo Ângelo/RS), filho de Manuel Teixeira de Carvalho, falecido em Santa Tecla  e Maria Helena(?) de Jesus falecida “do outro lado do Rio Ibicuy”. 
Apolinário casa em segundo matrimônio em 1892 com Rosalina Antunes da Soledade, nascida a 4.6.1873, Santo Ângelo, filha de Manoel José Antunes e Manoela Nunes de Freitas com quem teve 3 filhos: Ângela, Manoella e Victorina. Em seu testamento, nomeia, também, como seus herdeiros os filhos “havidos fora do casamento”: Jerônima, Eulália e Fausta.
Pais de 8 filhos:
Bn1. Bernardina Teixeira Carvalho, nasceu em 21.6.1870, Santa Tecla e faleceu em 15.12.1908 aos 40 anos, em Corrientes, Rep. Argentina. Casou em 1891, Santa Tecla, com Firmino Soares de Siqueira, 23 anos, nascido no distrito de Tecla, filho de Cândido Soares de Siqueira e Maria Claudina Alves. Morador em Corrientes, Rep. Argentina. Pais de:
Tn1. Victorina Soares de Siqueira, casada com Dario Policarpo de Lima.
Bn2. Apolinária Teixeira de Carvalho, casou aos 19 anos, em 1891, Santa Tecla, com Constantino Nunes da Silva, nascido em 25.6.1870, Santo Ângelo, filho de Generoso José da Silva e Maria Nunes de Freitas, moradores em Santa Tecla. Pais de:
Tn1. Ramão Nunes da Silva, nasceu em 20.10.1893, Santa Tecla, onde casou em 1913 com Maria Vicentina da Silva, nascida em 13.6.1892, Santa Tecla, filha de Leonardo José da Silva e Catarina Nunes da Silva. AM: Izidro Pires de Freitas e Cândida Nunes de Siqueira. AP: Catholico José da Silva falecido em 8.9.1908, Santo Ângelo/RS e Joaquina Maria da Silva (filha de João Rodrigues da Silva falecido em 1.3.1878, Santo Ângelo/RS e Antônia Maria Teixeira), ambos nascido no Paraná e moradores em Santa Tecla.
Tn2. Virgilina Nunes da Silva, nasceu em 25.8.1896, casa em 1916, Santa Tecla com Francisco Luiz de Oliveira nascido em 18.5.1894, filho de Salvador Luiz de Oliveira e Generosa Alves Teixeira. AP: Lourenço Luís de Oliveira e Maria Joaquina da Silva, naturais do RS. AM: Policarpo Alves Teixeira natural do RS e Joaquina Francisca Alves, natural do RS, falecida aos 77 anos, em 17.7.1913 São Miguel das Missões, filha de Policarpo da Rosa e Teresa dos Santos.
Tn3. Constança Nunes da Silva, nasceu em 16.7.1899, Santa Tecla, onde casou em 1916 com João Rodrigues de Campos nascido em 21.5.1895, São Miguel, filho de Galdino Rodrigues de Campos e Manuela de oliveira Campos. AP: Inácio Rodrigues de Campos e Laurentina Nunes de Freitas naturais do RS. AM: Marcolino Rodrigues de Campos e Francisca de Oliveira Ribas, naturais do RS.
Tn4. Felícia Nunes da Silva, nasceu em 27.5.189, casou em 1916, Santa Tecla com Juvenal Felix da Silva, filha de Cristóvão Felix da Silva e Felisberta Pereira de Lima, moradores Santa Tecla.
Tn5. Romualdo Nunes da Silva nasceu em 17.3.1892, São Miguel das Missões, casa em 1924, Santa Tecla, com Bernardina Teixeira de Carvalho nascida em 10.9.1906, Santa Tecla, filha de Martins Teixeira de Carvalho e Inácia do Nascimento e Silva. AP: Apolinário Teixeira de Carvalho e Maria Pires de Arruda (Maria Joaquina de Bittencourt?). AM: Jesuíno do Nascimento  e Silva e Florentina Furtado Fanfa.
#Nota:
Apolinário e Maria falecida em 4.7.1890, Rincão dos Pires, distrito de Santa Tecla, tiveram os filhos:
Bernardina Silveria de Bittencourt casada com Firmino Soares de Siqueira
Apolinária Teixeira de Carvalho casada com Constantino Nunes da silva
Martins Teixeira de Carvalho casado com Inácia do Nascimento e Silva
Andrelina Teixeira de Carvalho casada com Nicolau Pires de Arruda
Antônia Teixeira de Carvalho
Felix Teixeira de Carvalho casado com Maria Inácia Rodrigues Marques
Joaquim Teixeira de Carvalho casado com Anacleta Maria de Oliveira e, após, com Silvana do Nascimento e Silva.
Bn3. Martim Teixeira de Carvalho, casa aos 30 anos em Santa Tecla, com Inácia do Nascimento e Silva 21 anos, falecida em Santa Tecla, filha de Jesuíno do Nascimento e Silva, falecido no distrito de São Miguel e Florentina Furtado Fanfa, moradora no distrito de Santa Tecla. Martim casa em 2ª núpcias, em 1928, Santa Tecla, com Elvira Rodrigues de Campos, nascida em 8.6.1889 em Santa Tecla, filha de Inácio Martins de Campos e Theodora da Silva. Martim e Inácia tiveram 3 filhos:
Tn1. Antônia Teixeira de Carvalho, nasceu 11.11.1903, Santo Ângelo/RS, casou em 1924, Santa Tecla com Pedro Rodrigues de Campos, filho de Inácio Rodrigues de Campos, falecido há 30 anos (isto em 1924) e Theodora Rodrigues da Silva, com 65 anos em 1924, moradora em Santa Tecla.
Tn2. .....
Tn3. Bernardina Teixeira de Carvalho, nasceu em 10.9.1906, Santa Tecla, onde casou em 1924 com Romualdo Nunes da Silva, filho de Constantino Nunes da Silva e Apolinária Teixeira de Carvalho.
Bn3. Bernardina Teixeira Carvalho, nasceu em 21.6.1870, Santa Tecla e faleceu em 15.12.1908 aos 40 anos, em Corrientes, Argentina. Casou em 1891, Santa Tecla, com Firmino Soares de Siqueira, 23 anos, nascido no distrito de Tecla, filho de Cândido Soares de Siqueira e Maria Claudina Alves. Morador em Corrientes, Rep. Argentina. Pais de:
Tn1. Victorina Soares de Siqueira, casada com Dario Polycarpo de Lima.
Bn4. Andrelina Teixeira de Carvalho, faleceu em 13.10.1897 no Rincão dos Pires, 4º distrito de Santo Ângelo/RS, casada com seu primo Nicolau Pires de Arruda, nascido em 23.12.1864, Santa Maria, filho de Benício Pires de Bittencourt e Marcolina Alves do Espirito Santo, naturais de Piratini/RS e moradores no município de Cruz Alta/RS. Pais de:
Tn1. Marcolina Pires de Carvalho, nasceu em 25.10. 1893, Santa Tecla, casou em 1911, São Miguel com Izidro Lemes de Moura, nascido em 9.10.1893, São Luiz Gonzaga/RS, filho de Francisca Lemes de Moura natural do RS, filha de João Ângelo de Moura e Mabilia Lemes de Moura.
Bn5. Antônia Teixeira de Carvalho
Bn6. Félix Teixeira de Carvalho, faleceu em 15.06.1927, Santa Tecla, onde se casou aos 22 anos, em 1902, com (Eva) Maria Inácia Rodrigues Marques, 19 anos, nascida a 15/08/1885, RS, filha de Mariana Rodrigues Marques, moradora em Santa Tecla. Pais de:
Tn1. Apolinário Carvalho Marques, nasceu em 11.8.1903, SM, onde casou em 1930, com Leontina Francisca de Mendonça, nascida em 15.7.1910 no RS e moradora São Miguel, filha de Terêncio José de Mendonça e Angelina Francisca de Mendonça, ambos do RS e moradores no distrito de São Miguel.
Tn2. Helena Carvalho Marques, nasceu em 7.5.1911, Santa Tecla, casou em 1930, São Miguel com Pedro Antunes Moreira, nascido em 6.8.1904 no 4º distrito de Santo Ângelo, filho de Faustimiano Antunes Moreira (nat. do RS e fal. no distrito de Santa Tecla) e Inês Maria da Conceição (n. 15.11.1882, RS), n.p. de Pedro Antunes Moreira e Leonarda Domingues de Carvalho, nm. Francisco Quadros da Luz e Feliciana Maria da Conceição.
#Nota:
Pedro Antunes e Leonarda foram pais de:
1. João Antunes Moreira c/c Vicentina do Nascimento e Silva.
2. Nazário Antunes Moreira casado com Porfiria Honoria Ferreira.
3. Faustimiano Antunes Moreira casado com Ignez Maria da Conceição.
Tn3. Andrelina Teixeira de Carvalho, nasceu em 12.11.1912, no 4º Distrito de Santo Ângelo. Casou em 1931, São Miguel, com Norberto Ribeiro do Nascimento nascido em 6.5.1906, Santa Tecla, filho de Miguel Ribeiro do Nascimento, falecido a 13/12/1927 em Santa Tecla e Ambrozina Souto Maior, falecida a 25/11/1922, Santa Tecla, ambos nascidos no RS. AP: Maria Ribeiro da Silva natural do RS. AM: Agostinho Souto Maior e Bellizia/Beliza de Miranda Osório, ambos naturais do RS.
Tn4. Pompilio Rodrigues Marques, casa em 1928, Santa Tecla, com Maria nascida em 3.6.1912, filha de Martins Teixeira de Carvalho e Elvira Rodrigues de Campos. Avós paternos de Maria foram Apolinário Teixeira de Carvalho e Maria Pires de Carvalho (Maria Joaquina de Bittencourt?), ambos falecidos em Santa Tecla e seus avós maternos foram Inácio Martins de Campos e ... da Silva.
Bn7. Joaquim Teixeira de Carvalho, casou aos 22 anos, em 1901, Santa Tecla, com Anacleta Maria de Oliveira, 21 anos, natural e moradora em Santa Tecla, filha de Lino Luiz de Oliveira e Vitorina Maria Prestes. Os avós maternos de Anacleta foram Manuel Ignácio Prestes e Maria Fernandes de Moraes. Casa em 2ª núpcias (?) em 1904, com Silvanda do Nascimento e Silva 16 anos, filha de Jesuíno do Nascimento e Silva falecido em São Miguel e Florentina Furtado Fanfa, moradores em Santa Tecla.
N10. Joaquim Pires de Arruda, faleceu em 11.1.1925 casado em 1ª núpcias em 14.06.1866, Santo Ângelo/RS, com Thomazia Obregão, nascida no RS, filha de Antônio Obregão e Cristina Fernandes Alegre, com quem teve 2 filhas e depois casou, a 16.1.1870 em Santo Ângelo/RS, com Maria Salomé (irmã de sua 1ª esposa), nascida na República Oriental, falecida em 9.8.1909 aos 65 anos, com quem teve 5 filhos, cujos nomes seguem abaixo.
#Nota:
Antônio Obregão, natural do Uruguai, e Cristina foram pais:
1. Tomázia Obregão c/c Joaquim Pires de Arruda
2. Maria Salomé Obregão c/c o viúvo Joaquim Pires de Arruda
3. João Obregão c/c 16.1.1870 Santo Ângelo/RS, com Josefa, filha de Francisco Corrêa Braga (?) Vargas ? e Feliciana Joaquina.
4. Cipriana Obregão, n. 3.4.1854 em São João Mirim, Santo Ângelo/RS.
5. Manuel Obregão, n. 6.7.1855, bat. 10.2.1858, Cruz Alta/RS.
***
Joaquim e Maria foram pais de:
Bn1. Procópia Pires de Arruda, casada a 6.2.1890 em São Miguel das Missões com Zeferino Pires de Freitas, filho de Benício Pires de Freitas e Cecília Cardoso de Almeida, acima citados.
Bn2. Joana Pires de Arruda, nasceu e casou a 6.5.1892 em São Miguel das Missões com Manuel Pereira da Silva, ali nascido, filho de Inácio Pereira da Silva e Francelina Maria dos Anjos. Pais de:
Tn1. Siríaco Pereira da Silva, n. 16.3.1893, S. Miguel das Missões.
Tn2. Fracilia Pereira da Silva, n. 11.3.1896, S. Miguel das Missões.
Tn3. Sebastião Pereira da Silva, n. dezembro de 1897, S. Miguel das Missões.
Tn4. Tarquínio Pereira da Silva, n. 19.4.1899, São Miguel das Missões.
Bn3. Eduvirges Pires de Arruda, nasceu a 06.4.1870, batizada em Santo Ângelo, moradora no distrito de São Miguel/RS - no registro de nascimento de sua filha Maria Pires de Jesus, são citados seus avós paternos: Geraldo Pires de Arruda e Gertrudes Silveira de Arruda. Pais de:
Tn1. Marfisa Pires de Arruda, nasceu em 22.10.1903, casa aos 22 anos, em 1925, Santa Tecla com José Eloy Machado Filho, 22 anos, nascido em 8.10.1903, no mesmo distrito, filho natural de Jose Eloy Machado natural da República do Paraguai, nascido em 29.6.1851 e Carolina Antunes Moreira natural do RS e falecida 9.11.1903, em Santa Tecla.
Tn2. Maria Pires de Jesus, nasceu em 18.9.1903 São Miguel, onde casou aos 18 anos, em 1921 com Hermenegildo Netto dos santos morador no 7º distrito de São Luiz Gonzaga (São Lourenço, no lugar denominada Rincão dos Netto), 27 anos, nascido em 4.4.1894 em São Luiz Gonzaga, filho de Manoel Netto dos Santos falecido há 23 anos e Francisca Silveira Torres, falecida há 2 anos. AP: José Vieira Netto e Maria Francisca dos santos. AM: Firmino da Silveira Torres e Claudina Maria do Rosário.
#Nota:
Firmino e Claudina tiveram os filhos:
Domingos da Silveira Torres
Maria da Silveira Torres c/c Marcolino Neto dos  Santos
Gertrudes da Silveira Torres c/c Firmino Neto dos Santos
Francisca da Silveira Torres c/c Manoel Neto dos Santos
Paulina da Silveira Torres c/c José Neto dos santos
João da Silveira Torres
Clara da Silveira Torres c/c Emiliano Neto dos Santos
Manoela da Silveira Torres Wenceslau Cavalheiro do Amaral
Bn4. Eugênio Pires de Arruda, casou aos 20 anos, em 1900, Santa Tecla com Laurentina Corrêa Leite, nascida em 6.5.1884, Santo Ângelo/RS, filha de Bento Corrêa Leite e Maria Pires de Freitas.
Bn5. Nicolau Pires de Arruda, casou aos 20 anos, em 1895, Santa Tecla, com Maria Nunes Corrêa, nascida em 25.10.1878, Santo Ângelo/RS, filha de Bento Corrêa Leite e Maria do Carmo/Pires de Arruda.
Bn6. Salvador Pires de Arruda, nasceu em 9.5.1874, batizado em Santo Ângelo/RS. Casou com Leonídia Neta da Silva, filha de Manuel Neto dos Santos e Francisca da Silveira Soares. Pais de:
           Tn1. Maria José de Arruda, n. 12.10.1900, São Luiz Gonzaga/RS.
Bn7. Damásia Pires de Arruda, casada a 26.9.1889 em São Miguel das Missões com Antônio Rodrigues de Campos, filho de Ignácio Rodrigues de Campos e Laurentina Nunes de Freitas. Pais de:
Tn1. Procópio Rodrigues de Campos, nasceu em 25.7.1891, São Miguel das Missões.
Tn2. Geralda Rodrigues de Campos, casa em São Miguel das Missões com Francisco Furtado Fanfa, filho de Jesuíno do Nascimento e Silva e Florentina Furtado Fanfa.
Tn3. Ângelo Rodrigues de Campos, n. 20.9.1900 em São Miguel das Missões.
F3. Maria Pires/Bueno de Arruda, bat. 6.8.1791, São Roque/SP.
F4. Jorge Pires/Bueno de Arruda, bat. 10.12.1792, São Roque/SP.
F5. Maria Bueno de Arruda, n. 1796, São Roque/SP.
F6. Gertrudes Pires/Bueno de Arruda, bat. 5.7.1797, São Roque/SP.
F7. Inácio Bueno de Arruda, n. 1800, São Roque/SP.
F8. Francisco Pires de Arruda, n. 1802, São Roque/SP.
F9. Messias Bueno de Arruda, n. 1804, São Roque/SP.
F10. Luiza Pires/Bueno de Arruda, n. 1806, São Roque/SP.
F11. Antônia Pires/Bueno de Arruda, n. 1811, São Roque/SP.
***
Filhas do 1º casamento de Reparata Joaquina de Bittencourt com Francisco de Paula Pinto, nascido na vila de São João de El-Rei, bispado de Mariana, MG, filho de André Lopes de Farias (nat. de São João de El-Rei) e de Maria Joaquina da Conceição (natural de Paranaguá/PR). Conforme mencionada na nota n.º 1, Francisco de Paula Pinto deixou a sua primeira esposa em Minas Gerais, casando-se novamente no Rio Grande do Sul com Reparata. Depois de descoberto o fato, foi determinada sua prisão pelo crime de bigamia, anulando-se o casamento com Reparata. O casal deixou os filhos seguintes:
F1. Balduína (também aparece como Ubaldina) Joaquina de Bittencourt, natural de Rio Pardo e falecida em 6.8.1874, Santo Ângelo/RS, casada com Martinho Rodrigues de Campos (ou Martins Rodrigues de Campos), natural de Vacaria/RS e falecido em 12.1.1876, Santo Ângelo/RS. Pais de:
N1. Urbano Rodrigues de Campos
N2. Inácio Rodrigues de Campos, n. Vacaria/RS (viúvo de Theodora, filha de João Rodrigues da Silva, falecido a 1º.3.1878 e Antônia Maria Teixeira?) casou a 3.10.1859 em Cruz Alta/RS com sua prima Laurentina Nunes de Freitas, viúva de seu tio de Constantino Pires de Arruda (N1 acima), filha de Manuel Vieira Neto e Maria Nunes. Laurentina falece em 8.9.1876, Santo Ângelo/RS. Pais de:
Bn1. Maria Nunes de Freitas casada com Generoso José da Silva.
Bn2. Benício Pires de Arruda
Bn3. Maria do Carmo
Bn4. Galdino Rodrigues de Campos, falecido em torno de 1921, Santo Ângelo/RS, onde casou com Manuela de Oliveira, 57 anos em 1921, filha de Marcolino Rodrigues e Francisca de Oliveira Ribeiro (?). Pais de:
Tn1.  Benício Rodrigues de Campos, n. 4.4.1885, bat. 29.8.1885 em São Miguel das Missões.
Tn2. Laurentina Rodrigues de Campos, n. 4.5.4887, bat. 17.3.1888, em São Miguel das Missões.
Tn3. Miguel Augusto Rodrigues, n. 15.4.1892, São Miguel das Missões, onde casou em 1917 com Henriqueta Maria Vieira n. 21.11.1897, mesmo distrito, filha de Pedro Vieira Tobias e Ana Vieira Neta.
Tn4. João Rodrigues de Campos, nasceu em 21.5.1895, São Miguel, casou em 1916, Santa Tecla com Constança Nunes da Silva, nascida em 16.7.1899, distrito de Santa Tecla, filha de Constantino Nunes da Silva e Apolinária Teixeira de Carvalho. AP: Generoso José da Silva e Maria Nunes de Freitas naturais do RS. AM: Apolinário e Maria Joaquina de Bittencourt/Pires de Arruda.
Tn5. Maria Conceição de Campos, nascida 4.3.1907, casa em 1925 com Irineu Domingues Boeno/Bueno, nascido 24.2.1902 no 3º distrito de Santo Ângelo/RS, filho de Narciso Domingues Boeno, com 48 anos em 1925 e Ana Maria da Conceição com 49 anos em 1925, avos pat Antônio Domingues Boeno e Antônia Rosa Zeferina, avos maternos: Joaquim Galvão de Camargo e Izabel Maria da Conceição.
Tn6. Inácio Rodrigues de Campos, casado com Theodora Rodrigues da Silva, filha de João Rodrigues da Silva falecido em 1.3.1878 e Antônia Maria Teixeira. Pais de:
Qn1. Martim Rodrigues de Campos, natural de Santa Tecla, onde casou aos 19 anos em 1901,com com Maria da Soledade e Silva nascida no mesmo distrito de Santa Tecla, filha natural de Manoel Ribeiro da Silva e Gertrudes Maria de Athaydes.
Qn2. Pedro Rodrigues de Campos, casou em 1924, Santa Tecla, com Antônia Teixeira de carvalho nascida a 11.11.1903, Santo Ângelo, filha de Martins Teixeira de Carvalho e Inácia do nascimento Carvalho. AP: Apolinário Teixeira de Carvalho e Maria Pires de Arruda (Maria Joaquina de Bittencourt ?) naturais deste estado. AM: Jesuíno do Nascimento e Silva e Florentina Furtado Fanfa naturais do RS.
Apolinário e Maria falecida em 4.7.1890, Rincão dos Pires, distrito de Santa Tecla, tiveram os filhos: Bernardina Silveria de Bittencourt, Apolinária Teixeira de Carvalho, Martins Teixeira de Carvalho, Andrelina Teixeira de Carvalho, Antônia Teixeira de Carvalho, Félix Teixeira de Carvalho e Joaquim Teixeira de Carvalho.
Bn2. José Rodrigues de Campos, n. 11.4.1864, bat. 26.5.1865, Santo Ângelo/RS.
Bn3. Antônio Rodrigues de Campos, casa com sua prima Damásia Pires de Arruda, filha de Joaquim Pires de Arruda que nasceu em 1841(?) e faleceu em 11.1.1925, casou em 2ª núpcias com Maria Salomé  Obregão (irmã de sua 1ª esposa Thomasia Obregão), nascida na República Oriental, falecida em 9.8.1909 aos 65 anos. Vide a descendência acima.
Bn4. Guilhermina Rodrigues de Campos/Nunes de Freitas, natural de Santo Ângelo/RS, casou aos 18 anos, a 22.12.1885 São Borja/RS, com o tio paterno Cirilo Rodrigues de Bittencourt, natural de Santo Ângelo/RS, 26 anos, filho de Martins Rodrigues de Campos e Ubaldina (Balduina) Joaquina de Bittencourt.
Bn5. Francisco Rodrigues de Campos, nasceu em 04.10.1872, batizado em Santo Ângelo.
N3. Manuel Rodrigues de Campos  casado com Josefa Maria Antônia, filha de Manuel Vieira Neto e Maria (ou Núncia) Nunes de Freitas. Pais de:
Bn1. Francisca Maria Rodrigues, n. Santo Ângelo/RS, onde casou aos 14 anos, em 1875, com Felício Ilário (?) Sebastião, natural de Santo Ângelo/RS, 18 anos, filho de Maria Agostinha.
Bn2.  Maria Engrácia Rodrigues de Campos, n. 17.4.1865, bat. 26.5, Santo Ângelo. Casou com Francisco Corrêa de Vargas, nascido em 1853, São Luiz Gonzaga/RS, filho de Francisco Corrêa de Vargas e Felícia Joaquina de Bittencourt
Bn3. Jacinto Nunes de Freitas faleceu a 17.2. 1888, 4º distrito de Santo Ângelo/RS, casou com Jesuína Maria Antônia, filha de Bento Manoel Pedroso e Cristina. Foram pais:
Tn1. Marciliana Nunes de Freitas c/c João Manoel Prestes.
Tn2. Belmira Nunes de Freitas c/c Aníbal Ferreira Escobar.
Tn3. Laurentina Nunes de Freitas
Tn4. Rosa Nunes de Freitas, n. 30.8.1859, bat. 21.9, Cruz Alta/RS, c/c Firmino Nunes de Freitas.
Tn5. Ângelo Nunes de Freitas c/c Inês Francisca de Souza.
Tn6. Clemência Nunes de Freitas c/c Simpliciano Sarate Dias.
Tn7. Francisco Vieira Neto c/c Alexandrina da Silva Jardim.
Tn8. João Nunes de Freitas ou Vieira Neto c/c Maria Xavier dos Santos.
Tn9. Luiz (Osório) Nunes de Freitas c/c Maria Joaquina Rodrigues (?) de Oliveira.
Tn10. Maria Nunes de Freitas c/c Valentim Ferreira de Escobar. Maria casou em 1º ou 2º matrimônio com Cipriano Sarate Dias.
Tn11. José Nunes de Freitas c/c Josefina Fernandes de Moraes.
Tn12. Marcos Nunes de Freitas c/c Rosa de Paula Chagas.
Tn13. Inez Nunes de Freitas c/c Napoleão Nunes de Freitas e depois com Claudio José de Espíndola.
Tn14. Irineu Nunes de Freitas c/c Constança Maria do Amaral Machado.
Tn15. Garibalde Nunes de Freitas c/c Luiza Nunes de Freitas/Chagas.
Tn16. Geralda Nunes de Freitas c/c Henrique Cardoso da Rosa.
N4. Maria Balduína de Bitencourt, casada com Joaquim Elias de Souza, moradores em Vacaria.
N5. Gertrudes Marcelina Rodrigues de Bittencourt, nasceu em Cruz Alta, casando-se a  16.05.1862 em São Francisco de Assis com Firmino Furtado Fanfa, n. São Borja/RS e falecido a 20.8.1895 em Santiago/RS, com inventário autuado em Santo Ângelo (APERS), fº de Francisco Furtado Fanfa e de Maria Joaquina da Conceição (fal. 29.04.1848, São Borja/RS).
#Nota:
Francisco Furtado Fanfa e Maria Joaquina foram pais de:
1. Francisco Furtado/Paz Fanfa Filho casado com  Florisbela Maria de Jesus 
2. Prudêncio Paz de Almeida
3. Firmino Furtado Fanfa casado com Gertrudes Rodrigues de Bittencourt/Campos.
***
Gertrudes e Firmino Furtado Fanfa foram pais de:
Bn1. Florentina Furtado Fanfa teve filhos naturais (?) com Jesuíno do Nascimento e Silva, filho de Generoso Nunes da Silva e Maria Nunes da Silva.
Bn2. Maurícia Furtado Fanfa casou com Vasco Corrêa dos Santos
Bn3. Francisca Furtado Fanfa
Bn4. Antônio Furtado Fanfa/ Rodrigues de Campos casou com Cândida Antunes de Souza, filha de Venâncio Antunes de Souza e Justina Maria Vieira/da Conceição.
Bn5. Inácia Furtado Fanfa casada com Martim Teixeira de Carvalho.
Bn6. José Furtado Fanfa com Maria do Carmo Verão
Bn7. Carmelina Furtado Fanfa casou com o viúvo Antônio Alves de Mendonça, filho de Jose Alves de Oliveira e Feliciana Alves de Mendonça.
Bn8. Manoel Furtado Fanfa Sobrinho casou com Maria Francisca Corrêa, filha de Luís Franco de Almeida e Joana Corrêa de Vargas.
Bn9. Júlio Furtado Fanfa
Bn10. Josefina/Josefa Marceliana de Bittencourt casou com seu primo Florentino José Machado, filho de Vitorino José Machado e Generosa Florisbela de Jesus.
Bn11. Manoel de Oliveira Furtado casou com sua sobrinha Honória Corrêa dos Santos, filha de Vasco Corrêa dos Santos e Maurícia Furtado Fanfa.
Bn12. Ponciano Furtado Fanfa
Bn13. Firmina
N6. José Rodrigues de Campos
N7. Avelina de Bitencourt, casada com João Marino Gonçalves Barbosa, pais de:
Bn1. Hercília, n. 17.9.1891, São Miguel das Missões.
N8. Olavo Rodrigues de Campos morador em São Borja/RS.
N9. Ciríaco Rodrigues de Bittencourt (também aparece como Cirilo Rodrigues de Bittencourt - seria o mesmo Cipriano n. 7.4.1858, bat. 27.9.1859, Cruz Alta/RS?). Casou aos 26 anos, a 22.12.1885 São Borja/RS, com a sobrinha Guilhermina Nunes de Freitas, 18 anos, natural de Santo Ângelo/RS, filha de Inácio Rodrigues de Campos e  Laurentina Nunes de Freitas.
N10. Emílio Rodrigues de Campos, casado com Emiliana Maria Rodrigues, pais de:
Bn1. Luísa Rodrigues de Campos, n. 21.6.1900, São Miguel das Missões.
F2. Guilhermina Joaquina de Bittencourt, n. 12.01.1821, bat. 15.02.1821, Encruzilhada do Sul/RS e falecida em 6.7.1892, Santa Tecla/RS. Casada com José Franco de Almeida que faleceu em 5.7.1876 Santa Tecla/RS. Pais de:
N1. Quintiliano Franco de Almeida, faleceu em 27.2.1895, Santo Ângelo/RS, casado com Maria Francisca Alves.
N2. Luís Franco de Almeida, faleceu em 12.12.1903, Santa Tecla (3º distrito de Santo Ângelo/RS) aos 60 anos, onde casou aos 33 anos em 10.04.1877 com sua prima Joana Corrêa de Vargas, 17 anos, filha de Francisco Corrêa de Vargas, falecido em Santa Tecla e de sua tia materna Felícia Joaquina de Bittencourt, falecida no mesmo distrito. 
#Nota:
Francisco Corrêa de Vargas e Felícia foram pais:
1. Joana Corrêa de Vargas c/c Luís Franco de Almeida.
2. Francisco Corrêa de Vargas c/c Henriqueta Pires de Arruda.
3. Augusto Corrêa de Vargas c/c Maria Antônia Rodrigues.
4. Maria Corrêa de Vargas c/c Pedro Netto dos Santos.
5. Inocência n. 29.7.1858, bat 6.7.1859, Inhacorá/Santo Ângelo.
***
Tiveram os filhos:
Bn1. Vicentina Franco de Almeida, nasceu em 24/8/1889, São Miguel/RS, casou-se em 1908 com Virgílio Antunes de Almeida 18 anos, filho de Antônio Antunes de Almeida, morador no 4º distrito de Santo Ângelo/RS e Ana Nunes de Quevedo, falecida no mesmo 4º distrito.
Bn2. Joana Franco de Almeida, casa aos 21 anos, em 1910, Santa Tecla, com José Nunes de Siqueira, 21 anos, filho de Olivério Nunes de Siqueira e Maria Bibiana da Silva, ambos moradores no 4º distrito de Santo Ângelo/RS.
Bn3. Maria Francisca Corrêa, casou aos 19 anos, em 1905, Santa Tecla com Manuel Furtado Fanfa, filho de Fermino Furtado Fanfa,  falecido a 20.8.1895 em Santiago do Boqueirão e Gertrudes Marcellina de Bittencourt.
Bn4. Guilhermina Franco de Almeida, nasceu em 4.4.1895 ou 1899, São Miguel (3º distrito de Santo Ângelo/RS), casou em 1921, Santa Tecla com Sebastião Persigo Filho, natural da República Argentina, filho de Eduardo Persigo e Synara Delvage, natural de Itagay.
Bn5. João Osório Almeida, casa em 1920, Santa Tecla, com Ana Maria Pires de Freitas nascida em 16.8.1899, Santa Tecla, filha de Izidro Pires de Freitas e Cândida Nunes de Siqueira. Seus avós paternos foram Benício Pires de Freitas e Cecília Cardoso de Almeida, ambos naturais do RS e moradores Santa Tecla. Seus avós maternos foram Oliveiro Nunes de Siqueira e Maria Bibiana da Silva, ambos naturais do RS.
Bn6. Felícia Franco de Almeida, nasceu em 24.12.1894, Santa Tecla, onde casou em 1912 com Lindolfo Alves Teixeira, filho de Boaventura Alves Teixeira e Maria Francisca de Almeida.
Bn7. Josephina Franco de Almeida, nasceu em 15.4.1897, Santa Tecla, onde casou em 1914, com Augusto Cardoso de Vargas, nascido em 13.5.1892, Santa Tecla, filho de Manuel Cardoso de Almeida e Francisca Corrêa de Vargas, moradores Santa Tecla. Os avós paternos de Augusto foram José Cardoso de Almeida e Maria do Carmo Pereira naturais do Paraná. Seus avós maternos foram Augusto Corrêa de Vargas e Maria Antônia Rodrigues naturais do RS e moradores no distrito de Santa Tecla.
N3. Angélica Maria Joaquina de Almeida/Bittencourt, casou-se com João Luiz de Oliveira, nascido no Paraná, filho de Lourenço Luiz de Oliveira e Cecília Maria Pereira (Lourenço casou em 2º matrimônio com Maria Jesuína/Joaquina da Silva).
#Notas:
Lourenço Luiz de Oliveira faleceu em 10.10.1873, Santo Ângelo/RS,teve os filhos:
Filhos do 1º matrimônio com Maria Cecilia Pereira:
1. Braz Luiz de Oliveira casado com Maria Angélica Soares natural do Paraná.
2. Benedicta Maria de Oliveira c/c Domingos Gomes de Quevedo.
3. Francisco Luiz de Oliveira
4. João Luiz de Oliveira casado com Angélica Maria Joaquina de Almeida.
5. Francisca Maria de Oliveira casada com Leopoldino Alves Teixeira
6. Rosa Maria de Oliveira casada com Calisto Nunes de Freitas.
7. Maria do Carmo de Oliveira casada com José Rodrigues de Almeida.
Filhos do 2º matrimônio com Maria Jesuína da Silva/da Soledade:
8. Balbina Maria de Oliveira casada com Manoel Garcia dos Reis.
9. Delfina cc Manoel Matheus de Quadros.
10. Leonarda casada com Felisbino Luis de Oliveira.
11 .Marcolina casada com Vicente José da Silva.
12. Lino luiz de Oliveira casado com Victorina Maria Prestes e, após, com Arminda Ferreira de Escobar.
13. Manoel Luiz de Oliveira casado com Ana Maria Fernandes  Prestes.
14. José Luiz de Oliveira
15. Salvador Luiz de Oliveira casado com Generosa Alves Teixeira.
16. Manoel Antonio de Oliveira casado com Victalina Maria da Silva (ver Fam.Januário Gomes de Quevedo e Francisca Lopes de Almeida).
***
 Angélica e João Luiz foram pais de:
Bn1. Manuel Francisco de Oliveira, casou em 1905, Santa Tecla, com Jacintha Luiza de Oliveira, 20 anos, filha de Bernardo Luiz de Oliveira natural do Paraná e morador no distrito de São Miguel e Sérgia de Oliveira, falecida neste mesmo distrito. Manuel e Jacintha tiveram uma filha. Manuel casa em 1910, Santa Tecla, 2ª núpcias, com Amância Gomes dos Santos, filha de Pedro Gomes dos Santos e Maria Joana dos Santos, moradores Santa Tecla.
Tn1. Maria Angélica de Oliveira
Bn2. Maria Joaquina de Oliveira, casa em 1892, Santa Tecla com Luiz Ozorio Nunes de Freitas, natural de Santa Tecla, filho de Jacintho Nunes de Freitas, falecido em Santa Tecla e Jesuína Maria Antônia.
Bn3. Maria Luiza de Oliveira, nasceu em 29.12.1878, Santa Tecla, onde casou em 1895 com João Teixeira dos Santos 26 anos, nascido em São Luiz Gonzaga, filho de Delfino Lino dos Santos e Cândida Silveira de Menezes.
Bn4. Damásio Franco de Oliveira, casou em 1904, Santa Tecla com Antônia Alves Teixeira nascida em 24.12.1866, Santo Ângelo, filha de Leopoldino Alves Teixeira e Francisca Maria de Oliveira. AP: Manuel Alves Teixeira e Catharina. AM: Lourenço Luiz de Oliveira e Cecília Maria.
Bn5. Lourenço Luiz de Oliveira, casou aos 28 anos, em 1892, Santa Tecla, com Maria Francisca de Oliveira 17 anos, filha de José Rodrigues de Oliveira e Leandra Maria de Oliveira.
Bn6. Guilhermina Maria de Oliveira, nasceu a 13.2.1871, batizada em Santo Ângelo, casou aos 20 anos, em 1892, com Manuel Joaquim de Almeida 28 anos natural e morador em Santa Tecla, filho de José Cardoso de Almeida e Maria do Carmo Pereira.
Bn7. Victoriana Maria de Oliveira, casou aos 21 anos, em 20.7.1875, Santo Ângelo/RS, com Policarpo Marcellino da Rosa, 23 anos, nascido em 10/10/1862, filho de Manuel Marcelino da Rosa e Josefa Gomes de Quevedo. Manuel Marcellino fora casado, anteriormente, com Fabiana de Tal, com quem teve os filhos: Felícia ou Felicidade, Francisca casada com Ignácio Lemos, Ana casada com Bonifácio José Dias e Augusto João. Pais de:
Tn1. Josepha Marcellino da Rosa, casa em 1913 com Luiz Estevam Beichaire, filho de Victor Estevam Beichaire e Clarinda Jacinta da Silva.
Tn2. Laurinda Marcellina da Rosa, casa aos 25 anos, em 1914, Santa Tecla, com Avelino José dos Santos, 24 anos, filho de Zeferino José dos Santos e Manuela Maria dos Santos.
Tn3. Pacífico Marcellino da Rosa, casa aos 30 anos, em 1913, Santa Tecla, com Maria Cardoso de Almeida 28 anos, filha de Salvador Cardoso de Almeida e Joaquina Marcellina da Rosa. Pais, ao menos, de: Vergílio Cardoso de Almeida (c/c Raymunda Rodrigues de Oliveira, filha de José Rodrigues de Oliveira e Maria Leandra de Oliveira).
Tn4. Wenceslau Marcelino da Rosa, casa em 1906, Santa Tecla, com Margarida Rosaura Leal filha natural de Benta Fermina Leal, moradora no distrito de Santa Tecla.
Tn5. Diniz  Marcelino da Rosa, casa em 1905 com Clara Rodrigues dos Santos, filha natural de Cândida Rodrigues Gomes, moradora no distrito de Santa Tecla.
Tn6. Maria Marcellina da Rosa, nasce em 17/5/1877, batizada em Santo Ângelo, casa aos 27 anos, em 1905 com Serafim Marcellino dos Santos 24 anos, filho natural de Joana Marcellina dos Santos.
Tn7. Rosalina Marcellina da Rosa, casa em 1914, Santa Tecla, com Severino José dos Santos, filho de Zeferino José dos Santos e Manuela Maria dos Santos. Moradores em Santa Tecla.
Tn8. João Marcelino Luiz casou no religioso aos 22 anos, a 29.6.1917 São Miguel das Missões/RS, com Maria do Carmo Lopes, filha de Ileno/Hileno Lopes Leal e Alexandra Cardoso de Almeida.
Bn8. Claudina Maria de Oliveira, casada com Francisco Sarate Dias, filho de Francisco Sarate Dias e Maria Mercê da Silva. Pais de:
Tn1. Gabriel Sarate Dias, nasceu em 15.11.1893, 8º distrito de Santo Ângelo, casou em 1917 São Miguel, com sua prima Luiza Alves de Oliveira nascida em 27.8.1891, São Miguel, filha de Pacifico Luiz de Oliveira e Maria Alves Teixeira. AP: João Luiz de Oliveira e Angélica Maria (Joaquina) de Almeida. AM: Policarpo Alves Teixeira e Joaquina Francisca da Rosa.
Tn2. Castorina de Oliveira Dias, casou em 1904, Santa Tecla/RS com Geraldo Soares de Oliveira, filho de Rufino Gomes de Oliveira e de Marciana Maria Soares, moradores no 1º distrito de São Luiz Gonzaga, neto paterno de Domingos Gomes de Quevedo (batizado a 7.11.1817, Paraná e falecido em 1871, Santa Tecla, distrito de Santo Ângelo/RS) e de Benedita Maria de Oliveira (n. Socavão, distrito de Castro/PR e falecida com a idade de 60 anos, c. 1890, Santo Ângelo/RS, moradores em Santa Tecla, distrito de Santo Ângelo/RS).
Tn3. Libindo Dias de Oliveira casou 1909 Santo Ângelo com  Maria Alves dos Reis, ali nascida a 1º.6.1894, onde faleceu a 18.7.1909, filha de Pedro Garcia dos Reis e Reginalda Alves Teixeira. Os avós paternos de Maria Alves foram Bonifácio Garcia dos Reis (n. Portugal) e Ana Maria de Jesus (n. RS). Seus avós maternos foram: Leopoldino Alves Teixeira  e Francisca Maria de Oliveira ambos do Paraná. Libindo e Maria Alves não deixaram descendência.  Libindo casou, após, em 1910 com Maria do Carmo de Quevedo, filha de Hileno/Ileno Lopes Leal, então já falecido e Alexandrina Cardoso de Almeida. 
Tn4. Guilhermina Dias de Oliveira casou com Justiniano Ribeiros dos Santos, filho de João Ribeiro dos Santos e Cândida Maria da Conceição.
Tn5. Rosalina Dias de oliveira casou com Hipólito José Severo, filho de Pedro José Severo e Carolina Maria severa, moradores distrito missioneiro de Santa Tecla.
Tn6. João Francisco Sarate Dias casou aos 24 anos, em 1909 em Santo Ângelo/RS com Liduína Alves dos Reis, falecida aos 45 anos, a 18.2.1930 em Giruá/RS, filha de Pedro Garcia dos Reis (n. São Martinho) e Reginalda Alves Teixeira. Os avós paternos de Liduína foram Bonifácio Garcia dos Reis e Ana Maria de Jesus, acima citados e moradores no distrito de São Xavier. Seus avós maternos foram Leopoldino Alves Teixeira nascido no RS, falecido cerca de 1876, Santo Ângelo/RS, e Francisca Maria de Oliveira, natural do Paraná.
Bn9. Pacifico Luiz de Oliveira, casado a 10.4.1887 em São Migue das Missões com Maria Alves Teixeira, filha de Policarpo Alves Techeira/Teixeira e Joaquina Francisca Alves da Rosa, falecida aos 77 anos a 17.7.1913 em São Miguel das Missões, neto materno de Policarpo da Rosa e Teresa dos Santos.
#Nota:
Policarpo e Joaquina Francisca tiveram os filhos:
1. João Alves Teixeira casado com Marcolina Franco.
2. Calixto Alves Teixeira casado com Clara Alves de Oliveira.
3. Luiza Alves Teixeira casada com João Cardoso de Oliveira.
4. Generosa Alves Teixeira casada com Salvador Luís de Oliveira.
5. Joaquim Alves Teixeira casado com Senhorinha Cardoso de Oliveira.
6. Maria Alves Teixeira casada com Pacifico Luís de Oliveira.
7. Rosalina Alves Teixeira casada  com Procópio José da Silva.
8. Júlia Alves Teixeira casada com Raymundo Luís de Oliveira.
9. Lydia Alves Teixeira casada com Domingos Leal de Oliveira.
***
Pacífico e Maria foram pais de:
Tn1. Luiza Alves de Oliveira, nasceu em 27.8.1891, São Miguel, onde casou em 1917, com seu primo Gabriel Sarate Dias, nascido em 15.11.1893, no 8º distrito de Santo Ângelo/RS, filho de Francisco Sarate Dias e Claudina Maria de Oliveira. Os avós paternos de Gabriel foram Francisco Sarate Dias, natural de Buenos Aires e (Ana) Maria Mercedes da Silva ( ou Machado de Souza) natural do RS. Seus avós maternos:  João Luiz de Oliveira e Angélica Maria (Joaquina) de Almeida/Bittencourt.
Tn2. Guilhermina Alves de Oliveira, nasceu em 16.1.1893, São Miguel, onde casou em 1910, com Gabriel Leal de Oliveira, 27 anos, filho de Antônio Gomes Leal falecido em São Miguel e Felizarda Gomes de Oliveira.
Tn3. Angélica Alves de Oliveira (gêmea) nasceu 16.1.1893, São Miguel das Missões.
Tn4. Juvenal Alves de Oliveira, nasceu a 21.8.1911, batizado em Santo Ângelo.
Tn5. Ernestina de Oliveira, n. 05.11.1900, São Miguel das Missões.
Bn10. Raymundo Luiz de Oliveira, nasceu 9.10.1872 ou 1873, batizado em Santo Ângelo/RS, casado com Julia Alves de Oliveira n. 20.6.1877, filha de Policarpo Alves Teixeira e Joaquina Francisca Alves da Rosa, acima citados.
Bn11. Josefa Maria de Oliveira, casou em primeiras núpcias a 31.5.1887 em São Miguel das Missões com Cristalino Ferreira da Luz, n. Cruz Alta, filho natural de Carolina Maria do Rosário. Josefa casou em segundas núpcias, aos 28 anos, em 1897, no distrito missioneiro de Santa Tecla, com Geraldino Francisco Marques, 26 anos, nascido em São Luiz Gonzaga, filho de Francisco das Chagas Guilherme e Josefa Marques das Chagas.  
N4. Generosa Maria Joaquina de Almeida/ Bittencourt, casada com Joaquim Caetano da Silva, moradores em São Martinho.
N5. Maria Paulina de Almeida, nasceu em Santo Ângelo, onde casou aos 22 anos em 20.07.1875, com Manuel Alves Teixeira, 24 anos, nascido em Santo Ângelo (filho de Leopoldino Alves Teixeira, falecido em 23.5.1868, Vacaria/RS, e Francisca Maria de Oliveira).
#Nota:
Leopoldino Alves Teixeira e Francisca Maria de Oliveira tiveram os filhos:
1. Theodozio Alves Teixeira morador no  município de Cruz Alta.
2. João Alves Teixeira casado com Maria Marques de Lima, moradores no município São Luiz Gonzaga.
3. Joaquina Alves Teixeira casada com Felisbino Cardoso de Almeida (irmão de Manoel Cardoso de Almeida).
4. Manoel Alves Teixeira morador no município de Santo Ângelo/RS casado com Maria Paulina de Almeida.
5. Boaventura Alves Teixeira.
6. Paulina Alves Teixeira casada com Silvério Rodrigues de Paula
7. Reginalda Alves Teixeira casada com Pedro Garcia dos Reis
8. Maria Alves Teixeira casada com Miguel Franco de Almeida
9. Laura/Luiza Alves Teixeira
10. Rosa Alves Teixeira
11. Vicente Alves Teixeira.
12. Victoriana Alves Teixeira
13. Antônia Alves Teixeira casada com Damásio Franco de Oliveira.
14. Inocêncio Alves Teixeira casado com Zulmira Luiza Carneiro.
15. Salvador Alves Teixeira casado com Júlia Luiza Carneiro
16. Lourenço Alves Teixeira
***
Pais de:
Bn1. Vicente Alves Teixeira Sobrinho, nasceu a 11.7.1876, batizado em Santo Ângelo, casou-se aos 28 anos, em 2.5.1905, Santo Ângelo/RS, com Idalvina Baptista Teixeira, 22 anos, falecida a 30.05.1915, Ijuí (Cadeado, 6º distrito de Cruz Alta), filha de Joaquim Mariano Teixeira[15] e Ana Maria dos Santos/Marcondes Teixeira. Pais de:
Tn1. Agostinho Alves Teixeira
Tn2. Josephina Alves Teixeira
Tn3. Antônio Alves Teixeira
Tn4. Cláudio Alves Teixeira
Bn2. Inês Alves Teixeira, casou em 1904, Santa Tecla com Benício Corrêa Leite, filho de Bento Corrêa Leite e Maria Pires de Freitas.
Bn3. Carolina Alves Teixeira, casou aos 25 anos, em 1903, Santa Tecla, com Constantino Corrêa Leite 21 anos, filho de Bento Corrêa Leite e Maria Pires de Freitas.
Bn4. Ana Alves Teixeira, casa em 1903, Santa Tecla com Pedro Pires de Freitas filho de Benício Pires de Freitas e Cecilia Cardoso de Almeida moradores Santa Tecla. Pais de:
Tn1. Antônia Pires de Freitas, nascida a 7.2.1905, Santa Tecla, onde casou em 1927 com Aurélio da Silva Abreu, nascido em 1.8.1901, no 3º distrito de Julio de Castilhos/RS filho de João Vicente de Abreu e Arminda de Oliveira Abreu falecida em 25.7.1919 no 2º distrito de Santiago do Boqueirão.
Bn5. Juvino Alves Teixeira, casou em 1905, Santa Tecla, com Antônia do Carmo Obregão, filha de João do Carmo Obregão e Josefina Corrêa de Vargas, falecido distrito de Santa Tecla. Sem filhos.
Bn6. Guilhermina Alves Teixeira, nasceu em novembro de 1890 em São Miguel, distrito de Santo Ângelo/RS. Casou em 1910 em Santa Tecla com Manuel José dos Reis, 23 anos, filho de Firmiano José Machado e Manuela Rodrigues Machado, ali moradores.
N6. Ana Joaquina Franco de Bittencourt, nasceu nesta província, casa em 31.5.1875, Santo Ângelo/RS com Ricardo Marcellino da Rosa, natural desta província, 24 anos, falecido em 4.2.1883, filho de Manuel Marcellino da Rosa e Josefa Gomes de Quevedo. Ana casa em 2ª núpcias com Ladislau Marques de Araújo. Pais de:
Bn1. Custódio Marcellino da Rosa, nasceu em 18/8/1876, batizado em Santo Ângelo.
Bn2. Victalino Marcelino da Rosa
Bn3. Belmira Marcellina da Rosa, casa aos 19 anos, em 1897, Santa Tecla, com Generoso Rodrigues Lopes natural de São Borja, 27 anos, filho de Ponciano Rodrigues Lopes e Auta Brandina de Lacerda.
Bn4. Fabiana Marcellina da Rosa, casa em 1900, Santo Ângelo com Emiliano Neto dos santos, residente em São Luís Gonzaga/RS.
N7. Antônio Franco de Almeida, faleceu em 19.4.1895, no 4º distrito de Santo Ângelo/RS, casado em São Martinho com Francisca Joaquina de Oliveira ou de Lima, moradores em Santa Tecla/RS, filha de Antônio Mateus de Oliveira e Florisbela Joaquina de Lima, moradores em Santa Tecla/RS. Pais de:
Bn1. Amâncio Franco de Almeida, casou a 31.3.1910 em Santo Ângelo, aos 33 anos, com Rosalina da Silva ou Rodrigues Franco, 25 anos, filha de Francisco Franco da Silva e Isabel Rodrigues da Silva. Moradores no distrito de Entre-Ijuís, Santo Ângelo/RS. Pais de:
Tn1. Oliva Franco de Almeida, n. 9.5.1911 em Santo Ângelo.
Tn2. Sezefredo Franco de Almeida, nasceu em 21.1.1914 no distrito de Entre-Ijuís/RS.
Bn2. Rosalina Joaquina Franco de Almeida, nascida em 26.4.1877(?), Santa Tecla, onde casou, aos 20 anos, em 1894 com Rufino Pereira da Silva, 32 anos, nascido em 5.5.1867, batizado em Santo Ângelo, filho de Ignácio Pereira da Silva falecido em torno de 1874, Santo Ângelo/RS e Flacila Maria dos Anjos. Moradores em Santa Tecla, distrito de Santo Ângelo/RS. 
Ignácio Pereira da Silva falecido em torno de 1874, Santo Ângelo/RS e Fracilia/Flacilla tiveram os filhos:
1. Florisbella Maria dos Anjos casada com Manuel Thomaz de Simas
2.  Rita Maria dos Anjos casada com Antônio da Costa
3. Francisca Maria dos Anjos/ Pereira da Silva casada com João do Carmo Obregão.
4. Francelino Pereira da Silva
5. Januário Pereira da Silva casado com Rosalina (Jeronyma) Quaresma
6. Maria Pereira dos Anjos casada com Manoel Domingues Garcia
7. Cesária Maria dos Anjos casada com Delfino Pereira de Vargas.
8. Belísia Maria dos Anjos ou Pereira da Silva casada com Olivério Mateus de Oliveira.
9. Rufino Pereira da Silva casado com Rosalina Joaquina Franco
10. Manuel Pereira da Silva casado com Joana Pires de Arruda. 
11. Claudina Maria dos Anjos ou Pereira da Silva casada com Antônio Mendes de Oliveira.
Pais de:
Tn1. Francisca Pereira da Silva, nasceu em 6.10.1901 no 1º distrito de Santo Ângelo/RS, onde casou em 1919 com Chrispim Marcondes Teixeira 26 anos, nascido em  25.10.1886 no 1º distrito de  Santo Ângelo, filho de Mariano Marcondes Teixeira e Páschoa dos Santos Teixeira, moradores no 1º distrito de Santo Ângelo. Chrispim fora casado anteriormente com Amancilia de Albuquerque Teixeira, falecida os 35 anos, em 3.10.1918 no 1º distrito de S. Ângelo/RS, sem deixar descendentes.
Tn2. Antonio Pereira da Silva, nasceu em 22.7.1902 no 1º distrito de Santo Ângelo, onde casou em 1931 com Josephina Mattana nascida em 27.6.1911 no 6º distrito de Cachoeira/RS, moradora no 1º distrito de Santo Ângelo/RS, filha de José Mattana e Rosa.
Tn3. Fracilia Pereira Franco, nascida em 12.11.1900, Santo Ângelo/RS, onde faleceu aos 30 anos em 4.7.1934, e casou aos 16 anos, em 1917, com Arão Ângelo Teixeira nascido em 2.10.1892, Santo Ângelo/RS, filho de Saturnino Teixeira de Deus e Narciza Gabriella Teixeira, moradores no 1º distrito de Santo Ângelo/RS. Os avós paternos de Arão foram Tristão José de Deos/Deus e Firmina Maria Teixeira, seus avós maternos foram Salvador Mariano/Rodrigues Teixeira e Jônia Maria Gonçalves. Arão Ângelo casa em 2ª núpcias com Dorvalina Holsbach dos Reis, filha de Pedro Garcia dos Reis e Anália Garcia Holsbach.
Tn4. Francelino Pereira de Almeida, nasceu em 12.3.1898, batizado São Miguel das Missões.
Bn3. Angélica Joaquina Franco de Almeida casou aos 26 anos, em 14.11.1911, Santo Ângelo/RS com João da Silva Teixeira 28 anos, morador no 1º distrito de Santo Ângelo/RS, filho de Manuel da Silva Teixeira[15a] e Magdalena Maria Teixeira[15b], moradores no 1º distrito de Santo Ângelo/RS. Os avós paternos de João da Silva foram Raymundo Nonato da Silva e Maria dos Santos Teixeira. Seus avós maternos foram José Luciano Teixeira e Páscoa dos Santos.
#Nota:
Raymundo Nonato e Maria dos Santos Teixeira foram pais de 9 filhos.
1. Manoel da Silva Teixeira c/c Magdalena Maria Teixeira
2. Francisco Franco da Silva c/c Isabel Rodrigues de Siqueira
3. Luis da Silva Teixeira
4. Bárbara  Maria do Espírito Santo c/c Bernardo Rodrigues de Siqueira e  Miguel de Vargas Quintanilha.
5. Estanislau da Silva Teixeira
6. José Raymundo da Silva c/c Joana Maria de Loretto.
7. João Baptista dos Santos c/c Maria Roza de Moraes.
8. Antonio Raymundo da Silva
9. Salvador que faleceu logo após a mãe.
Raymundo Nonato casou em 2º matrimônio com Manoela Antunes Maciel, com quem teve 8 filhos:
10. Belisário Figueiró de Souza
11. Mauricia Antunes da Silva c/c Joaquim Antônio de Oliveira e com Antônio de Oliveira Fonseca (viúvo de Maria Antônia da Fonseca).
12. Manoel Antunes da Silva
13. Maria Antunes da Silva c/c João Luiz da Costa.
14. Mariana Maria da Silva c/c Justino Correia/Corrêa de Andrade..
15. Tomásia Antunes da Silva
16. Joaquim
17. Ana
***
Bn4. Etelvina Joaquina Franco de Almeida, casa em 1905, Santa Tecla/RS com Lourenço Nunes de Freitas 25 anos, filho de Calisto Nunes de Freitas e Rosa Maria de Oliveira, natural do Paraná. Os avós paternos de Lourenço foram Máximo Nunes de Freitas e Maria Antônia de Oliveira e seus avós maternos foram Lourenço Luís de Oliveira falecido em 10.10.1873 e Maria Cecília Pereira. 
Bn5. Luís Franco de Almeida, n. 29.10.1887, casou-se aos 24 anos, em 1908, Santo Ângelo/RS, com Júlia Máxima de Medeiros, pais de:
Tn1. Antônio Franco de Almeida, nasceu 9.9.1910, 1º distrito de Santo Ângelo/RS, casa em 1934, Santo Ângelo/RS com Alvarina Assis Espenemberge nascida em 22.8.1917, Entre-Ijuis, filha de Alcides Assis Espenemberge e Maria Conceição de Assis.
Tn2. Noêmia Franco de Almeida, nasceu em 28.8.1912, São Miguel (?), onde casou aos 19 anos, em 1929 com Germano Waldomiro Mousquer nascido em 15/2/1905 (São Miguel), filho de Luiz Mousquer da Silva nascido em 15/8/1873 e Bazilícia/Brasilicia Rodrigues Mousquer, nascida em 18/7/1876. Pais de: Luís Franco Mousquer.
Bn6. José Franco de Almeida, nasceu 27.8.1886 no 4º distrito de Santo Ângelo (São João Mirim), bat. 27.8.1889, São Miguel das Missões. Casou-se em 1919, Santo Ângelo/RS, com Adalgisa Ortiz de Albuquerque nascida em 4.4.1900, São Borja/RS, filha de Ana Ortiz.
Bn7. Guilhermina Joaquina Franco de Almeida, nasceu 1.9.1891 no distrito de São João Mirim, Santo Ângelo/RS. Casa em 1926, Santo Ângelo/RS com Ladislau Antunes Cavalheiro nascido em 27.6.1884 no distrito de Entre-Ijuís, Santo Ângelo/RS, filho de Bertholdo Antunes Cavalheiro, falecido a 31.5.1889 em Santo Ângelo, e Maria Antunes dos Santos [17] falecida 7.9.1919, ambos falecidos no distrito de Entre-Ijuís.
Bn8. Laudelina Joaquina Franco de Almeida, casou aos 27 anos, em 22.10.1914, Santo Ângelo/RS com Antônio Rodrigues Franco, nascido em 5/9/1862, filho de Francisco Franco da Silva e Isabel Rodrigues de Siqueira.
N8. Miguel Franco de Almeida, n. 29.9.1858, bat. 29.5.1859, Cruz Alta e fal. a 19.2.1911, com 53 anos. Casado com Maria Alves de Almeida. Sem filhos.
N9. João Franco de Almeida, n. 25.5.1859, bat. 29.10, Cruz Alta/RS e fal. a 23.12.1915 em Ijuí, aos 56 anos. Casou em 1904, com Emília Kaiper nascida em 20/11/1903, São Miguel, distrito de Santo Ângelo/RS, filha de Christiano Kaiper, morador em São Miguel, e Felisbina Hoffmann. Pais de:
Bn1. Cacilda de Almeida, n. 1º.7.1905, Santo Ângelo/RS. 
Bn2. Alicinda de Almeida, nasceu em 13.1.1907, Santo Ângelo/RS (gêmea com Zulmira).
Bn3. Zulmira de Almeida, nasceu em 13.1.1907, Santo Ângelo e faleceu em 11.8.1932, no 1º distrito de Santo Ângelo/RS.
Bn4. João Carlos de Almeida, nascido em 31.10.1909, Santo Ângelo/RS.
N10. Maria Francisca Franco de Almeida ou de Bittencourt, bat. a 22.11.1860 em Santo Ângelo, ano em que nasceu. Casou aos 16 anos a 20.07.1876 em Santo Ângelo com Boaventura Alves Teixeira, com 22 anos em 1876 e falecido em 29.10.1884, Santo Ângelo/RS, filho de Leopoldino Alves Teixeira (inventário autuado em 1876, Santo Ângelo/RS)[18] e Francisca Maria de Oliveira, falecida 1.8.1889, no 4º distrito de Santo Ângelo/RS. Pais de:
Bn1. Leopoldino Alves Teixeira, nasceu em 9.11.1877, Santo Ângelo, casou aos 26 anos, em 1904 com Maria Francisca Corrêa Netto 18 anos, filha de Pedro Netto dos Santos e Maria Corrêa de Vargas. Os avós paternos de Maria Francisca foram José Vieira Netto e Francisca Maria dos Santos. Seus avós maternos foram Francisco Corrêa de Vargas e Felícia Joaquina de Bittencourt. Pais de:
Tn1. Luiza Alves dos Santos, fal. aos 53 anos a 8.6.1933 em Bossoroca, distrito de São Luiz Gonzaga/RS.
Bn2. Franklin Alves Teixeira
Bn3. Idalina Alves Teixeira, casa em 1915, Santa Tecla, com João Francisco Fraga, 50 anos, filho de Sergio Francisco Fraga, falecido Santa Tecla e Rita Maria de Moura, moradora em Santa Tecla. João Francisco Fraga fora casado, anteriormente, com Cipriana Francisca Fraga, falecida em 1913 (?) em Cruz Alta(?).
Bn4. Lindolfo Alves Teixeira, casa em 1912 com Felícia Franco de Almeida nascida em 24.12.1894, Santa Tecla, filha de Luiz Franco de Almeida e Joana Corrêa de Vargas. Seus avós paternos foram José Franco de Almeida e Guilhermina Joaquina de Bittencourt. AM: Francisco Corrêa de Vargas e Felícia Joaquina de Bittencourt.
Bn5. Guilhermina Alves Teixeira, nasceu em 15.3.1891, casou aos 31 anos, em 1922, Santa Tecla, com José Maria dos Santos, 24 anos, nascido em 5.1.1898, no Povoado de Delbech (?), Síria, filho de Pedro Elias dos Santos e Maria Antônia dos Santos, falecidos na Síria.
***
NOTAS:
[1] Seu primeiro marido, de nome Francisco de Paula Pinto, foi acusado de poligamia, por já estar casado na Província de Minas Gerais, de onde veio precatória para prendê-lo por crime de poligamia, o que levou a anulação de seu casamento.
[2] Informação disponibilizada no RS-GEN, por Osmar de Moura Luiz:
José Joaquim de Bittencourt (filho de Joaquim de Bitencourt nascido em 1722 em Piedade, Ilha do Pico - Açores. E falecido em 29.9.1770 em Rio Grande/RS. Joaquim casou-se com Josefa Joana da Boa Nova em Ilha do Pico - Açores. Josefa Joana nasceu em 1732 em Bandeiras, Freg. N.S. da Boa Nova - Ilha do Pico – Açores., nasceu em 26.5.1758, Rio Grande/RS e faleceu em 24.6.1823. Casou-se em 14.5.1785. Rio Pardo com Anna Joaquina dos Anjos, nascida em Rio Pardo e falecida em 17.3.1808, Caçapava do Sul. Os pais de Anna Joaquina foram Manuel Alves Coelho e Joana do Sacramento.
O casal José Joaquim e Anna Joaquina teve 10 filhos:
Maria Joaquina, Constantino Joaquim de Bittencourt, José, Feliciano Joaquim de Bittencourt, Manoel, Joanna, Reparata Joaquina de Bittencourt (nascida em 25.7.1801 Caçapava do Sul/RS), Sezefredo José Bittencourt, Engrácia e Ana Joaquina de Bittencourt.
[3] Laurentina casou em segundas núpcias com Inácio Rodrigues de Campos, filho de Martim Rodrigues de Campos falecido em 12.1.1876 Santo Ângelo/RS e Balduína Joaquina de Bittencourt, falecida em 6.8.1874 Santo Ângelo/RS. Laurentina e Ignácio terão 4 filhos: Galdino Rodrigues de Campos, José Rodrigues de Campos, Antônio Rodrigues de campos e Guilhermina Rodrigues de Campos.
Os pais de Laurentina foram Manuel Vieira Netto e Maria (ou Núncia) nunes de Freitas, cujos inventários foram autuados em 1852, cujo casal teve os filhos seguintes:
1. Amaro Dias de Freitas.
2. Catarina Maria de Jesus c/c Cipriano Caetano.
3. Maria Nunes de Freitas
4. José Vieira Neto c/c Francisca Maria dos Santos (na dúvida).
5. Jacinto Vieira Neto ou Jacinto Nunes de Freitas c/c Jesuína Maria Antônia.
6. Laurentina Vieira Nunes c/c Constantino Pires de Arruda.
Obs: uma destas filhas chamava-se Josefa Vieira c/c Manuel Rodrigues de Freitas. Talvez se trate da filha Maria.
[4] Jacintho e Jesuína tiveram os filhos: Marciliana casada com João Inácio Prestes, Belmira casada com Anibal Ferreira Escobar, Laurentina, Rosa, Ângelo Nunes de Freitas, Clemência (o), Francisco Vieira Netto, João Nunes de Freitas, Luiz Nunes de Freitas, Maria, José Nunes de Freitas, Marcos, Ionez, Ireneo, Garibalde e Geralda.
[6] Ver Fam Salvador Nunes de Siqueira e Ana Maria da Conceição.
[7] Ver Família Salvador Nunes de Siqueira e Ana Maria da Conceição.
[8] Ver família de João do Carmo Obregão e Josephina Corrêa de Vargas.
[9] Ver Família de Pedro Domingues Garcia e Angélica Maria Bueno.
[10] Ver Família de João Baptista Quaresma e Maria Catarina de Jesus.
[12] Domingos e Mariana tiveram os filhos: Eugênio Veríssimo da Fonseca (c/c Amália Josefina de Azevedo), Quitéria Veríssimo da Fonseca casada em 1868, Cruz Alta/RS com Julio José Vianna (filho do Mj. Raphael José Vianna e Belmira Jacintha Pereira), Ana casada com Vicente do Nascimento e Silva (filho de Agostinho do Nascimento e Silva e Constância Cândida dos Santos), Josefina casada com José Joaquim Pereira de Noronha, Zeferina casada com José Veríssimo Alves, Angelina casada com Antônio Antero Ribeiro (ou Antônio Roque Pereira), Turíbio casado com Manuela Annes Dias e, após, com Maria José de Almeida, Franklin Veríssimo da Fonseca casado com Adriana Pilar de Melo e Albuquerque (avós do escritor Érico Veríssimo), José Veríssimo da Fonseca (c/c Ana Annes Dias) e Guilherme Veríssimo da Fonseca (c/c Cândida de Azevedo).
[14] Casou em segundo matrimônio com Rosalina Antunes da Soledade.
[15] Ver Família de Salvador dos Santos Teixeira.
[15a] Raymundo Nonato e Maria dos Santos Teixeira, moradores no Passo do Ijuí Grande (Santo Ângelo), tiveram 9 filhos:
1.Manuel da Silva Teixeira falecido em 27.8.1906, Santo Ângelo, casado em Santo Ângelo com Magdalena Maria Teixeira (tiveram 6 filhos).
2.Francisco Franco da Silva casado em Santo Ângelo/RS com Isabel Rodrigues de Siqueira
3.Luis da Silva Teixeira falecido em 1886
4.Bárbara
5.Estanislau da Silva Teixeira (falecido antes de 1886)
6.José Raymundo da Silva
7.João Baptista dos Santos casa em 13/2/1871 em Santo Ângelo, com Maria Rosa de Moraes, solteira, do mesmo local, filha natural de Ana de Moura.
8.Antônio Raymundo da Silva (falecido antes de 1886).
9.Salvador que faleceu logo após a mãe.
Raymundo Nonato, após o óbito da 1ª esposa, casa novamente, com Manoela Antunes Maciel, falecida  no  1º distrito de Santo Ângelo em 12.1.1877, com quem terá 6 filhos.
O filho José Raymundo ou Antônio Raymundo, casou-se aos 28 anos, em 12/2/1871 na freg Santo Ângelo/RS, com Joana Maria do Loreto (?), 16 anos, natural da mesma freguesia, filha de Reginaldo Sabino da Silva e Francisca Maria de ...?
[15b] José Luciano Teixeira, natural da Freguesia de N Sª da Luz de Curitiba, Bispado de SP, filho de Miguel Domingues Teixeira e Francisca Ribeiro da Silva, solteiro, teve com Páscoa dos Santos, os filhos: João Baptista Teixeira, Maria dos Santos Teixeira casada com Raimundo Nonato da Silva e Salvador José Teixeira.
[16] Ver Família de Januário Gomes de Quevedo e Francisca Lopes de Almeida.
[17] Ver Família de Francisco Rodrigues de Siqueira.
[18] Leopoldino Alves Teixeira e Francisca Maria de Oliveira tiveram os filhos: Theodozio Alves Teixeira, 44 anos casado e residiam município de Cruz Alta. João Alves Teixeira casado com Maria Marques Teixeira, residiam no município São Luiz Gonzaga. Joaquina Alves Teixeira casada com Felisbino Cardoso de Almeida (irmão de Manuel Cardoso de Almeida). Manuel Alves Teixeira residente no município de Santo Ângelo/RS. Boaventura Alves Teixeira casado com Maria Francisca Franco de Almeida. Paulina Alves Teixeira casada com Silvério Rodrigues de Paula Ryginalda Alves Teixeira casada com Pedro Garcia dos Reis Maria Alves Teixeira casada com Miguel Franco de Almeida Laura/Luiza Alves Teixeira Rosa Alves Teixeira Vicente Alves Teixeira Victoriana Alves Teixeira Antônia Alves Teixeira Inocência Alves Teixeira Salvador Alves Teixeira Lourenço Alves Teixeira Os filhos Vicente, Victoriana e Salvador, não são citados no inventário de Leopoldino Alves Teixeira. Teria Francisca Maria de Oliveira casado em 2º matrimônio com Manuel Alves Teixeira ?
***
FONTES:
- Arquivo Público do Estado do Rio Grande do Sul (APERS): Inventários, testamentos, Habilitações para casamentos, Registros de Notas de vários municípios do RS, especialmente das Missões.
- Arquivos pessoais de Antônio Correa, Elisabeth Berté e Osmar de Moura Luiz.
- Cúria da Diocese de Santo Ângelo/RS: livros de batismos, casamentos e óbitos. 
- Igreja dos Mórmons: microfilmes dos registros civil e eclesiástico de Santo Ângelo e São Miguel.
- PEREIRA, Cláudio Nunes (org.) - Genealogia Tropeira.
- RICHA, Lênio Luiz. Genealogia Brasileira. Estado de São Paulo – Os Títulos Perdidos: Pintos Guedes, disponível em: http://www.genealogiabrasileira.com/titulos_perdidos/cantagalo_ptpintosguedes.htm

- TIMM, Octacílio B. e GONZALES, Eugênio (org. e editores). Album ilustrado do Partido Republicano Castilhista – RGS. Porto Alegre: Livraria Selbach de J.R da Fonseca e Cia, 1934.